Língua de sinais franco-americana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

A Língua de Sinais Franco-Americana (em Portugal: Língua Gestual Franco-Americana) é um dialeto de sinais usada pela comunidade surda nos Camarões e na África ocidental e central.[1] É uma espécie de pidgin, também observado em outras partes da África Central e Ocidental.

Referências

  1. CARVALHO, Paulo Vaz de (2007). breve História dos Surdos no Mundo. [S.l.]: SurdUniverso. 140 páginas 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.