Mangal das Garças

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mangal das Garças
Vista aérea do parque
Localização Belém
País  Brasil
Bairro Cidade Velha
Tipo Parque Zoobotânico
Área 4 ha
Inauguração 2005
Administração Pará 2000
Coordenadas 1° 27' 54.112" S 48° 30' 20.509" O
Farol de Belém

O Mangal das Garças, inaugurado em 12 de janeiro de 2005, está localizado às margens do rio Guamá, em pleno centro histórico de Belém do Pará, no entorno do Arsenal da Marinha. O parque ecológico é resultado da revitalização de uma área de 40.000 m², uma síntese do ambiente amazônico no coração da capital paraense. As matas de várzea, os animais da região e mais de trezentas espécies de árvores nativas estão presentes no espaço.

O local possui:

  • O Museu Amazônico da Navegação.
  • Manjar das Garças, um dos melhores restaurantes da capital.
  • Viveiro das Aningas ou Viveiro dos Pássaros, onde o visitante tem contato direto com uma impressionante quantidade de pássaros.
  • O Farol de Belém, com 47 metros de altura, a monumental torre-mirante do Mangal das Garças oferece dois níveis de observação.
  • O Borboletário (Reserva José Márcio Ayres), numa área de 1.400 m², o ambiente é o primeiro do gênero da região Norte e já é apontado como o maior de todo o Brasil.
  • Orquidiário.
  • O Criatório e Viveiro de Plantas.
  • Armazém do Tempo, onde os visitantes podem comprar plantas, artesanato, livros e CDs de artistas paraenses e é possível saborear no local um requintado serviço de café.

O parque naturalístico apresenta as diferentes macrorregiões florísticas do Estado, ou seja, as matas de terra firme, as matas de várzea e os campos.[1]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]