João Crevelim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Liminha
Informações pessoais
Nome completo João Crevelim
Data de nasc. 14 de junho de 1944
Local de nasc. Tietê (SP),  Brasil
Falecido em 1 de novembro de 2013 (69 anos)
Local da morte Rio de Janeiro (RJ),  Brasil
Apelido Carregador de pianos
Motorzinho da Gávea[1]
Informações profissionais
Posição Treinador (ex-volante)
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1968–1975 Brasil Flamengo 513 000(29)
Times/Equipas que treinou
2005 Brasil Flamengo 07 (4 V, 2 E, 1 D)
Última atualização: 3 de novembro de 2013

João Crevelim, mais conhecido como Liminha (Tietê, 14 de junho de 1944Rio de Janeiro, 1 de novembro de 2013), foi um futebolista e treinador brasileiro que atuava como volante.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Jogador[editar | editar código-fonte]

Chegou no Flamengo como parte da negociação envolvendo o lateral Cardoso. Atuou ao lado de Carlinhos, um dos grandes ídolos da história rubro-negra que era chamado de "violino", e recebeu o apelidado de "carregador de pianos" pelo locutor Waldir Amaral devido ao seu estilo de jogar para o time, com muita dedicação e eficiência no desarme.[3][4]

Disputou 513 partidas com 250 vitórias, 145 empates e 118 derrotas.[5][1] Marcou 29 gols, sendo o primeiro na segunda partida pelo clube, mas não foi suficiente para garantir a vitória: o Flamengo perdeu por 5 a 2 para o Guarani.[3] É o oitavo jogador que mais atuou na história do clube.[1]

Treinador[editar | editar código-fonte]

Ex-jogador, assumiu a equipe júnior do Flamengo e conquistou alguns títulos.

Em 2005, aceitou o desafio de comandar um "time B" na Copa Record, um torneio de profissionais, mas que foi basicamente formado pelos juniores do clube. Campeão do torneio, ao vencer o Olaria em uma disputa por pênaltis, comandou a equipe em sete partidas, com quatro vitórias, uma derrota e dois empates. Foi sondado para assumir a equipe principal nos primeiros jogos de 2006 até a chegada do futuro treinador Valdir Espinosa. Porém, apesar de ter, praticamente, fechado a participação, a negociação não se concretizou e a vaga foi preenchida por Adílio.[3]

Morte[editar | editar código-fonte]

Morreu em 1 de novembro de 2013[1] na UTI do Hospital TotalCor, em Ipanema, Rio de Janeiro, em consequência de um problema dentário que evoluiu para infecção generalizada.[4]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Esses foram as títulos do futebolista:[3]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Flamengo

Outros títulos[editar | editar código-fonte]

Flamengo
  • Torneio Quadrangular de Marrocos: 1968
  • Troféu Restelo (Portugal): 1968
  • Torneio Internacional de Verão do Rio de Janeiro: 1970
  • Troféu General Mendes de Morais (RJ): 1970
  • Troféu Ary Barroso (RJ): 1970
  • Taça Presidente Médici (DF): 1971
  • Troféu Pedro Pedrossian (MT): 1971
  • Torneio do Povo: 1972
  • Torneio Internacional de Verão do Rio de Janeiro: 1972
  • Taça Sesquicentenário da Independência do Brasil (RJ): 1972
  • Taça Cidade do Rio de Janeiro: 1973
  • Taça Rede Tupi de TV (RJ): 1973
  • Taça Araribóia (RJ): 1973
  • Taça Doutor Manoel dos Reis e Silva (RJ): 1973
  • Taça Deputado José Garcia Neto (MT): 1974
  • Taça Dr. Manoel dos Reis e Silva (GO): 1974
  • Taça Associação dos Servidores Civis do Brasil (RJ): 1974
  • Troféu João Havelange (RJ): 1975
  • Torneio Quadrangular de Goiás: 1975
  • Torneio Quadrangular de Jundiaí (SP): 1975
  • Taça José João Altafini "Mazola" (RJ): 1975
  • Taça Jubileu de Prata da Rede Tupi de TV (DF): 1975

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Flamengo
  • Copa Record: 2005

Referências

  1. a b c d «O adeus de Liminha». Sítio oficial do Flamengo. 2 de novembro de 2013. Consultado em 3 de novembro de 2013. 
  2. «Liminha». Sítio oficial do Flamengo. Consultado em 3 de novembro de 2013. 
  3. a b c d «João Crevelim». Flapédia. 10 de abril de 2009. Consultado em 3 de novembro de 2013. 
  4. a b «Morre Liminha, Carregador de Piano, oitavo que mais vestiu camisa do Fla». GloboEsporte.com. 1 de novembro de 2013. Consultado em 3 de novembro de 2013. 
  5. Valia, Ednílson. «Liminha». Que Fim Levou?. Consultado em 3 de novembro de 2013.