James C. Collins

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
James C. Collins
Nascimento 25 de janeiro de 1958 (62 anos)
Boulder
Cidadania Estados Unidos
Alma mater Universidade Harvard, Universidade Stanford
Ocupação escritor, jornalista, empresário
Empregador Universidade Stanford
Página oficial
http://www.jimcollins.com/

James C. "Jim" Collins (nascido em 1958) é um pesquisador, escritor de não-ficção, palestrante e consultor americano, focado no assunto de gestão de negócios, sustentabilidade e crescimento das empresas.[1][2] Entre seus clientes está o empresário brasileiro Abilio Diniz.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Jim Collins é bacharel em Ciências Matemáticas na Stanford University, e MBA pela Stanford Graduate School of Business. Trabalhou 18 meses como consultor da McKinsey & Company. Depois foi gerente de produtos da Hewlett-Packard.[3]

Jim Collins iniciou sua carreira de pesquisa e ensino no corpo docente da Stanford University's Graduate School of Business, onde recebeu o Prêmio Distinguished Teaching em 1992. Em 1995, ele fundou um laboratório de administração em Boulder, Colorado, onde agora realiza pesquisas e ensina executivos dos setores corporativo e social.[4] Durante esse período, Jim Collins atuou como executivo sênior na CNN International e também trabalhou com organizações do setor social, tais como: Johns Hopkins School of Medicine, a Girl Scouts of the USA, a Leadership Network of Churches, a American Association of K-12 School Superintendents e o Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA.[carece de fontes?]

Vida Pessoal[editar | editar código-fonte]

Jim Collins é casado com a ex-triatleta Joanne Ernst, vencedora do Ironman de 1985.[5][6]

Obra[editar | editar código-fonte]

Pesquisa e Escrita[editar | editar código-fonte]

Collins é autor ou co-autor de seis livros com base em sua pesquisa, incluindo os clássicos:

Built to Last faz parte da lista dos mais vendidos da Business Week há mais de seis anos e já foi traduzido para 25 idiomas.

Good to Great, "sobre os fatores comuns a essas poucas empresas (...) que sustentam um sucesso notável por um substancial período", ficou um bom tempo nas listas de best-sellers do New York Times, Wall Street Journal e Business Week, vendendo mais de 2,5 milhões de cópias de capa dura e sendo traduzido para 32 idiomas.[carece de fontes?]

Seu livro mais recente é Great by Choice.

Antes disso, ele escreveu How the Mighty Fall: And Why Some Companies Never Give In.

Collins escreve para a Harvard Business Review, Business Week, Fortune e outras publicações.

Consultoria[editar | editar código-fonte]

Jim Collins também é palestrante, consultor e líder de seminário. Mais informações sobre seus serviços podem ser encontradas em seu site.

Referências

  1. Aron Cramer, Zachary Karabell (2010) Sustainable Excellence: The Future of Business in a Fast-Changing World.: This books states that "... strategists like Jim Collins, in his seminal book Good to Great, have noted the importance ofa corporate mission, sustainability provides a specific and urgent purpose that is redefining business." (p. 7)
  2. Philip Kotler, Hermawan Kartajaya, Iwan Setiawan (2010) Marketing 3.0: From Products to Customers to the Human Spirit. p. 115
  3. «Business Thought - James C. Collins | Profit». www.profitmagazin.com. Consultado em 30 de maio de 2018 
  4. «James C. "Jim" Collins, III - AchieveMax® Blog». AchieveMax® Blog (em inglês). 20 de julho de 2009. Consultado em 30 de maio de 2018 
  5. Adam Bryant (23 de maio de 2009). «For This Guru, No Question Is Too Big». New York Times. Consultado em 31 de março de 2010 
  6. Sobre sua esposa, ele afirmou certa vez: “Casamos há 20 anos e temos 50 a 50 de propriedade... mas ela detém todas as ações com direito a voto.” Source: Strategy & Business. (1998) Nr 22-25. p. 49