Luso-africanos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Luso-africano
Portugal Angola África do Sul Moçambique
Mia Couto.jpg
Mariza.jpgWayne ferreira.jpg
Mia Couto •José Eduardo Agualusa
Mariza •Wayne Ferreira
População total
Regiões com população significativa
 África do Sul 71,513 (2014)[1]
 Angola 115,595 (2014)[2]
 Moçambique 24,181 (2014)[3]
Outros países da África  ?
Línguas
português • inglês • africâner
Religiões
Cristianismo (maioria filiada ao Catolicismo Romano)  • outras
Grupos étnicos relacionados
portugueses • brasileiros •galegos •africanos

Luso-africanos são pessoas de origem portuguesa que nasceram em África ou então pessoas que nasceram em Portugal mas passaram boa parte de suas vidas em terras africanas.[4] O termo "luso-africano" não deve ser confundido com afro-português ou afro-lusitano, uma vez que esses termos são usados para designar o português de ancestralidade negro-africana.[5] O maior comunidade portuguesa que vive no continente africano encontra-se na África do Sul (cerca de 500,000 em 2013),[6] enquanto que importantes minorias vivem na Namíbia e nos países de língua portuguesa da África (Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe.[7]

Guiné-Bissau se tornou um país independente em 1974, seguido pelo resto das colônias em 1975. A maior parte dos colonos portugueses voltou a Portugal, onde eram chamados de retornados. Alguns migraram para outros países como África do Sul, Malawi, Namíbia e Zimbabwe bem como Brasil e Estados Unidos da América.

Quando a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa foi fundada em 1996, alguns portugueses e um número de luso-brasileiros chegaram a pedir ajuda económica e educacional para os países africanos de língua portuguesa. Alguns desses portugueses adotaram a África como sua residência permanente.

A maioria dos luso-africanos são luso-sul-africanos, e a maior parte é resultante da migração direta de Portugal, nomeadamente da ilha da Madeira.

Luso-africanos notáveis[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Pagina Observatório emigração, observatorioemigracao.secomunidades.pt, Pagina visitada em 30 de novembro 2015
  2. Pagina Observatório emigração, observatorioemigracao.secomunidades.pt, Pagina visitada em 30 de novembro 2015
  3. Pagina Observatório emigração, observatorioemigracao.secomunidades.pt, Pagina visitada em 30 de novembro 2015
  4. NEUSA MARIA MENDES DE GUSMÃO: LUSO-AFRICANOS EM PORTUGAL: PORTUGUESES OU IMIGRANTES?, anpocs.org, pagina visitada em 30 de novembro 2015
  5. O termo luso-africano, aulete.com.br, pagina visitada em 30 de novembro 2015
  6. Portugueses já fazem parte da população sul-africana, dn.pt, publicado em 6 de dezembro 2013
  7. Mostra de filmes luso-africanos em Brasília, redeangola.info, pagina visitada em 30 de novembro 2015

Weblinks[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]