Jumanji (livro)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jumanji
Jumanji (BR)
Autor(es) Chris Van Allsburg
Idioma Inglês
País  Estados Unidos
Género Literatura infantojuvenil, fantasia
Editora Houghton Mifflin
Lançamento 1981
Páginas 32
ISBN 0-395-30448-2
Edição brasileira
Tradução Érico Assis
Editora Cosac Naify
Lançamento 2015
ISBN 9788540507791
Cronologia
The Garden of Abdul Gasazi
Ben's Dream

Jumanji é um livro de fantasia ilustrado para crianças, escrito e ilustrado pelo autor estadunidense Chris Van Allsburg.[1] O livro foi adaptado para o cinema no filme Jumanji em 1995. Tanto o livro como o filme trata-se de um jogo de tabuleiro mágico que implementam animais reais e outros elementos da selva na vida real ao longo do jogo; então os perigos que os jogadores devem ultrapassar no jogo também aparecem na vida real. "Jumanji" é uma palavra Zulu significando "muitos efeitos".[2]

Fritz, um Bull Terrier que aparece em todos os livros de Chris Van Allsburg, aparece como um cachorro de brinquedo na terceira ilustração.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Enquanto seus pais saem a noite, Judy e Peter Shepherd, depois de brincar com alguns brinquedos, ficam entediados e decidem ir ao parque. Lá eles encontram um jogo de tabuleiro chamado Jumanji. Os dois jovens heróis desta aventura são atraídos para um universo fantástico, onde a vida cotidiana é de repente invadida por animais como leões, macacos, rinocerontes e cobras escapando do jogo para invadir a cidade.


Adaptações[editar | editar código-fonte]

  • Em 1995, foi lançado um longa-metragem de mesmo nome baseado na história. O filme tem personagens adultos que não apareceram na história original como Alan Parrish (Robin Williams), Sarah Whittle (Bonnie Hunt), o oficial Carl Bentley (David Alan Grier), a tia Nora (Bebe Neuwirth) e um caçador de grande jogo chamado Van Pelt (Jonathan Hyde, que também interpretou o pai de Alan, Sam Parrish). Alan Parrish não é o principal protagonista em vez de Judy (Kirsten Dunst) e Peter (Bradley Pierce), mas uma história de fundo é adicionada, é dito que o jogo aprisionou Alan na selva muitos anos antes, enquanto ele e Sarah estavam jogando em 1969, Danny e Walter do final do livro original não aparecem no filme. Também no filme, Judy e Peter estão órfãs depois que seus pais morreram em um acidente de carro no Canadá e sua tia é agora sua responsável legal. Outras mudanças são que os animais causam estragos em toda a cidade, Peter se transformando em um macaco enquanto tenta enganar o jogo e Alan finalmente ganha o jogo em vez de Judy com tudo, incluindo o tempo restaurado de volta ao modo como era antes. Os tambores no jogo também são ouvidos muito longe, o que nunca aconteceu no livro.


Sequências[editar | editar código-fonte]

Zathura (publicado em 2002) é uma sequência de Jumanji também escrita por Van Allsburg. Em Zathura, Danny e Walter, do final da história de Jumanji, encontre um jogo de ficção científica que, de igual forma, faça com que os efeitos do jogo ganhem vida. Também foi adaptado em um filme, Zathura: A Space Adventure, lançado em 2005, estrelado por Jonah Bobo, Josh Hutcherson, Dax Shepard e Kristen Stewart.[4]


Referências

  1. Wheeler, Jill C. (2005). Chris Van Allsburg. Edina, Minn.: ABDO Pub. Co. p. 13. ISBN 978-1-59197-721-6 
  2. «Flashes: Name of the Game». Entertainment Weekly. 8 de dezembro de 1995. Consultado em 18 de novembro de 2011 
  3. Matthew Mueller. «The Rock Says New Jumanji Is Not A Reboot». Comicbook.com 
  4. Zathura: Uma Aventura Espacial - Crítica