Mamonas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para o grupo musical, veja Mamonas Assassinas.
Mamonas
  Município do Brasil  
Vista aérea de Mamonas, Minas Gerais; em destaque a lagoa do aconchego.
Vista aérea de Mamonas, Minas Gerais; em destaque a lagoa do aconchego.
Símbolos
Bandeira de Mamonas
Bandeira
Hino
Apelido(s) "Capital mineira do forró"
Gentílico mamonense [1]
Localização
Localização de Mamonas em Minas Gerais
Localização de Mamonas em Minas Gerais
Mamonas está localizado em: Brasil
Mamonas
Localização de Mamonas no Brasil
Mapa de Mamonas
Coordenadas 15° 03' S 42° 56' 56" O
País Brasil
Unidade federativa Minas Gerais
Municípios limítrofes Espinosa, Gameleiras, Monte Azul
Distância até a capital 686 [2] km
História
Fundação 27 de abril de 1992
Aniversário 27 de abril
Administração
Prefeito(a) Idalino Celestino de Carvalho (2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [5] 290,283 km²
População total (Censo IBGE/2010[6]) 6 321 hab.
Densidade 21,78 hab./km²
Clima semiárido [3] (Bsh)
Altitude 650 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 39516-000 a 39516-999[4]
Indicadores
IDH (PNUD/2000 [7]) 0,621 médio
PIB (IBGE/2008[8]) R$ 24 273,246 mil
PIB per capita (IBGE/2008[8]) R$ 3 758,63
Outras informações
Padroeiro(a) Santo Antônio[9]
www.mamonas.mg.gov.br (Prefeitura)
mamonas.mg.leg.br (Câmara)

Mamonas é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Sua população estimada em 2010 era de 6.321 habitantes. Sendo ela a principal entrada para o Parque Estadual Caminhos do Gerais, gerenciado pelo Instituto Estadual de Floresta o IEF. A economia é a baseado a agricultura familiar e na produção de cachaça. O ponto mais alto do município é de 650 metros, local: ponto central da cidade. Os primeiros moradores da região onde hoje se localiza o município vieram, segundo pode-se apurar, a partir da expansão das populações de Espinosa e Monte Azul, que se localizavam em pontos mais favoráveis, às margens da estrada que ligava (e liga, ainda hoje) o centro da região nordeste ao sul do país.

Em razão de possuir solo fértil e propício ao desenvolvimento da agricultura, a região começou a atrair diversos desbravadores, que para cá vinham para dedicar-se à lavoura, principalmente de milho, que se adaptou muito bem às condições de solo e clima.

Com o passar dos anos, foi-se formando pequena aglomeração de moradias à margem esquerda do pequeno riacho que desce da serra próxima. O mais conhecido dos moradores era um certo senhor Damião, que estabeleceu fazenda de plantação de milho e algodão, e de criação de gado bovino e porcos.

Construiu-se então uma pequena capela, consagrada a Santo Antônio, que assim ficou sendo o padroeiro da comunidade local.

O prédio da prefeitura municipal de Mamonas (Rua José Gomes Lira, bairro centro)
A lagoa do aconchego
Mamonas é considerada a capital mineira do forró, atraindo todos os anos muitos visitantes que vem prestigiar a festa de São João.

O Município de Mamonas tem a sua História ligada ao Município de Espinosa, Estado de Minas Gerais. O Padroeiro da cidade é Santo Antônio e comemora-se no dia 13 de Junho. Mamonas surgiu quando o Sr. Damião de Souza Barreiro instalou-se a sede da fazenda, neste povoado.

No início, o povoado de Mamonas foi comandado pelo Município de Grão Mogol, passando mais tarde a ser Distrito do Município do Rio Pardo de Minas; depois, do Município de Boa Vista do Tremedal, hoje Monte Azul.

Em 7 de Setembro de 1923, com a criação do Município de Espinosa, Mamonas passou a ser Distrito desta cidade, ficando nessa categoria até 26 de Abril de 1992.

Mamonas conserva a sua tradição a divisão Política Partidária, consequência talvez das inúmeras mudanças de jurisdição do Distrito de Mamonas, no qual foi confirmado a vontade popular na emancipação do Distrito. Em 27 de Abril de 1992 foi transformado em Cidade, e nesta mesma data comemora-se o seu aniversário.

Mamonas é uma cidade marcada por uma grande manifestação cultural, as festas juninas de São João são um grande exemplo da riqueza cultural da cidade, Mamonas é considerada a capital mineira do forró, atraindo todos os anos muito visitantes de cidades vizinhas que vem prestigiar a famosa festa de São João.

Referências

  1. «IBGE Cidades@». O Brasil Município por Municipio. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 19 de agosto de 2009. Arquivado do original em 30 de abril de 2012 
  2. «distancias-bhmunicipios». Distâncias BH/Municípios. Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER/MG). Consultado em 19 de agosto de 2009. Arquivado do original em 21 de agosto de 2009 
  3. «World Map of the Köppen-Geiger climate classification». World Map of the Köppen-Geiger climate classification. Institute for Veterinary Public Health. Consultado em 24 de fevereiro de 2010 
  4. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  5. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  6. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  7. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  8. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  9. Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). «Lista por santos padroeiros» (PDF). Descubra Minas. p. 5. Consultado em 14 de setembro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 14 de setembro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.