Lardosa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Portugal Portugal Lardosa 
  Freguesia  
Símbolos
Brasão de armas de Lardosa
Brasão de armas
Gentílico Lardosense
Localização
Lardosa está localizado em: Portugal Continental
Lardosa
Localização de Lardosa em Portugal
Coordenadas 39° 59' 22" N 7° 26' 38" O
Região Centro (Região das Beiras)
Sub-região Beira Interior Sul
Província Beira Baixa
Município CTB.png Castelo Branco
Administração
Tipo Junta de freguesia
Presidente José António Afonso Dâmaso (PS)
Características geográficas
Área total 44,47 km²
População total (2021[1]) 887 hab.
Densidade 19,9 hab./km²
Código postal 6005-193
Outras informações
Orago São Martinho

Lardosa é uma freguesia portuguesa do município de Castelo Branco, na província da Beira Baixa, região do Centro (Região das Beiras) e sub-região da Beira Interior Sul, com 44,47 km² de área e 887 habitantes (2021). A sua densidade populacional é de 19,9 hab/km².

Fica situada no extremo norte do município de Castelo Branco e seu limite com o do Fundão, na estrada em direcção à freguesia de Lousa. A localidade fica situada a cerca de 18 km da sede do município, fazendo ainda parte da sua freguesia a aldeia anexa de Vale da Torre, a cerca de 4 km de distância.

Localização no município de Castelo Branco


População[editar | editar código-fonte]

População de Lardosa
AnoPop.±%
1864 1 150—    
1878 1 256+9.2%
1890 1 356+8.0%
1900 1 445+6.6%
1911 1 627+12.6%
1920 1 507−7.4%
1930 1 875+24.4%
1940 2 133+13.8%
1950 2 093−1.9%
1960 1 945−7.1%
1970 1 199−38.4%
1981 1 172−2.3%
1991 895−23.6%
2001 1 044+16.6%
2011 961−8.0%
2021 887−7.7%

Evolução da População (1864 / 2011) Grupos Etários (2001 e 2011) Grupos Etários (2001 e 2011)

História[editar | editar código-fonte]

A povoação de Lauridosa, terra de louros ou loureiros, actual Lardosa aparece citada num documento datado do século IX (882). Foram encontrados vestígios de romanização (fontes romanas) e até ainda mais antigas do período calcolítico.

Em 1225, Pedro e Ermesinda, Raimundo e sua esposa Joana assumiram o compromisso de procerem ao povoamento da freguesia. Em 1264, D. Joana cedeu Lardosa à Ordem do Templo que tinha a incumbência de combater os muçulmanos e instituir o cristianismo nos locais onde era implantada.

Até 1836, a freguesia enquadrada no concelho de Castelo Novo[2] (entretanto extinto), hoje freguesia do concelho do Fundão. Lardosa quando incluída no conjunto de povoações pertencentes ao concelho de Alpedrinha[2] terá sofrido a forte influência de uma tradição municipal. Em 1675, D. Pedro II de Portugal outorgou-lhe o nome de vila, mas ao que parece já teria municipalismo próprio.

Uma das freguesias mais populosas do Concelho de Castelo Branco, Lardosa viu uma parte importante da sua população imigrar nos anos 60, muitos deles para França.

Economia[editar | editar código-fonte]

As principais actividades económicas são a agricultura (olivicultura e fruticultura (citrinos), pastorícia (gado ovino), pequenas indústrias ligadas à agricultura (lagares de azeite e produção de queijo) e comércio. Desde o início dos anos 2000, o tecido económico da Lardosa diversificou-se. Assim sendo, podemos encontrar na freguesia várias estufas, viveiros, bem como produtores de fruta (Gardunha Agro por exemplo). É na Lardosa que se encontra a Concessionária Globalvia (auto-estradas da Beira Baixa), junto da A23 e da N18. Outro exemplo da crescente diversificação da economia lardosense, a empresa Ecositana[3], empresa construtora de casas de madeira.

Património[editar | editar código-fonte]

Na freguesia existem entre outros os seguintes monumentos arquitectónicos:

Turismo[editar | editar código-fonte]

Além dos monumentos atrás citados pode-se passear e tomar banho na Barragem da Marateca. Existem na freguesia estabelecimentos de turismo rural.

Gastronomia[editar | editar código-fonte]

As principais especialidades gastronómicas da freguesia são:

Artesanato[editar | editar código-fonte]

Nesta freguesia é produzido o bordado de Castelo Branco e queijos (queijarias por toda a freguesia).

Festas e romarias[editar | editar código-fonte]

  • Festa do Bodo e S. Sebastião (20 de janeiro);
  • Nossa Senhora de Fátima (13 de maio);;
  • Santo António, em agosto (segunda-feira de Espírito Santo);
  • Festa da Flor, em Vale da Torre (8, 9 e 10 de Julho).

Feiras[editar | editar código-fonte]

Há uma feira mensal no primeiro sábado de cada mês.

Desporto[editar | editar código-fonte]

O Centro Popular de Cultura e Desporto de Lardosa teve uma equipa de futebol sénior que jogou na distrital de futebol de Castelo Branco nos anos 80, 90 e 2000. Chegou a obter bons resultados na 2º Distrital nos anos 80 (segundos e terceiros lugares), tendo mesmo alcançado um 3º lugar na 1º Divisão Distrital. Após uma breve pausa - tendo participado nos inter-aldeias de futebol de 11 - voltou a ter uma equipa na distrital em 2005, tendo acabado com o futebol federado em 2010. Houve também torneios de tiro ao prato no início dos anos 2000. Em 2022 o Centro Popular de Cultura e Desporto de Lardosa venceu o inter-aldeias de futsal.

Colectividades[editar | editar código-fonte]

As principais colectividades da freguesia da Lardosa são:

  • Associação Social Recreativa e Cultural de Vale da Torre, onde se insere o Grupo de Cantares de Vale da Torre
  • Centro Popular de Cultura e Desporto de Lardosa
  • Grupo de Bombos da Lardosa
  • Núcleo de Intervenção Cultural de Lardosa
  • Rancho Folclórico "Os Loureiros" da Lardosa

Referências

  1. «População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano)». Informação no separador "Q601_Centro". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 28 de Fevereiro de 2014. Cópia arquivada em 4 de dezembro de 2013 
  2. a b «Paróquia de Lardosa». Arquivo Distrital de Castelo Branco. Consultado em 24 de Outubro de 2013 
  3. «Home». Ecositana. Consultado em 8 de setembro de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.