Yukon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Canadá Yukon

Yukon Territory (1898-2003)

 
—  Território  —
Bandeira de Yukon
Bandeira
Brasão de armas de Yukon
Brasão de armas
Lema: Nenhum
Localização do território de Yukon no Canadá
Localização do território de Yukon no Canadá
Confederação 13 de Junho de 1898 (9.°)
Capital Whitehorse
Maior Cidade Whitehorse
Administração
 - Governador Sandy Silver
 - Comissário Doug Phillips
Área
 - Total 482,443 km²
 - Terra 474.391 km²
 - Água 8.052 km²
População (2016)
 - Total 37,193
    • Densidade 0,1 hab./km²
Informações
 - Línguas oficiais Inglês e Francês
 - PIB nominal C$ 2.603 bilhões (12.°)
 - PIB per capita C$ 70,351 (4.°)
 - IDH (2014) 0,889 (8.º) – muito alto
Fuso horário -8 (UTC)
Código postal Y
Abreviação Postal YT
Código ISO 3166 CA-YT
Membros do Parlamento 1 de 338 (0.3%)
Membros do Senado 1 de 105 (1%)
Sítio www.gov.yk.ca
Disambig grey.svg Nota: Se procura o rio de mesmo nome, veja Rio Yukon.

Yukon (até 2003 Yukon Territory) é o mais ocidental e o menor dos três territórios federais do Canadá (os outros dois são os Territórios do Noroeste e Nunavut). O território é limitado no oeste pelo Alasca, a leste pelos Territórios do Noroeste e ao sul pela Colúmbia Britânica. O Yukon é muito escassamente povoado com seus cerca de 37.000 habitantes em quase meio milhão de quilômetros quadrados e uma densidade populacional de somente 0,1 habitantes por km². Sua capital é Whitehorse e também é a única cidade incorporada do Yukon.

O território de Yukon foi separado dos Territórios do Noroeste em 1898 e foi nomeado como "Yukon Territory", seu nome se deve ao maior rio do território, o rio Yukon, que significa "Grande Rio". A Lei do Yukon e do governo federal, que recebeu o assentimento real em 27 de março de 2002, estabeleceu o nome de "Yukon" como o nome oficial do território[1], embora o nome "Yukon Territory" também seja popular, ainda usa-se internacionalmente a abreviatura postal de YT para o Yukon.[2] Apesar de ser oficialmente bilíngue usando o inglês e o francês como línguas oficiais, o governo do Yukon também reconhece as línguas das primeiras nações porém não como oficiais.

No Yukon localiza-se o Monte Logan, com 5959 m de altitude, no Parque e Reserva Nacional Kluane. Trata-se da maior montanha do Canadá e segunda maior montanha da América do Norte (depois do Monte McKinley no estado norte-americanodo Alasca). O clima do território é ártico e subártico, resultando em invernos frios e longos, curtos verões e pequenas precipitações.

História[editar | editar código-fonte]

Beringia, uma área livre de gelo durante a última idade do gelo.

Pré-história[editar | editar código-fonte]

Foram encontrados restos humanos que pertenceram a população mais antiga e primitiva da América do Norte, ainda que sua datação seja bastante discutida. Uma grande quantidade de ossos modificados e de traços humanoides que foram descobertos na região de Old Crow, ao norte de Yukon, têm entre 25000 e 40000 anos de idade, segundo o estudo pelo método de carbono 14.[3] O centro e o norte de Yukon não foram afetados pelas glaciações, como aconteceu com parte da Beríngia.

História[editar | editar código-fonte]

Muito antes da chegada dos europeus, o centro e sul do Yukon já era povoado pelos povos das primeiras nações. Sítios arqueológicos no Yukon possuem algumas das mais antigas evidências da presença de ocupação humana na América do Norte.[4] Os locais guardam a história dos primeiros povos e das primeiras nações do Yukon.[5] A erupção vulcânica do Monte Churchill em aproximadamente 800 d.c, no que é agora o estado do Alasca, cobriu o sul do Yukon com uma camada de cinzas que ainda pode ser vista ao longo da rodovia Klondike e que faz parte da tradição oral dos povos das Primeiras Nações do Yukon e mais ao sul no Canadá.

As Primeiras Nações costeiras e continentais tinham extensas redes comerciais. As incursões europeias na área só começaram no início do século XIX com o comércio de peles, seguido pelos missionários. Por volta dos anos de 1870 e 1880 os mineiros do ouro começaram a chegar. Isto conduziu a um aumento da população que justificou o estabelecimento de uma força policial, apenas a tempo para o começo da corrida do ouro de Klondike em 1897. A população ampliada juntamente com a corrida do ouro conduziram à separação do distrito de Yukon dos Territórios do Noroeste e da formação do território do Yukon em 1898.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Mapa do Yukon
Monte Logan, a maior montanha do Canadá.

O território possui a forma aproximada de um triângulo, possui fronteiras com o estado norte-americano do Alasca a oeste e noroeste por 1.210 km, também a leste com os Territórios do Noroeste e ao sul com a Colúmbia Britânica.[6] Sua costa norte está no Mar de Beaufort. Seu limite oriental irregular segue na maior parte na divisão entre a bacia de Yukon e a bacia de drenagem do rio Mackenzie ao leste nas montanhas de Mackenzie.

A maior parte do território está na bacia hidrográfica do rio Yukon. O sul do Yukon é pontilhado com um grande número de lagos grandes, longos e estreitos alimentados com glaciares alpinos, a maioria dos quais fluem para o sistema do rio Yukon. Os lagos maiores incluem o Lago Teslin, Lago Atlin, Lago Tagish, Lago Marshu, Lago Laberge, Lago Kusawa e Lago Kluane. O lago Bennett na trilha da corrida do ouro é um lago que flui do lago Nares, com a maior parte de sua área dentro do Yukon.

Centro de Whitehorse às margens do rio Yukon.

O ponto mais alto do Canadá, o Monte Logan (com 5.959 m ou 19.551 pés), está no sudoeste do território. O Monte Logan e uma grande parte do sudoeste do Yukon estão no parque e reserva nacional Kluane, um Patrimônio Mundial da UNESCO. Outros parques nacionais incluem Parque nacional Ivvavik e Parque nacional Vuntut, no norte.

As espécies notáveis ​​de árvores disseminadas dentro do Yukon são a Picea negra e a Picea Branca. Muitas árvores são atrofiadas devido à curta estação de crescimento e clima severo.[7]

A capital Whitehorse, é também a maior cidade, com cerca de três quartos da população. A segunda maior é Dawson City (com 2.016 habitantes), que foi a capital do Yukon até 1952.

Clima[editar | editar código-fonte]

Yukon tem um clima tipicamente polar, variando sua rigorosidade de norte ao sul, do "mais frio ao menos frio", respectivamente. Yukon já registrou temperaturas muito baixas, como na pequena cidade de Kobtyen, onde já se chegou a registrar -64,3°C em sua região mais elevada. Oposto, fora registrada num verão a temperatura mínima de 6°C e máxima de 27°C, previsão mais quente já feita no território.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Yukon Act, SC 2002, c 7». CanLII. Consultado em February 22, 2011 
  2. «Table 8 Abbreviations and codes for provinces and territories, 2011 Census». Statistics Canada. December 30, 2015. Consultado em January 9, 2016 
  3. J. Cinq-Mars Sobre o significado dos ossos de mamute modificados da Beríngia do Leste O mundo dos elefantes - Congresso Internacional, Roma 2001.
  4. Services, Cultural. Archaeology Program. Department of Tourism and Culture. [Online] March 8th, 2011. [Cited: April 7th, 2012.] http://www.tc.gov.yk.ca/archaeology.html.[ligação inativa]
  5. Services, Cultural. Archaeology Program. Department of Tourism and Culture. [Online] March 8th, 2011. [Cited: April 7th, 2012.] http://www.tc.gov.yk.ca/archaeology.html.[ligação inativa]
  6. «Boundary Facts». International Boundary Commission. Cópia arquivada desde o original em June 11, 2011. Consultado em October 18, 2011. Length of boundary by province — Yukon- 1,210 km or 752 miles 
  7. Carl Duncan, "The Dempster: Highway to the Arctic Archived May 4, 2009, at the Wayback Machine." accessed 2009.10.22.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Províncias e territórios do Canadá Bandeira do Canadá
Províncias Alberta | Colúmbia Britânica | Saskatchewan | Manitoba | Ontário | Quebec | Nova Brunswick | Ilha do Príncipe Eduardo | Nova Escócia | Terra Nova e Labrador
Territórios Yukon | Territórios do Noroeste | Nunavut