Leonardo de Deus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Leonardo de Deus
Swimming pictogram.svg Natação Swimming pictogram.svg
Nome completo Leonardo Gomes de Deus
Apelido Leo
Estilo nado borboleta
nado costas
Nascimento 18 de janeiro de 1991 (26 anos)
Campo Grande,  Mato Grosso do Sul
Nacionalidade brasileira
Clube Sport Club Corinthians Paulista
Medalhas
Pan-Pacífico
Prata Gold Coast 2014 200 metros borboleta
Jogos Pan-Americanos
Ouro Guadalajara 2011 200 metros borboleta
Ouro Toronto 2015 200 metros borboleta
Prata Guadalajara 2011 4x200 metros livre
Bronze Toronto 2015 200 metros costas
Bronze Toronto 2015 400 metros livre
Jogos Sul-Americanos
Ouro Medellín 2010 200 metros borboleta
Ouro Medellín 2010 200 metros costas
Ouro Santiago 2014 200 metros borboleta
Ouro Santiago 2014 200 metros costas
Prata Medellín 2010 4x200 metros livre

Leonardo Gomes de Deus (Campo Grande, 18 de janeiro de 1991) é um nadador brasileiro, que disputa diferentes provas e estilos.[1]

Trajetória esportiva[editar | editar código-fonte]

Pelo fato de o pai ser militar, as mudanças eram uma constante em sua vida: aos 12 anos, vivendo em Belém no Pará, começou a nadar com sua mãe nos finais de semana; mudou-se para Brasília e treinou na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB) até 2007; em 2008 mudou-se para Belo Horizonte e passou a treinar no Minas Tênis Clube; em 2010 transferiu-se para São Paulo e passou a treinar no Esporte Clube Pinheiros.[2]

Integrou a delegação nacional que participou dos Jogos Sul-Americanos de 2010 em Medellín, na Colômbia, onde conquistou duas medalhas de ouro: nos 200 metros costas[3] e 200 metros borboleta,[4] e uma medalha de prata no revezamento 4x200 metros livre.

Competiu no Campeonato Pan-Pacífico de Natação de 2010 em Irvine, nos Estados Unidos, onde ficou em nono lugar nos 200 metros borboleta[5] e 11º nos 200 metros costas.[6]

Participou do Campeonato Mundial de Natação em Piscina Curta de 2010 em Dubai, competindo na prova dos 100 metros costas, ficando em 28º lugar;[7] e na prova dos 200 metros borboleta, ficando em 15º lugar,[8] em ambas não conseguindo ir à final.

No Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 2011 em Xangai, na China, classificou-se à semifinal dos 200 metros borboleta com o segundo melhor tempo,[9] não conseguindo, posteriormente, a classificação à final e terminando em 13º. Também foi à semifinal dos 200 metros costas, terminando em 15º lugar.[10]

Nos Jogos Pan-Americanos de 2011 em Guadalajara, no México, ganhou a medalha de ouro na prova dos 200 metros borboleta, após polêmica envolvendo patrocínio irregular na touca utilizada na final. Por alguns minutos, Leonardo esteve desclassificado, mas após protestos da torcida e dos próprios atletas, o primeiro lugar foi devolvido ao sul-matogrossense.[11] Ganhou também a medalha de prata no revezamento 4x200 metros livre.[12]

Em 25 de abril de 2012, participou do Troféu Maria Lenk no Rio de Janeiro, e fez a marca de 1m57s38 na prova dos 200 metros costas, derrotando Thiago Pereira na batida de mão, sagrando-se campeão do troféu e confirmando sua vaga para os Jogos Olímpicos de Verão de 2012 em Londres.[13] Em 27 de abril sagrou-se campeão também dos 200 metros borboleta no Troféu Maria Lenk, batendo na final Kaio Márcio de Almeida, confirmando sua classificação para as Olimpíadas de Londres também nesta prova.[14]

Nos Olimpíadas de 2012, foi à semifinal dos 200 metros costas, terminando em 13º lugar, e ficou em 21º lugar nos 200 metros borboleta.[1] No ano seguinte, transferiu-se para o Sport Club Corinthians Paulista, onde permanece até o presente

No Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 2013 em Barcelona, classificou-se para sua primeira final de Campeonato Mundial nos 200 metros borboleta, terminando em oitavo lugar.[15] Ele também nadou os 200 metros costas, terminando em 12º lugar.[16] No revezamento 4×100 metros medley, terminou em 12º lugar, junto com Marcelo Chierighini, Felipe Lima e Nicholas Santos.[17]

Nos Jogos Sul-Americanos de 2014 em Santiago, no Chile, ganhou duas medalhas de ouro nos 200 metros borboleta e 200 metros costas, batendo o recorde da competição em ambas as provas.[18]

No Troféu Maria Lenk de 2014 em São Paulo, quebrou o recorde brasileiro dos 400 metros livre, com o tempo de 3m50s90. O recorde anterior pertencia a Armando Negreiros, desde 1997.[19] Em maio de 2014, no Campeonato Brasileiro Junior e Senior, ele bateu novamente o recorde brasileiro dos 400 metros livre, agora com a marca de 3m50s71.[20]

No Campeonato Pan-Pacífico de Natação de 2014 em Gold Coast, na Austrália, Leonardo de Deus obteve um grande resultado, ao ganhar a medalha de prata nos 200 metros borboleta, com o tempo de 1m55s28.[21] Ele também terminou em sexto lugar nos 200 metros costas, e 12º na eliminatória dos 400 metros livre.[22]

Em dezembro de 2014, no Open realizado no Rio de Janeiro, bateu pela terceira vez o recorde brasileiro dos 400 metros livre, com o tempo de 3m50s37.[23]

Em abril de 2015, no Troféu Maria Lenk realizado no Rio de Janeiro, quebrou o recorde sul-americano dos 400 metros livre, com o tempo de 3m49s62,[24] e fez o melhor tempo da carreira nos 200 metros borboleta, com o tempo de 1m55s19, obtendo a liderança do ranking mundial da prova em 2015.[25]

Nos Jogos Pan-Americanos de 2015, em Toronto, no Canadá, ganhou três medalhas: um ouro nos 200 metros borboleta, com o tempo de 1m55s01, novo recorde do Pan e melhor marca de sua carreira;[26][27] e dois bronzes, nos 200 metros costas[28][29] e nos 400 metros livres.[30]

No Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 2015, Leonardo não nadou bem nos 200 metros borboleta. Na semifinal, ele fez o tempo de 1m56s02, longe da sua melhor marca, 1m55s01, obtidos no Pan poucos dias antes, e terminou em nono lugar, perdendo a vaga para a final por 0,28 segundo.[31][32] Ele também terminou em 13º nos 200 metros costas. [33]

Leonardo de Deus participou dos Olimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro, competindo nas provas de 200 metros borboleta, onde alcançou a marca de 1m56s77 e ficou em 13º lugar; e 200 metros costas, onde fez 1m57s67 e também ficou 13º lugar.[34][35][36]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Perfil no Sports Reference». Sports Reference. 2013. Consultado em 17 de março de 2013 
  2. Olimpianos - Atletas Olímpicos Brasileiros: LEONARDO GOMES DE DEUS Acessado em 15 de fevereiro de 2017
  3. «Leonardo de Deus bate Thiago Pereira em Medellín; Brasil leva 8 ouros». UOL. 26 de março de 2010. Consultado em 29 de abril de 2012 
  4. «Brasileiro bate recorde dos Jogos Sul-Americanos nos 200m borboleta». UOL. 27 de março de 2010. Consultado em 29 de abril de 2012 
  5. «Resultados dos 200m borboleta no Pan Pacífico de 2010». OmegaTiming. 18 de agosto de 2010. Consultado em 16 de dezembro de 2014 
  6. «Resultados dos 200m costas no Pan Pacífico de 2010». OmegaTiming. 20 de agosto de 2010. Consultado em 16 de dezembro de 2014 
  7. «Resultados das eliminatórias dos 100m costas». OmegaTiming. 15 de dezembro de 2010. Consultado em 16 de março de 2013 
  8. «Resultados das eliminatórias dos 200m borboleta». OmegaTiming. 19 de dezembro de 2010. Consultado em 16 de março de 2013 
  9. «Brasileiro Leonardo de Deus passa em 2º nos 200 metros borboleta no Mundial». UOL. 26 de julho de 2011. Consultado em 29 de abril de 2012 
  10. «Lochte avança à final dos 200m costas em primeiro; Leo de Deus fica fora». Globoesporte. 28 de julho de 2011. Consultado em 29 de abril de 2012 
  11. «Leo de Deus vence 200m borboleta, é desqualificado, mas recupera o ouro». Globoesporte. 17 de outubro de 2011. Consultado em 29 de abril de 2012 
  12. «Thiago domina os 200m medley e iguala Hoyama como maior dos Pans». Globoesporte. 19 de outubro de 2011. Consultado em 29 de abril de 2012 
  13. «Leonardo de Deus vence T. Pereira por 1 centésimo nos 200 m costas». Terra. 26 de abril de 2012. Consultado em 29 de abril de 2012 
  14. «Leonardo de Deus vence Kaio Márcio». BOL. 28 de abril de 2012. Consultado em 29 de abril de 2012 
  15. João Gomes Jr. e Leo de Deus lutam, mas ficam sem medalha em Barcelona
  16. Resultados dos 200m costas em Barcelona 2013
  17. Resultados dos 4x100m medley em Barcelona 2013
  18. «Dados de Leonardo de Deus». Site Oficial dos Jogos Sul-Americanos de 2014. 2014. Consultado em 16 de dezembro de 2014 
  19. «Leo de Deus 2014 x Armando Negreiros 1997: análise do recorde dos 400m livres». Best Swimmming. 26 de abril de 2014. Consultado em 16 de dezembro de 2014 
  20. «Pela 3ª vez em 15 dias, Matheus Santana bate o Recorde Mundial Júnior». Globoesporte. 9 de maio de 2014. Consultado em 16 de dezembro de 2014 
  21. «Leo de Deus conquista prata no Pan Pac da Austrália». CBDA. 21 de agosto de 2014. Consultado em 16 de dezembro de 2014 
  22. «Fratus é ouro nos 50m livre com recorde do Pan Pacífico». CBDA. 24 de agosto de 2014. Consultado em 16 de dezembro de 2014 
  23. «Campeã em Doha, Etiene tenta driblar cansaço e problemas com placa». Globoesporte. 19 de dezembro de 2014. Consultado em 19 de dezembro de 2014 
  24. «Leo de Deus derruba recorde batido no Pan de 2003». CBDA. 10 de abril de 2015. Consultado em 11 de abril de 2015 
  25. «Léo de Deus faz melhor tempo do ano nos 200m borboleta e vai ao Mundial». Globoesporte. 9 de abril de 2015. Consultado em 10 de abril de 2015 
  26. «Primeiro dia de 5 medalhas e 2 ouros para o Brasil, mas a festa foi canadense». Best Swimming. 15 de julho de 2015. Consultado em 27 de julho de 2015 
  27. «Léo de Deus é bi nos 200m borboleta e se assusta ao ver recorde no placar». Globoesporte. 14 de julho de 2015. Consultado em 27 de julho de 2015 
  28. «Brasil ganha 6 medalhas, mais 3 ouros no segundo dia de Pan». Best Swimming. 16 de julho de 2015. Consultado em 27 de julho de 2015 
  29. «Thiago Pereira quebra marca em dia de ouro do xará e do 4x200m livre». Globoesporte. 15 de julho de 2015. Consultado em 27 de julho de 2015 
  30. «Dia histórico para a natação feminina do Brasil no Pan». Best Swimming. 18 de julho de 2015. Consultado em 27 de julho de 2015 
  31. «Resultado das semifinais dos 200m borboleta no Mundial de Kazan 2015». OmegaTiming. 4 de agosto de 2015. Consultado em 4 de agosto de 2015 
  32. «Em dia de recordes mundiais apenas Felipe França passa a final dos 50 peito». Best Swimming. 4 de agosto de 2015. Consultado em 4 de agosto de 2015 
  33. «Resultado das semifinais dos 200m costas no Mundial de Kazan 2015». OmegaTiming. 6 de agosto de 2015. Consultado em 2 de setembro de 2015 
  34. ClicRBS - Natação brasileira vai aos Jogos Rio 2016 com delegação recorde (21/04/2016) Acessado em 15 de fevereiro de 2017
  35. Globo Esporte - Definidos os classificados da natação para a Rio 2016; veja o time do Brasil (11/07/2016) Acessado em 15 de fevereiro de 2017
  36. Brasil 2016 - Natação brasileira termina participação nos Jogos Rio 2016 sem medalhas (14/08/2016) Acessado em 15 de fevereiro de 2017

Ligações externas[editar | editar código-fonte]