Língua de sinais neerlandesa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Língua de sinais neerlandesa ou NGT (em Portugal: Língua Gestual Holandesa, no original Nederlandse Gebarentaal ou LS) é a língua de sinais utilizada pelas pessoas surdas nos Países Baixos,[1] mas não é reconhecida oficialmente. A língua, historicamente, se desenvolveu a partir da língua de sinais francesa. A partir de 1995, muitas escolas para surdos, na Holanda, começaram ensinando esta língua de sinais aos seus alunos surdos. É familiar à Língua de Sinais da Flandres.

Referências

  1. CARVALHO, Paulo Vaz de (2007). breve História dos Surdos no Mundo. [S.l.]: SurdUniverso. 140 páginas 

Ver também[editar | editar código-fonte]