KBS2

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
KBS2
Korean Broadcasting System 2
Tipo Rede de televisão aberta
País  Coreia do Sul
Fundação 7 de dezembro de 1964 (54 anos)
Pertence a Korean Broadcasting System
Sede Coreia do Sul
Slogan The youth channel
O Canal da Juventude
Formato de vídeo 2160p (UHDTV)
1080i (HDTV)
Afiliações KBS1
KBS World
Cobertura Coreia do Sul
Nome(s) anterior(es) DTV Seoul
(1964 -1965)
Joongang Broadcasting System
(1965-1966)
Tongyang Broadcasting Corporation
(1966-1980)
Disponibilidade aberta e gratuita
Analógico
Canal 28 (UHF) (Zona Desmilitarizada da Coreia)
Digital
Seul: Canal 7.1 (TDT)
Disponibilidade por satélite
SkyLife
Canal 7 (HD)
Disponibilidade por cabo
Variável de acordo com cada operadora
Disponibilidade digital
KBS Kong
64MATV
KPlayer
KPlayer TV

KBS2 é uma rede de televisão aberta sul-coreana fundada em 7 de dezembro de 1964. É de propriedade da Korean Broadcasting System e tornou-se o resultado da fusão entre a extinta Tongyang Broadcasting Corporation (TBC, 1964-1980) com a KBS em 1980.

Sua programação consiste principalmente em espetáculos de teatro e entretenimento.

Programação[editar | editar código-fonte]

A KBS2 contém predominantemente programas de entretenimento e séries de televisão produzidos pela KBS, assim como o KBS Evening 6 Newstime, o principal noticiário da emissora. Os programas Music Bank e You Hee-yeol's Sketchbook, são os seus principais programas musicais e outros títulos como Happy Together, Let's Go Dream Team!, 2 Days & 1 Night, The Return of Superman e Immortal Songs, denotam sua bem conhecida linha de programas de variedades.

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

Em 16 de janeiro de 2010, houve uma controvérsia entre a KBS e a Korea Cable TV Association (KCTA) sobre o valor do sinal. A KCTA procurou reduzir os valores das principais redes nacionais a fim de ser sustentada por meio de assinantes. A KBS exigiu cobrar 280 wones por assinante, enquanto os provedores de televisão, limitaram sua oferta a 100 won por assinatura. As negociações chegaram a um impasse, e assim os provedores decidiram parar de transmitir a KBS2 em todo o país a partir das 15:00 daquele mesmo dia. Devido à perda de visualizações, a KBS2 experimentou um grande declínio em sua audiência. Após isso, a Comissão de Comunicações da Coreia (KCC) ordenou que os provedores de televisão continuassem a transmitir o canal ou enfrentariam uma grande multa. Eles inicialmente recusaram, mas em 17 de janeiro, concordaram em retomar a transmissão da emissora após 28 horas.[1]

Referências

  1. «Cable TV operators end 28-hour KBS blackout». onekpop.com. Consultado em 26 de julho de 2013. Arquivado do original em 3 de janeiro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre televisão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.