Jornal da Manhã (telejornal)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Jornal da Manhã
Logotipo usado desde 13 de agosto de 2018
Informação geral
Formato telejornal
Duração 120 minutos (com intervalos)
Estado em exibição
País de origem  Brasil
Idioma original português
Produção
Diretor(es) Ana Raquel Copetti (Gerente de Jornalismo)
Produtor(es) Lisboa Júnior
Bruno Brasil
Editor(es) Jackson Júnior
Apresentador(es) Ricardo Ishmael
Thaic Carvalho
Camila Marinho (eventual)
Jéssica Senra (eventual)
Elenco
  • Gustavo Castelucci (esporte)
  • Thiago Mastroianni (esporte - eventual)
  • Mariana Aragão (esporte - eventual)
Tema de abertura instrumental
Tema de encerramento instrumental
Composto por Leonardo Matsumoto
Exibição
Emissora original TV Bahia (TV Globo)
TV Oeste (2008-2010; 2014-2019)
TV Santa Cruz (2008-2010; 2014-2019)
TV São Francisco (2008-2010; 2014-2019)
TV Subaé (2008-2010; 2014-2019)
TV Sudoeste (2008-2010; 2014-2019)
Formato de exibição 1080i (HDTV)
Transmissão original 1985-presente
Cronologia
Programas relacionados Bahia Meio Dia

Jornal da Manhã é um telejornal local matinal brasileiro produzido pela TV Bahia e exibido por todas as emissoras da Rede Bahia, afiliadas à TV Globo. Vai ao ar de segunda à sexta-feira às 6h, desde a estreia do Hora Um da Notícia, quando teve sua duração acrescida em meia hora.[1][2][3] É apresentado por Ricardo Ishmael e Thaic Carvalho, com comentários esportivos de Gustavo Castellucci.[4] É a produção da TV Bahia para o espaço da grade de programação nacional chamado Bom Dia Praça. Apresenta as notícias da manhã e da madrugada, além de dar continuidade às principais notícias do dia anterior. Traz ainda entrevistas diárias,[5][6] previsão do tempo, como está o trânsito, oportunidades no mercado de trabalho, assim como assuntos relevantes do interior do estado.[7]

História[editar | editar código-fonte]

O programa é um dos primeiros telejornais da TV Bahia, estreando no mesmo ano de sua inauguração, em 1985.[8]

Em 1° de outubro de 1997, o telejornal estreou um novo formato, passando a contar com comentários e coapresentação de Genildo Lawinscky.[9]

Em 2013, chegou a liderar a audiência com mais da metade dos aparelhos televisores da Região Metropolitana de Salvador ligados.[10]

Em 2014, voltou a ter seu primeiro bloco destinado as produções das emissoras afiliadas, diretamente de Barreiras, Feira de Santana, Juazeiro, Itabuna e Vitória da Conquista.[11]

Em 13 de agosto de 2018, assim como os outros telejornais da Rede Bahia, o Jornal da Manhã ganhou novo pacote visual e gráfico.[12]

Em 21 de janeiro de 2019, o Jornal da Manhã foi ampliado, sendo exibido das 6h até as 8h da manhã, com duas horas de duração.[13]

Em fevereiro de 2019, os blocos locais de Vitória da Conquista e Itabuna foram extintos, sendo mantidos apenas os de Barreiras, Juazeiro e Feira de Santana. Em 6 de maio de 2019, os blocos locais das praças de Barreiras e Juazeiro foram extintos, junto aos outros programas locais das emissoras das referidas cidades, além do de Feira de Santana, não restando os blocos locais, tornando o telejornal totalmente estadual, gerado de Salvador.[14]

Apresentadores[editar | editar código-fonte]

Salvador[editar | editar código-fonte]

  • Kátia Guzzo (1987-1991)[8]
  • Casemiro Neto (1993-1996)[15]
  • Regina Coeli (1991-1996)[16]
  • Denis Rivera (1996-1998)[9]
  • Genildo Lawinscky (1997-2012)[17]
  • Patrícia Nobre (1998-2003)[18]
  • Adriana Quadros (2003-2009)[17]
  • Georgina Maynart (2009-2012)[19]
  • Ricardo Ishmael (2012-atual)[20]
  • Silvana Freire (2012-2014)[21]
  • Jéssica Smetak (2014-2018)[22]

Apresentadores eventuais:

  • Casemiro Neto (1999-2007)[23][24]
  • Giácomo Mancini (2005-2009)[carece de fontes?]
  • Jony Torres (2010-2013)
  • Fernando Sodake (2008-atual)
  • Silvana Freire (2016-2020)
  • Camila Marinho (2011-atual)
  • Jéssica Senra (2019-atual)

Conteúdo esportivo:

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Rede Bahia altera programação». Diário do Sudoeste da Bahia. 29 de novembro de 2014. Consultado em 23 de janeiro de 2015 
  2. Esteves, Eduarda (1 de dezembro de 2014). «'Hora 1' estreia na Globo e programação sofre mudanças». LeiaJá. iG. Consultado em 21 de janeiro de 2015 
  3. «Hora Um estreia nesta segunda, dia 1º, e programas mudam de horário; saiba». Rede Globo. 25 de novembro de 2014. Consultado em 21 de janeiro de 2015 
  4. «Jornal da Manhã». Globoplay. Consultado em 21 de julho de 2021 
  5. «Juíza Angélica Ferreira será entrevista no Jornal da Manhã desta sexta (31)». JusBrasil. 30 de agosto de 2012. Consultado em 21 de janeiro de 2015 
  6. «Série especial da Rede Bahia sobre conciliação aborda a Justiça no Trânsito». Tribunal de Justiça do Estado da Bahia. 26 de setembro de 2012. Consultado em 23 de janeiro de 2015. Arquivado do original em 27 de setembro de 2017 
  7. «Conciliação tributária é destaque na série especial da TV Bahia». Tribunal de Justiça do Estado da Bahia. 17 de setembro de 2013. Consultado em 21 de janeiro de 2015. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  8. a b Carrozzo, Salvatore (25 de novembro de 2012). «Katia Guzzo fala sobre idade, vidas, planos e amores». Correio24Horas. Correio. Consultado em 25 de julho de 2020 
  9. a b «Jornal da Manhã». TV Bahia. Consultado em 21 de julho de 2021. Arquivado do original em 14 de abril de 1997 
  10. Batista, João Gabriel (10 de setembro de 2013). «Bahia: Afiliada da Globo comemora liderança do "Jornal da Manhã"». NaTelinha. UOL. Consultado em 21 de janeiro de 2015 
  11. Léo Rodrigues (dezembro de 2014). «Confraternização de final de ano da TV Subaé». Portal Vale a Pena Ver. Consultado em 21 de janeiro de 2015 [ligação inativa] 
  12. «Primeiro bloco do novo "Jornal da Manhã BA" com Ricardo Ishmael na TV Bahia (13/08/2018) - YouTube». Neves Tancredo. 13 de agosto de 2018. Consultado em 25 de julho de 2020 
  13. Bordalo, Júnior Moreira. «TV Bahia: 'Jornal da Manhã' terá 2 horas de duração; 'Bom Dia Brasil' perderá meia hora». www.bahianoticias.com.br. Consultado em 25 de julho de 2020 
  14. Meneses, Ian. «TV Subaé sofre mudanças nos noticiários locais e 'Jornal da Manhã' perde bloco regional». www.bahianoticias.com.br. Consultado em 25 de julho de 2020 
  15. «Apresentadores». TV Bahia. Bahia Meio Dia. Consultado em 22 de julho de 2021. Arquivado do original em 24 de maio de 2001 
  16. «Morre, em Salvador, a jornalista Regina Coeli». Portal Imprensa. 2 de fevereiro de 2009. Consultado em 25 de julho de 2020 
  17. a b Albuquerque, Rafael (19 de novembro de 2014). «Adriana Quadros anuncia saída da Record Bahia no dia em que a emissora comemora 54 anos». Bahia Notícias. Consultado em 23 de janeiro de 2015 
  18. «Patrícia Nobre». Portal dos Jornalistas. 11 de junho de 2017. Consultado em 25 de julho de 2020 
  19. Ribeiro, Iago (junho de 2014). «Georgina Maynart». Seleção de Jornalistas. Consultado em 25 de julho de 2020 
  20. Vaquer, Gabriel (26 de junho de 2019). «Jornalista se despede de afiliada da Globo e emissora escala profissional interina para jornal matinal». Observatório da Televisão. Consultado em 2 de fevereiro de 2020 
  21. Moreira Bordalo, Júnior (10 de janeiro de 2020). «Silvana Freire é demitida da TV Bahia após quase nove anos na emissora». Bahia Notícias. Consultado em 21 de julho de 2021 
  22. «Jéssica Smetak deixa a Rede Bahia e é contratada pela RecordTV Itapoan». BNews. 20 de março de 2018. Consultado em 21 de julho de 2021 
  23. «Casemiro Neto Jornal da Manhã - Pesquisa Google». www.google.com. Consultado em 25 de julho de 2020 
  24. «Casemiro Neto fala da sua saída da TV Bahia para a Aratu e diz porque é um cara do povo». Bahia Notícias. 16 de junho de 2009. Consultado em 25 de julho de 2020 
  25. a b «Comentarista esportivo Darino Sena deixa TV Bahia e vai para a Aratu». Metro 1. Consultado em 25 de julho de 2020 
  26. «Darino Sena | Linkedin». Linkedin. Consultado em 25 de julho de 2020 
  27. «O Bahia na tela da TV». Esporte Clube Bahia. 25 de julho de 2004. Consultado em 21 de julho de 2021 
  28. «Ficha Técnica». TV Bahia. Jornal da Manhã. Consultado em 21 de julho de 2021. Arquivado do original em 23 de maio de 1998 
  29. «Emoção marca a despedida de Pedro Canísio da TV Bahia». 29 de abril de 2016. Consultado em 2 de Maio de 2016 
  30. Barude, Nilza (22 de outubro de 2011). «De olho na TV». Leia Mais BA. Tribuna da Bahia. Consultado em 21 de janeiro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]