Marcondes Gadelha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Marcondes Gadelha
Deputado federal pela  Paraíba
Período 1 de janeiro de 1971
até 15 de março de 1983
1 de fevereiro de 1999
até 31 de janeiro de 2011
Senador pela  Paraíba
Período 15 de março de 1983
até 14 de março de 1991
Vida
Nascimento 23 de julho de 1943 (73 anos)
Sousa, PB
Dados pessoais
Partido PSC
Profissão Médico

Marcondes Iran Benevides Gadelha (Sousa, 23 de julho de 1943) é um médico e político brasileiro. É vice-presidente nacional do Partido Social Cristão (PSC).

Nasceu em Sousa, localizada no sertão paraibano, formou-se em Medicina pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e iniciou a carreira política no final dos anos 60. Ao longo das décadas seguintes exerceu diversos cargos.

Já exerceu o cargo de deputado federal por seis legislaturas, nos períodos de 1971 a 1975, 1975 a 1979, 1979 a 1983, 1999 a 2003, 2003 a 2007 e 2007 a 2011. Também exerceu o cargo de senador da república no período de 1983 a 1991. Em 2010, candidatou-se a primeiro suplente de senador na chapa de Wilson Santiago.

Em 1989, candidatou-se a vice-presidente, na chapa de Silvio Santos, pelo PMB. Mas o registro da chapa Silvio–Marcondes foi impugnado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por conta do cancelamento do registro do PMB, a pedido da campanha de Fernando Collor.

Marcondes destaca-se por ser um dos parlamentares que defendem de maneira ferrenha o projeto de transposição das águas do rio São Francisco.

Seu filho, Leonardo Gadelha, exercia o cargo de 1º suplente de deputado federal na Paraíba, mas assumiu a cadeira no Congresso Nacional após a saída de Aguinaldo Ribeiro (PP) para ocupar o Ministério das Cidades. Seu irmão, Salomão Benevides Gadelha, foi prefeito por duas vezes da cidade de Sousa (2002-2004 e 2005-2008).