Lagoa da Confusão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2012). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Emblem-scales.svg
A neutralidade desse artigo (ou seção) foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão.
Justifique o uso dessa marca na página de discussão e tente torná-lo mais imparcial.
Município de Lagoa da Confusão
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação 20 de fevereiro de 1991[1]
Gentílico lagoense[1]
Lema A união faz o Destino.
Prefeito(a) Leôncio Lino de Sousa Neto[2] (DEM)
(2013–2016)
Localização
Localização de Lagoa da Confusão
Localização de Lagoa da Confusão no Tocantins
Lagoa da Confusão está localizado em: Brasil
Lagoa da Confusão
Localização de Lagoa da Confusão no Brasil
10° 47' 38" S 49° 37' 26" O10° 47' 38" S 49° 37' 26" O
Unidade federativa  Tocantins
Mesorregião Ocidental do Tocantins IBGE/2013[3]
Microrregião Rio Formoso IBGE/2013[3]
Municípios limítrofes Pium, Cristalândia, Santa Rita do Tocantins, Dueré, Formoso do Araguaia, São Félix do Araguaia (MT), Luciara (MT) e Santa Terezinha (MT)
Distância até a capital 206 km km
Características geográficas
Área 10 564,512 km² [4]
População 11 525 hab. (TO: 18º) –  estatísticas IBGE/2013[5]
Densidade 1,09 hab./km²
Altitude 200 m
Clima tropical Aw
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,627 médio PNUD/2010[6]
PIB R$ 303 010 mil IBGE/2010[7]
PIB per capita R$ 29 663,24 IBGE/2010[8]
Página oficial

Lagoa da Confusão é um município brasileiro do estado do Tocantins, na Região Norte do país. Sua população estimada em 2013 era de 11 525 habitantes.[5]

História[editar | editar código-fonte]

A história de Lagoa da Confusão se inicia em 1933, com a chegada das primeiras famílias.[1] A primeira visão que elas tiveram foi de uma imensa lagoa azul, protegida por serras e pântanos; a dificuldade que elas enfrentaram para chegar à lagoa gerou muita confusão. Por isso, o nome do povoado e, posteriormente, do município.[carece de fontes?] Os primeiros habitantes afixaram-se ao redor do lago e na década de 1950 são descobertas jazidas de calcário na área do atual município, consolidando o povoamento. A emancipação política ocorreu após plebiscito, realizado em 10 de fevereiro de 1991,[carece de fontes?] desmembrando-se de Cristalândia, sendo oficialmente criado pela lei estadual nº 251, de 20 de fevereiro de 1991, e instalado em 1º de janeiro de 1993.[1]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 10º 47'37" sul e a uma longitude 49º 37'25" oeste. A topografia de 90% do município é plana, tratando-se de várzeas úmidas de alta produtividade, tudo auxiliado por um clima tropical durante o ano todo.

Economia[editar | editar código-fonte]

Mesmo sendo um município jovem, possuí uma das maiores rendas per capita do estado do Tocantins, tudo alicerçado na produção agropecuária.

O município é o maior produtor de arroz irrigado do estado do Tocantins, com área plantada de aproximadamente 50.000 ha no período das chuvas (novembro a março), e plantio de 40.000 no período de inverno.[carece de fontes?] Planta-se no inverno sementes de soja, feijão, milho, melancia, produtos estes distribuidos para todo o país.

No município da Lagoa da Confusão existe água abundante para irrigação, fornecida pelos rios Formoso, Urubu, Javaés e Douradinho.

O município possuí uma boa capacidade de armazenagem de grãos, possuindo vários armazéns gerais, entre eles JC Armazéns Gerais, AGB Armazéns Gerais, Cooperativa do Vale da Lagoa, Cooperlago, CDA (Arroz Tio Jorge), Armazéns Morro da Pedra, além dos estruturas de armazenagem localizadas nas propriedades particulares. No ano de 2004, com a construção pelo Governo do Estado do Tocantins, de uma ponte sobre o Rio Formoso, atendendo uma revindicação do Presidente do Sindicato Rural de Lagoa da Confusão, Dr. Júlio César Baptista de Freitas, abriu-se uma fronteira agrícola de aproximadamente 80.000 ha, de terras férteis e irrigáveis, o que poderá impulsionar a economia da região,principalmente porque na região em tela, conhecida como Ilha do Formoso, a topografia é extremamente plana e existe água em abundância (Rio Formoso e Javaés), o que propicia a irrigação de toda a área. atualmente na região já se instalou aproximadamente 12.000 ha de novos projetos de irrigação.

Na safra agrícola de 2.006/2.007, o município teve um expressivo aumento de área plantada, atingindo a sua maior produção, algo em torno de 3.000.000 de sacas de arroz, e também alcançou suas melhores médias de produtividade, atingindo um patamar de 90 sacas por hectare de arroz irrigado. O município da Lagoa da Confusão, é um dos poucos do Brasil, liberados para a produção de soja semente durante o período de inverno. A liberação foi feita pelo Governo Federal, e aconteceu pois na região pouco se desenvolve a Ferrugem Asiática, pelas condições climática da região. Na safra de inverno do ano de 2.009, o município teve toda a sua área irrigável cultivada, sendo plantadas sementes de soja, feijão para consumo e melancia. Estima-se que nesta safra de inverno (maio a outubro) deve ser colhido mais de 20.000 caminhões de melancia no município. Para a safra 2.009/2.010, esta rendo incrementada uma área de plantio de aproximadamente 3.000 ha, o que fará que o município que já é um dos maiores arrecadadores de ICMS do estado, aumente sua importância como polo regional de agricultura irrigada. Conforme o Censo de 2.010, o município da cidade de Lagoa da Confusão cresceu 65,61%, perdendo em crescimento demográfico somente para a capital do estado Palmas, que teve um incremento em sua população de 66,21%. Ainda, hoje não mais se produz 20.000 caminhões de melancia no município, mas algo em torno de 80.000 caminhões por safra. Há na comunidade uma mobilização visando a preservação ambiental da região, isto plenamente apoiado pelos produtores rurais e associações. Pode-se citar como destaque a atuação da APROSEL (Associação dos Produtores de Sementes e Mudas da Lagoa da Confusão e Várzeas do Tocantins), presidida e fundada por Pedromária Batista de Melo entidade que congrega em seu quadro de componentes todos os produtores ícones na utilização de tecnologia e consequente alta produtividade e Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Formoso, também fundado e presidido por Pedromária Batista de Melo. No ano de 2.009/2.015 houve um enorme ingremento no estabelecimento de empresas produtoras de sementes de soja, vindas praticamente de todo o país, atraídas pela qualidade e sanidade do produto produzido na região, aliado ao baixo custo de produção, estando em fase de instalação empresa multinacional de produção de sementes, AGREX BRASIL, utilizando tecnologia de ponta na produção de grãos e beneficiamento de sementes.

Através de criação da Associação dos Produtores Rurais do rio Formoso, com apoio do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Formoso, estão sendo construídas 04 (quatro) elevatórias no Rio Formoso, o que permitirá a armazenagem da água que seria desperdiçada, e com isso, haverá uma segurança com relação ao plantio do período da seca (maio a outubro), além de propiciar uma possibilidade de incrementar a área de plantio, com segurança hídrica.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Uma das maiores potencialidades de renda da região é o turismo, representado por uma linda lagoa que dá nome à cidade, além de grutas, fauna abundante e flora exuberante, fatores característicos da região amazônica. O turismo na região esta sob a responsabilidade do município, mas necessita de empreendedores e investimentos externos, frente a imobilidade da gestão municipal.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d Enciclopédia dos Municípios Brasileiros (2007). "Lagoa da Confusão - Histórico". Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Arquivado desde o original (PDF) em 29 de outubro de 2013. Consult. 29 de outubro de 2013. 
  2. Eleições 2012 (7 de outubro de 2012). "Candidatos a Prefeito Lagoa da Confusão/TO". Arquivado desde o original em 29 de outubro de 2013. Consult. 29 de outubro de 2013. 
  3. a b Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais (19 de julho de 2013). "Divisão Territorial do Brasil". Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consult. 29 de outubro de 2013. 
  4. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (10 de outubro de 2002). "Área territorial oficial". Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Arquivado desde o original em 9 de novembro de 2011. Consult. 5 de dezembro de 2010. 
  5. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1º de julho de 2013). "Estimativas da população residente nos municípios brasileiros com data em 1º de julho de 2013". Arquivado desde o original (PDF) em 9 de setembro de 2013. Consult. 9 de setembro de 2013. 
  6. Atlas do Desenvolvimento Humano (29 de julho de 2013). "Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil". Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Arquivado desde o original (PDF) em 9 de setembro de 2013. Consult. 9 de setembro de 2013. 
  7. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2010). "Produto Interno Bruto dos Municípios - 2010 » PIB a preços correntes » Comparação entre os Municípios: Tocantins". Arquivado desde o original em 29 de outubro de 2013. Consult. 29 de outubro de 2013. 
  8. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2010). "Produto Interno Bruto dos Municípios - 2010 » PIB a preços correntes » Comparação entre os Municípios: Tocantins". Arquivado desde o original em 29 de outubro de 2013. Consult. 29 de outubro de 2013. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do Tocantins é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.