John Lennox

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
John Lennox
Nacionalidade Reino Unido britânico
Nascimento 1943 (73 anos)
Local Irlanda do Norte
Atividade
Instituições Universidade de Gales
Universidade de Oxford
Alma mater Universidade de Cambridge (MA, MMath, PhD)
Universidade de Oxford (MA, DPhil)
Universidade de Cardiff (DSc)
Universidade de Surrey (MA)
Orientador(es) James Roseblade
Orientado(s) Howard Smith
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre John Lennox

John Carson Lennox (Armagh, Irlanda do Norte, 7 de novembro de 1943) é um matemático, filósofo da ciência, apologista cristão e professor de matemática da Universidade de Oxford.[1] Ele é conselheiro do Green Templeton College, Oxford e um Fellow em matemática e filosofia da ciência pela mesma universidade.[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Juventude[editar | editar código-fonte]

John Lennox nasceu em 1943 na Irlanda do Norte e cresceu em Armagh. Seu pai era comerciante.[3] Ele se graduou na The Royal School de Armagh, e se tornou um pesquisador sênior da Universidade de Cambridge, onde, em 1962, participou das últimas palestras do lendário Clive Staples Lewis sobre o poeta John Donne. Lennox obteve MA e PhD pela Universidade de Cambridge. Ele ainda foi premiado com um D.Sc em matemática pela Universidade de Cardiff. Lennox possui também um D.Phil. pela Universidade de Oxford e um MA em bioética pela Universidade de Surrey.[4][2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Ao completar seu doutorado, Lennox mudou-se para Cardiff, País de Gales, e se tornou um pesquisador de destaque em Matemática pela Universidade do País de Gales. Quando completou 29 anos, Lennox iniciou um "tour" por diversas universidades, permanecendo um ano em cada uma delas. Durante seu tour acadêmico, ele visitou as universidades de Wurtzburgo, Friburgo em Brisgóvia (como um fellow da Fundação Alexander von Humboldt) e Viena. Durante esse período, ele ainda lecionou matemática e apologética na Europa Ocidental, Rússia e América do Norte. Ele publicou mais de 70 artigos científicos matemáticos revisados por pares e foi co-autor de duas monografias matemáticas pela Universidade de Oxford.[2]

Além de matemática, Lennox leciona Ciência e Religião na Universidade de Oxford. Ele é autor de uma série de livros sobre ciência, religião e ética. Dentre eles, destacam-se: Informetika (2001), Budapeste: Hat die Wissenschaft Gott begraben?(A Ciência enterrou Deus?) (2002), Brockhaus (2002), Worldview (2004) (3 volumes em russo e ucraniano), "Por que a Ciência Não Consegue Enterrar Deus" (2011). Seu livro mais recente é Deus e Stephen Hawking: de Quem é o Projeto Afinal? (2011)

Ele tem palestrado em diversos países diferentes, tanto em conferências quanto em universidades, incluindo inúmeras viagens para os países da extinta União Soviética. No dia 14 de março de 2012, ele apresentou uma edição do broadcast "Lent Talks" da BBC. Lennox também palestrou no fórum Veritas sobre o o problema do mal.[5] Recentemente virou um fellow do Fórum Trinity, uma Organização sem fins lucrativos cristã que desenvolve líderes para fomentar a renovação cultural.

Debates[editar | editar código-fonte]

Lennox (esquerda) debatendo com Christopher Hitchens no Alabama em 2009

Lennox tem participado de diversos debates com famosos ateus como Christopher Hitchens, Michael Shermer, Lawrence Krauss, Stephen Law, Peter Singer e Richard Dawkins.

  • Os Professores Lennox e Dawkins se reencontraram em abril de 2008 na Universidade de Oxford a fim de expandir tópicos deixados de lado na discussão de 2007.[7]
  • No Dia 3 de Março de 2009, Lennox debateu com Christopher Hitchens pela segunda vez na Universidade de Samford em Birmingham sobre a questão "Deus é grande?" O debate abordou a validade de algumas das reivindicações de Hitchens em seu livro "Deus não é grande".

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Lennox fala fluentemente Inglês, russo, francês e alemão. Ele é casado e tem três filhos e cinco netos. Seu irmão, Gilbert Lennox, é um Élder da Igreja de Glengormley.

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «maths on oxford» (em inglês). Consultado em 16 de novembro de 2016. 
  2. a b c «John Lennox Professor of Mathematics, University of Oxford» (em inglês). Consultado em 16 de novembro de 2016. 
  3. «God is a Person» (em inglês). Consultado em 16 de novembro de 2016. 
  4. «About Lennox» (em inglês). Consultado em 16 de novembro de 2016. 
  5. «The Veritas Forum» (em inglês). Consultado em 16 de novembro de 2016. 
  6. «The Dawins Lennox Debate» (em inglês). Consultado em 16 de novembro de 2016. 
  7. «Dawkins - Lennox Radio Interview» (em inglês). Consultado em 16 de novembro de 2016. 
  8. «Edinburgh International Festival 2008 Looks To European Identity» (em inglês). Consultado em 16 de novembro de 2016. 
  9. «The Great Debate: Does God Exist?» (em inglês). Consultado em 16 de novembro de 2016. 
  10. «Round Two» (em inglês). Consultado em 16 de novembro de 2016. 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]