Juha Sipilä

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Juha Sipilä
Juha Sipilä
Primeiro-ministro da  Finlândia
Período 29 de maio de 2015 - presente
Antecessor(a) Alexander Stubb
Líder do Partido do Centro
Período 2012 - presente
Antecessor(a) Mari Kiviniemi
Deputado do Parlamento da Finlândia
Período 2011-
Dados pessoais
Nascimento 25 de abril de 1961 (56 anos)
Veteli, Ostrobótnia
Primeira-dama Minna-Maaria Sipilä
Partido Partido do Centro
Profissão Engenheiro
Empresário
Político
Website www.juhasi.fi/

Juha Sipilä (pronunciado /'sípilé/) é um político finlandês do partido Partido do Centro.[1] Foi eleito deputado do Parlamento da Finlândia - Eduskunta em finlandês e Riksdagen em sueco - em 2011, em representação do município de Oulu, na Ostrobótnia do Norte.[2]

Ascendeu a líder do Partido do Centro em 2012.[1] [3] Nas eleições parlamentares de 2015, o Partido do Centro foi o vencedor com 21% dos votos, pelo que Juha Sipilä foi convidado a formar o novo governo da Finlândia.[4][5][6]

Formação e preparação do Governo Sipilä[editar | editar código-fonte]

Como resultado das sondagens feitas, foi anunciado um esboço de governo de coligação baseado no Partido do Centro, no Partido dos Verdadeiros Finlandeses e no Partido da Coligação Nacional. Como Primeiro-ministro desse governo ficaria Juha Sipilä (Partido do Centro), como Ministro do Exterior e da Europa Timo Soini (Partido dos Verdadeiros Finlandeses) e como ministro das Finanças Alexander Stubb (Partido da Coligação Nacional).[7]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Juha Sipilä nasceu em 25 de abril de 1961 na pequena localidade rural de Veteli, na Ostrobótnia. [2]

Formou-se em engenharia civil pela Universidade de Oulu, na Ostrobótnia.[8] Trabalhou como empresário, tendo aos 35 anos vendido a sua empresa de eletrónica de tecnologia da informação, o que lhe valeu o epíteto de ”milionário das telecomunicações”. [9]

Na campanha eleitoral, Juha Sipilä afirmou a vontade de criar 200 000 novos empregos num período de 10 anos, e defendeu a necessidade de reduzir o programa de governo a um documento de estratégia completado por programas de medidas, além de restringir o número de ministros de 17 para 12. [10] [11]

Face à eminente tarefa de formar um governo de coligação, demarcou-se como adepto de uma ampla coligação para resolver os difíceis problemas atuais da economia finlandesa, mostrando-se mesmo disposto a acolher o Partido dos Verdadeiros Finlandeses, apesar de estes serem eurocéticos e negativos em relação à ajuda europeia à Grécia.[12]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Guy-Erik Isaksson Krister Wahlbäck. «Centern i Finland» (em sueco). Enciclopédia Nacional Sueca. Consultado em 20 de abril de 2015 
  2. a b «Juha Sipilä / Keskustan eduskuntaryhmä (Juha Sipilä / Deputado do Parlamento da Finlândia)» (em finlandês). Eduskunta (Parlamento da Finlândia). Consultado em 20 de abril de 2015 
  3. «Juha Sipilä keskustan johtoon» (em finlandês). Helsingin Sanomat. Consultado em 9 de junho de 2012 
  4. «Nyheter» (em sueco). Hufvidstadsbladet. Consultado em 20 de abril de 2015 
  5. «Centre Party Election Platform (Plataforma Eleitoral do Partido do Centro)» (em inglês). Keskusta (Partido do Centro). Consultado em 20 de abril de 2015 
  6. Paavo Teittinen e Marko Junkkari. «Sipilä lähtee rakentamaan hallitusta perus­suomalaisten ja kokoomuksen kanssa – "Tämä ei ollut helppo päätös"» (em finlandês). Helsingin Sanomat. Consultado em 7 de maio de 2015  soft hyphen character character in |título= at position 43 (ajuda)
  7. «Här är alla nya ministrar» (em sueco). Hufvudstadsbladet. Consultado em 28 de maio de 2015 
  8. Heidi Liekola. «Statsministerkandidaterna i Finland» (em sueco). SvT Nyheter. Consultado em 23 de abril de 2015 
  9. Anne Suominen. «Pragmatisk IT-miljonär med gengasbil» (em sueco). Yle Nyheter - Inrikes. Consultado em 24 de abril de 2015 
  10. Anne Suominen. «Centern vill skapa 200 000 nya jobb» (em sueco). Yle Nyheter - Inrikes. Consultado em 24 de abril de 2015 
  11. Lars Gustafsson. «Pragmatisk IT-miljonär med gengasbil» (em sueco). Yle Nyheter - Inrikes. Consultado em 24 de abril de 2015 
  12. «Finner vælger ny statsminister» (em dinamarquês). DR. Consultado em 23 de abril de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Alexander Stubb
Primeiro-ministro da Finlândia
2015 - presente
Sucedido por
Incumbente


Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Juha Sipilä