Rede Bahia de Televisão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rede Bahia de Televisão
Tipo Rede de televisão comercial
País Brasil
Fundação 10 de março de 1985 (33 anos)
por Antônio Carlos Magalhães, ACM
Pertence a Rede Bahia
Proprietário Família Magalhães (66,67%)
EPTV (33,33%)
Presidente Antônio Carlos Magalhães Júnior
Cidade de origem Salvador, BA
Sede Salvador, BA
Rua Prof. Aristides Novis, Federação
Estúdios
Slogan Com os baianos, pela Bahia
Formato de vídeo 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Afiliações Rede Globo
Cobertura Todo o estado da Bahia
Emissoras próprias
Página oficial
Disponibilidade aberta e gratuita
Analógico
Digital
Disponibilidade por satélite
Claro TV
Canais 24 e 524 HD (Salvador)
SKY Brasil
Canal 04 (Itabuna)
Canais 11 e 511 (Salvador)
Oi TV
Canal 4 HD (Itabuna)
Canal 11 HD (Salvador)
Vivo TV
Canal 211 (Salvador)
Disponibilidade por cabo
NET
Canais 09 e 509 HD (Vitória da Conquista)
Canais 11 e 511 HD (Salvador)
Vivo TV
Canal 515 HD (Vitória da Conquista)
Canal 515 HD (Itabuna)
TV Cabo Itabuna
Canal 08 (Itabuna e Ilhéus)

A Rede Bahia de Televisão (RBT) é uma rede de televisão brasileira, afiliada à Rede Globo com sede em Salvador, Bahia. É a maior rede de televisão do Norte e Nordeste e uma das maiores do Brasil. Pertence ao grupo Rede Bahia da Família Magalhães como também a EPTV na qual possui participação acionária. Antonio Carlos Magalhães Júnior, Luis Eduardo Magalhães Filho e César Mata Pires, todos da Família Magalhães, eram os proprietários após a morte de Antonio Carlos Magalhães. Em 2012, as cotas do último foram vendidas para a família Coutinho Nogueira, dona do Grupo EPTV. Cada um dos três possuem a mesma quantidade, 33%.[1][2][3]

Sua cobertura atinge todos os 417 municípios da Bahia, por meio de suas seis emissoras: TV Bahia sediada em Salvador, TV Oeste sediada em Barreiras, TV Santa Cruz sediada em Itabuna, TV São Francisco sediada em Juazeiro, TV Subaé sediada em Feira de Santana e TV Sudoeste sediada em Vitória da Conquista.

Em 2014, a rede foi vencedora no quesito "Maior Audiência" do Prêmio Nacional de Programação da Rede Globo, dentre as afiliadas participantes do Painel Nacional de Televisão. Também foi uma das três finalistas nos quesitos "Melhores Chamadas" (com a do jogo Juazeirense e Juazeiro) e "Programas Regionais de Linha" (com o Mosaico Baiano).[4][5]

Emissoras[editar | editar código-fonte]

Nome Canal analógico Canal digital Cidade Mapa de cobertura
TV Bahia 11 (29) Salvador
CobRedeBahia.png
TV Subaé 10 27 Feira de Santana
TV Santa Cruz 04 30 Itabuna
TV Sudoeste 05 28 Vitória da Conquista
TV São Francisco 07 28 Juazeiro
TV Oeste 05 29 Barreiras

Sinal digital[editar | editar código-fonte]

Todas as emissoras da rede já possuem sinal digital ativado em caráter oficial. A TV Bahia foi a primeira emissora do Norte/Nordeste a iniciar as transmissões digitais (HDTV) em 1 de dezembro de 2008, a TV Subaé e TV Santa Cruz em julho e dezembro de 2013 respectivamente, já as TV Sudoeste, TV São Francisco e TV Oeste ativaram seus sinais em 2014.

Programas[editar | editar código-fonte]

Jornalismo[editar | editar código-fonte]

Bahia Agora: é um boletim de notícias nos intervalos comerciais que apresenta o trânsito na capital e as notícias de última hora do estado. É apresentado por Thaic Carvalho e eventualmente por Silvana Freire em duas edições matinais e por Acácia Lyria ou Camila Marinho em três edições no período vespertino.

Bahia Meio Dia: é o telejornal apresentado no horário do meio-dia de segunda a sábado, tem seus dois primeiros blocos destinados a produção de todas emissoras afiliadas e posteriormente tem sua edição para todo o estado pela TV Bahia com apresentação de Fernando Sodake e Silvana Freire. É apresentado por Olga Amaral em Itabuna, Madalena Braga em Feira de Santana e Judson Almeida em Vitória da Conquista. Nas quartas-feiras, o Quadro Desaparecidos é apresentado pela repórter Andrea Silva ao vivo da Praça da Piedade, em Salvador, onde familiares e amigos vão em busca de informações de parentes desaparecidos. No interior do estado também é apresentado por meio das afiliadas da Rede Bahia nas cidades de Feira de Santana, Ilhéus, Itabuna, Vitória da Conquista e entre outras.

BATV: é o telejornal noturno da rede de segunda a sábado com apresentação de Camila Marinho pela TV Bahia. No interior, o noticiário também é exibido pelas TV Santa Cruz (com Olga Amaral), TV Subaé (com Lete Simões), TV São Francisco (com Priscila Guedes), TV Sudoeste (com Daniela Oliveira) e TV Oeste (com Carlos Augusto).

Jornal da Manhã: é o noticiário matinal da rede apresentado de segunda a sexta, tem seu primeiro bloco destinado a produção de todas emissoras afiliadas e posteriormente tem sua edição para todo o estado pela TV Bahia com apresentação de Ricardo Ishmael e Jéssica Smetak.

Esportes[editar | editar código-fonte]

Globo Esporte BA: é a edição local do Globo Esporte, apresentado de segunda a sábado pela TV Bahia com apresentação de Thiago Mastroianni e Mariana Aragão para todo o estado com as principais notícias do esporte baiano.

Variedades[editar | editar código-fonte]

Conexão Bahia: apresentado por Renata Menezes e Aldri Anunciação, é a revista do conhecimento, onde mostra a cultura e a beleza da Bahia. Vai ao ar nas manhãs de sábado, após o Como Será?. Foi precedido pelo Aprovado.

Bahia Rural: vai ao ar nas manhãs de domingo, seguindo o estilo do Globo Rural. Traz as notícias e novidades da área rural baiana além de mostrar a culinária baiana.

Festival de Verão Salvador: até 2015 foi exibido somente um ou dois meses antes do Carnaval, é alternado com a TV Subaé, TV Oeste, TV Santa Cruz, TV São Francisco, TV Sudoeste e é gerado pela TV Bahia para a principal emissora, também em outras emissoras do Brasil.

Mosaico Baiano: apresentado por Alessandro Timbó, exibe curiosidades, clipes, documentários, séries especiais, dicas de cinema, teatro, shows, artistas, visitas aos bairros, comportamento, turismo, cobertura dos eventos da cidade de Salvador.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]