Manuel Francisco de Vargas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Manuel Francisco de Vargas
Outros nomes Manuel Francisco Vargas
Conhecido(a) por Ter planeado a construção da Linha do Douro, e delineado o Plano da Rede ao Sul do Tejo
Nascimento 1849
Mértola
Morte 1921
Nacionalidade  Portugal
Parentesco Domingos Busquets, Bernardo de Aguilar Teixeira Cardoso
Ocupação Engenheiro, empresário, ferroviário e político
Cargo Engenheiro, subdirector e administrador da companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses, ministro das Obras Públicas, Comércio e Indústria, chefe de exploração da Linha do Sul e Sueste (antiga Linha do Alentejo), conselheiro

Manuel Francisco de Vargas (Mértola, 18491921), também conhecido como Conselheiro Vargas, foi um engenheiro, empresário e político português.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido no Alentejo, foi um dos engenheiros do Linha do Douro[1], tendo sido nomeado, em 4 de Fevereiro de 1888, como um dos membros de uma comissão para organizar as expropriações necessárias para a construção do troço entre as Estações de Porto-São Bento e Porto-Campanhã.[2] Exerceu funções como subdirector e administrador da companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses. Desempenhou, igualmente, o cargo de Ministro das Obras Públicas, Comércio e Indústria entre 1900 e 1903[1], tendo-se distinguido por ter levado a cabo uma reforma dos sistemas de tarifas do transporte ferroviário[3], e ter elaborado e publicado o Plano da Rede ao Sul do Tejo, um documento oficial que delineou todos os projectos ferroviários daquela época no Sul de Portugal.[4]

Referências

  1. a b «In Memoriam» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 79 (1885). 182 páginas. 1 de Julho de 1966. Consultado em 4 de Janeiro de 2015. 
  2. «Parte Official» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro de Portugal e Hespanha. 1 (1). 3 páginas. 15 de Março de 1888. Consultado em 4 de Janeiro de 2015. 
  3. «Questões de Tarifas» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 15 (338). 17 páginas. 16 de Janeiro de 1902. Consultado em 4 de Janeiro de 2015. 
  4. SOUSA, J. Fernando de, (1 de Dezembro de 1902). «A rêde ferro-viaria ao Sul do Tejo» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 16 (359): 354, 355. Consultado em 4 de Janeiro de 2015. 


Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.