Marmota

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Como ler uma infocaixa de taxonomiaMarmotas
Ocorrência: Mioceno Superior-Recente
Marmot-edit1.jpg
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Rodentia
Família: Sciuridae
Tribo: Marmotini
Gênero: Marmota

Blumenbach, 1779

Espécie: Espécie-tipo

Marmota marmota

As marmotas são esquilos terrestres relativamente grandes do gênero Marmota, com 15 espécies vivendo na Ásia, Europa e América do Norte. Esses animais herbívoros são ativos durante o verão, quando frequentemente encontrados em grupos, mas não são vistos durante o inverno, quando hibernam no subsolo. Eles são os membros mais pesados ​​da família dos esquilos.

Descrição[editar | editar código-fonte]

As marmotas são grandes roedores com pernas caracteristicamente curtas, mas robustas, garras alargadas que são bem adaptadas à escavação, corpos robustos e cabeças e incisivos grandes para processar rapidamente uma variedade de vegetação. Enquanto a maioria das espécies tem várias formas de marrom-terra, as marmotas variam na coloração do pelo com base aproximadamente em seus arredores. As espécies em habitats mais abertos têm maior probabilidade de ter uma cor mais pálida, enquanto aquelas às vezes encontradas em regiões bem florestadas tendem a ser mais escuras. As marmotas são os membros mais pesados ​​da família dos esquilos. O comprimento total varia normalmente de cerca de 42 a 72 cm (17 a 28 in) e as médias de massa corporal cerca de 2 kg (4 + 1⁄2 lb) na primavera nas espécies menores e 8 kg (18 lb) no outono, às vezes excedendo 11 kg (24 lb), nas espécies maiores. As espécies maiores e menores não são claramente conhecidas. Na América do Norte, com base nas dimensões lineares médias e massas corporais ao longo do ano, a menor espécie parece ser a marmota do Alasca e a maior é a marmota olímpica. Algumas espécies, como a marmota-himalaia e a marmota Sibirica na Ásia, parecem atingir massas corporais aproximadamente semelhantes às da marmota olímpica, mas não são conhecidas por atingir um comprimento total tão alto quanto as espécies olímpicas. Na definição tradicional de hibernação, as maiores marmotas são consideradas os maiores "hibernadores verdadeiros" (uma vez que "hibernadores" maiores, como os ursos, não têm as mesmas características fisiológicas que os animais hibernantes obrigatórios, como diversos roedores, morcegos e insetívoros).São animais extremamente sociais e utilizam vocalizações ruidosas como meio de comunicação, especialmente quando sentem uma ameaça. Normalmente vivem em pequenas colônias ou famílias. A marmota é uma das presas preferidas das grandes aves de rapina, e por isso todos os componentes do grupo revezam-se em uma vigilância constante. Levantando a parte anterior do seu corpo, ganham altura e podem se prevenir de qualquer imprevisto.

Biologia[editar | editar código-fonte]

Algumas espécies vivem em áreas montanhosas, como os Alpes , Apeninos do norte , Cárpatos , Tatras e Pirineus na Europa; noroeste da Ásia; as Montanhas Rochosas , Black Hills , Cascade e Pacific Ranges e Sierra Nevada na América do Norte; e o Planalto Deosai no Paquistão e Ladakh na Índia. Outras espécies preferem pastagens acidentadas e podem ser encontradas amplamente na América do Norte e na estepe da Eurásia . O cão da pradaria um pouco menor e mais social não é classificada no gênero Marmota , mas no gênero relacionado Cynomys .

As marmotas normalmente vivem em tocas (geralmente dentro de pilhas de rochas, especialmente no caso da Marmota-de-ventre-amarelo ) e hibernam lá durante o inverno. A maioria das marmotas é altamente sociável e usa assobios altos para se comunicarem, especialmente quando estão alarmadas.

As marmotas comem principalmente verduras e muitos tipos de gramíneas , frutos , líquenes , musgos , raízes e flores.

Subgêneros e espécies[editar | editar código-fonte]

A seguir está uma lista de todas as espécies de Marmota reconhecidas por Thorington e Hoffman  mais o recentemente definido M. kastschenkoi .  Eles dividem as marmotas em dois subgêneros.

Além disso, quatro espécies extintas de marmotas são reconhecidas a partir do registro fóssil:

História e etimologia[editar | editar código-fonte]

Uma marmota com um ramo de ameixa , 1605 por Jacopo Ligozzi
Fóssil de Marmota primigenia

As marmotas são conhecidas desde a antiguidade. Uma pesquisa do etnólogo francês Michel Peissel afirmou que a história da " formiga cavadora de ouro " relatada pelo historiador da Grécia Antiga Heródoto, que viveu no século V a.C., foi fundada na Marmota-himalaia do Planalto Deosai e o hábito de tribos como os Brokpa para coletar o pó de ouro escavado em suas tocas.

Uma imagem anatomicamente precisa de uma marmota foi impressa e distribuída já em 1605 por Jacopo Ligozzi , que se destacou por suas imagens da flora e da fauna.

A etimologia do termo "marmota" é incerta. Pode ter surgido do prefixo Gallo-Romance marm- , que significa resmungar ou murmurar (um exemplo de onomatopeia ). Outra origem possível é o latim pós-clássico mus montanus, que significa "rato da montanha".

Desde 2010 o Alasca comemora 2 de fevereiro como o "Dia da Marmota", feriado que visa observar a prevalência das marmotas naquele estado e substituir o Dia da Marmota.

Relacionamento com a Peste Negra[editar | editar código-fonte]

Vários historiadores e paleogeneticistas postularam que a variante de Yersinia pestis que causou a pandemia que atingiu a Eurásia no século XIV se originou de uma variante da qual as marmotas na China eram as espécies reservatórios naturais .

Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Marmota

Exemplos de espécies[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons
Wikispecies Diretório no Wikispecies

Referências[editar | editar código-fonte]

  • HOFFMAN, R. S.; THORINGTON, R. W. Family Sciuridae. In: WILSON, D. E.; REEDER, D. M. (Eds.). Mammal Species of the World: A Taxonomic and Geographic Reference. 3. ed. Baltimore: Johns Hopkins University Press, 2005. v. 2, p. 754-818.

https://doi.org/10.2307%2F1383202

https://en.wikipedia.org/wiki/Marmot

https://doi.org/10.1111%2Fj.1095-8312.2004.00367.x

https://books.google.com/books?id=JgAMbNSt8ikC&printsec=frontcover#v=snippet&q=marmot%20OR%20Marmota&f=false