Mary Poppins Returns

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Mary Poppins Returns
Cartaz promocional
No Brasil O Retorno de Mary Poppins
Em Portugal O Regresso de Mary Poppins
 Estados Unidos
2018 •  cor •  130 min 
Direção Rob Marshall
Produção
  • Rob Marshall
  • John DeLuca
  • Marc Platt
Roteiro
  • David Magee
  • Rob Marshall
  • John DeLuca
Baseado em Mary Poppins,
de P.L. Travers
Elenco
Gênero comédia fantástico-musical
Música
  • Marc Shaiman
  • Scott Wittman
  • Lin-Manuel Miranda
Cinematografia Dion Beebe
Direção de arte
Figurino Sandy Powell
Edição Wyatt Smith
Companhia(s) produtora(s)
Distribuição Walt Disney Studios Motion Pictures
Lançamento
  • Estados Unidos 19 de dezembro de 2018
  • Brasil Portugal 20 de dezembro de 2018
Idioma inglês
Orçamento US$ 130 milhões[1]
Receita US$ 348.968.369[2]
Cronologia
Mary Poppins
(1964)

Mary Poppins Returns (prt: O Regresso de Mary Poppins[3][4]; bra: O Retorno de Mary Poppins[5][6]) é um filme estadunidense de 2018, do gênero comédia fantástico-musical, dirigido por Rob Marshall para a Walt Disney Pictures, com roteiro de David Magee baseado no romance Mary Poppins, de P.L. Travers.[6]

Esta continuação de Mary Poppins (1964) foi divulgada no D23 Expo. Em 15 de julho de 2017, a Disney postou em sua conta no Twitter um cartaz animado de Mary Poppins Returns.[7][8]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Situado na década de 1930 em Londres, que é o período dos romances originais de P. L. Travers, a história segue Michael (Ben Whishaw) e Jane Banks (Emily Mortimer), que agora estão crescidas. Michael está morando com seus três filhos (Pixie Davies, Nathanael Saleh e Joel Dawson) e a governanta Ellen (Julie Walters), na casa de Cherry Tree Lane. Depois que Michael tem uma perda pessoal, Mary Poppins (Emily Blunt) volta para a vida da família Banks. Ela é acompanhada por um acendedor de rua chamado Jack (Lin-Manuel Miranda), e uma prima excêntrica chamado Topsy (Meryl Streep)."[9]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

O desenvolvimento de uma sequência de Mary Poppins há muito tempo vinha sendo um inferno no desenvolvimento desde o lançamento do filme de 1964. Walt Disney tentou produzir uma sequência um ano depois do lançamento do filme, mas foi rejeitada pela autora P. L. Travers, que havia rejeitado abertamente a adaptação para o cinema da Disney. No final dos anos 80, o então presidente dos estúdios Walt Disney, Jeffrey Katzenberg, e o vice-presidente de produção ao vivo Martin Kaplan abordaram Travers com a ideia de uma seqüência definida anos depois do primeiro filme, com as crianças Banks agora adultas e mais velhas. Mary Poppins com Julie Andrews reprisando o papel. Travers novamente rejeitou o conceito proposto, com exceção do retorno de Andrews. O estúdio logo abandonou o esforço.[10]

Escolha de elenco[editar | editar código-fonte]

Em 18 de fevereiro de 2016, Emily Blunt foi escolhida para interpretar o papel principal na sequência.[11] Em 24 de fevereiro de 2016, Lin-Manuel Miranda foi escolhido para o filme para interpretar Jack, um acendedor de lampiões.[12] Em abril de 2016, a Disney confirmou que o filme estava em desenvolvimento e que Blunt e Miranda haviam sido escalados para os papéis principais.[13] Em Maio, a Disney anunciou que o título original do filme é Mary Poppins Returns.[14] Em julho de 2016, Meryl Streep tinha entrado em negociações para se juntar ao elenco para interpretar a prima Topsy,[15] e no mês seguinte, Ben Whishaw nas negociações para interpretar o adulto Michael Banks.[16] Em Setembro, Meryl Streep se juntou formalmente ao elenco.[17] No mês seguinte, Emily Mortimer e Colin Firth se juntaram ao elenco.[18][19] Em fevereiro de 2017, Angela Lansbury foi escalada para interpretar a Lady Balloon.[20] Julie Andrews, que interpretou Poppins no filme de 1964, foi abordada para fazer uma participação especial na sequência, mas recusou a oferta como ela queria que fosse "o show de Emily".[21] Dick Van Dyke, que interpretou Bert e Dawes Sr. no filme original, retorna na sequência como o filho deste último, Dawes Jr., substituindo Arthur Malet, que morreu em 2013.[22]

Filmagens[editar | editar código-fonte]

A filmagem do filme começou em 10 de fevereiro de 2017 em Shepperton Studios em Surrey, Inglaterra e finalizou em julho de 2017.[23]

Efeitos visuais e animação[editar | editar código-fonte]

Os efeitos visuais foram fornecidos pela Cinesite, Framestore, Luma Pictures e TPO VFX e supervisionados por Christian Irles, Christian Kaestner, Brendan Seals, Matthew Tinsley e Matt Johnson.[24] Como o filme original, este filme inclui uma sequência que combina ação ao vivo e animação tradicional desenhada à mão. De acordo com Marshall, ele pediu uma sequência animada / ação ao vivo em vez de empregar uma animação CGI moderna, sentindo que era vital manter a clássica animação desenhada à mão para proteger o espírito do filme original.[25] A sequência de animação foi desenvolvida e a supervisão geral foi feita pelo ex-veterano da Pixar, Jim Capobianco. O ex-animador da Disney, Ken Duncan, supervisionou a produção de animação física em seu estúdio em Pasadena. Mais de 70 artistas de animação especializados em animação 2D desenhados à mão da Walt Disney Animation Studios, Pixar Animation Studios e outros estúdios de animação foram recrutados para a sequência.[26] Os desenhos animados foram criados usando lápis e papel e digitalizados no computador para serem pintados digitalmente. O designer de personagens James Woods e o animador James Baxter também ajudaram a redesenhar os pingüins do primeiro filme. Toda a animação desenhada à mão foi criada pelo estúdio de animação de Duncan, Duncan Studio, em Pasadena, Califórnia.[27] A arte conceitual de James Baker revela que a ideia de "Chimpanzoo" do filme original, onde humanos são mantidos em gaiolas para o entretenimento de animais, seria originalmente reciclada para este filme. No entanto, foi desfeito novamente.[28]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

A música e partitura do filme foi composta por Marc Shaiman, com letras de músicas escritas por Scott Wittman e Shaiman. O álbum completo da trilha sonora foi lançado pela Walt Disney Records em 7 de dezembro de 2018.[29]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

O filme originalmente estava programado para ser lançado no dia 25 de dezembro de 2018, mas foi movido para o dia 19 de de dezembro de 2018 nos Estados Unidos.[30] No Brasil e Portugal, o filme foi lançado no dia 20 de dezembro de 2018.

Marketing[editar | editar código-fonte]

Em 4 de março de 2018, a Disney lançou um teaser trailer para o filme, com a data de lançamento de 25 de dezembro.[31] Em 17 de setembro de 2018, a Disney lançou um trailer oficial que revelou novas imagens, um trecho de uma canção original do filme, "The Place Where Lost Things Go", e anunciou 19 de dezembro como a nova data de lançamento do filme.[32] Em 22 de outubro de 2018, a Disney lançou um olhar especial sobre "Disney Night", do Dancing with the Stars, que provocou uma canção original do filme "Can You Imagine That".[33] Em 15 de novembro de 2018, a Disney lançou um sneak peek que revelou outra música original do filme, "Trip a Little Light Fantastic".[34] Em 22 de novembro de 2018, a Disney lançou um episódio especial de 20/20 na ABC chamado "Mary Poppins Returns: Behind the magic", que incluiu um olhar estendido do filme.[35] Em 26 de novembro de 2018, os ingressos antecipados para Mary Poppins Returns foram colocados à venda, juntamente com a pré-encomenda digital da trilha sonora e o lançamento de duas faixas da trilha sonora: "The Place Where Lost Things Go" e "Trip a Little Light Fantastic".[36]

Mídia digital[editar | editar código-fonte]

Mary Poppins Returns foi lançado pela Walt Disney Studios Home Entertainment para download digital em 12 de março de 2019, e em DVD, Blu-ray e 4K Ultra HD Blu-ray em 19 de março de 2019.[37]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Teve avaliações geralmente favoráveis da crítica especializada.No Rotten Tomatoes tem 79/100 da crítica e 66/100 do público, o consenso do site diz: "Mary Poppins Returns confia na magia de seu antepassado clássico para lançar um feitiço familiar - mas ainda solidamente eficaz - para toda a família".[38]

Já o site brasileiro Adoro Cinema deu uma revisão de 3,5/4 estrelas que significa "bom".[5]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmio Categoria Recipiente Resultado
Globo de Ouro 2019 Melhor filme - comédia ou musical Rob Marshall, John DeLuca, Marc Platt (prod.) Indicado[39]
Melhor atriz - comédia ou musical Emily Blunt Indicado[39]
Melhor ator - comédia ou musical Lin-Manuel Miranda Indicado[39]
Melhor trilha sonora Marc Shaiman Indicado[39]
Oscar 2019 Melhor trilha sonora Marc Shaiman Indicado[40]
Melhor canção original Marc Shaiman, Scott Wittman ("The Place Where Lost Things Go") Indicado[40]
Melhor figurino Sandy Powell Indicado[40]
Melhor design de produção John Myhre, Gordon Sim Indicado[40]
BAFTA 2019 Melhor figurino Sandy Powell Indicado[41]
Melhor design de produção John Myhre, Gordon Sim Indicado[41]
Melhor trilha sonora Marc Shaiman Indicado[41]

Futura sequência[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2019, Marshall confirmou que um terceiro filme poderia estar no início do desenvolvimento. Emily Blunt expressou grande interesse em retornar ao personagem.[42] No entanto, em fevereiro de 2019, o presidente da Walt Disney Studios, Alan Horn, refutou qualquer desenvolvimento ativo em uma continuação.[43]

Referências

  1. «Making of 'Mary Poppins Returns': How Rob Marshall Returned Disney's "Guarded Jewel" to the Big Screen» (em inglês). The Hollywood Reporter. 7 de dezembro de 2018. Consultado em 22 de dezembro de 2018 
  2. «Mary Poppins Returns» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 1 de abril de 2019 
  3. «O Regresso de Mary Poppins». Portugal: SapoMag. Consultado em 3 de abril de 2021 
  4. «O Regresso de Mary Poppins». Portugal: CineCartaz. Consultado em 3 de abril de 2021 
  5. a b «O Retorno de Mary Poppins». Brasil: AdoroCinema. Consultado em 3 de abril de 2021 
  6. a b «O Retorno de Mary Poppins». Brasil: CinePlayers. Consultado em 3 de abril de 2021 
  7. AdoroCinema. «Mary Poppins Returns ganha cartaz animado com Emily Blunt». AdoroCinema 
  8. «Mary Poppins Returns | Disney divulga teaser do longa». Omelete 
  9. Michelle Lema. «SEE A DELIGHTFUL NEW IMAGE FROM THE UPCOMING MARY POPPINS RETURNS». Oh My Disney (em inglês). Consultado em 14 de dezembro de 2018 
  10. Borys Kit (14 de setembro de 2015). «New 'Mary Poppins' Movie in the Works from Disney». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 14 de dezembro de 2018 
  11. Borys Kit (18 de fevereiro de 2016). «Emily Blunt in Talks to Star in Disney's 'Mary Poppins' Sequel». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 14 de dezembro de 2018 
  12. Justin Kroll (24 de fevereiro de 2016). «'Hamilton's' Lin-Manuel Miranda in Talks for 'Mary Poppins' Sequel (EXCLUSIVE)». Variety (em inglês). Consultado em 14 de dezembro de 2018 
  13. Brent Lang (25 de abril de 2016). «Disney Claims Dates for Several New Movies; Confirms 'Jungle Book 2,' 'Mary Poppins' Sequel». Variety (em inglês). Consultado em 14 de dezembro de 2018 
  14. Pamela McClintok (31 de maio de 2018). «Disney's 'Mary Poppins Returns' Gets December 2018 Release Date». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 14 de dezembro de 2018 
  15. Justin Kroll (28 de julho de 2016). «Meryl Streep Joins Emily Blunt in 'Mary Poppins' Sequel (EXCLUSIVE)». Variety (em inglês). Consultado em 14 de dezembro de 2018 
  16. Borys Kit (15 de agosto de 2016). «Ben Whishaw in Talks to Join 'Mary Poppins' Sequel (Exclusive)». The Hollywood Reporter (em inglês) 
  17. Rebecca Ford (8 de setembro de 2016). «Meryl Streep, J.J. Abrams Team Up for TV Series 'The Nix'». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 14 de setembro de 2018 
  18. Justin Kroll (6 de outubro de 2016). «Emily Mortimer Joins Disney's 'Mary Poppins Returns' (EXCLUSIVE)». Variety (em inglês). Consultado em 14 de dezembro de 2018 
  19. Justin Kroll (19 de outubro de 2016). «Colin Firth Joins Emily Blunt in 'Mary Poppins' Sequel (EXCLUSIVE)». Variety (em inglês). Consultado em 14 de dezembro de 2018 
  20. Marc Snetiker (17 de fevereiro de 2017). «Angela Lansbury officially joins Mary Poppins Returns». Entertainment (em inglês). Consultado em 14 de dezembro de 2018 
  21. Garth Franklin (9 de junho de 2017). «Andrews Won't Cameo In "Mary Poppins Returns"». Dark Horizons (em inglês). Consultado em 14 de dezembro de 2018 
  22. Jennifer Drysdale (30 de dezembro de 2017). «Emily Blunt Goes for a Joy Ride in New 'Mary Poppins Returns' Photo». ET Online (em inglês). Consultado em 14 de dezembro de 2018 
  23. Silas Lesnick (10 de fevereiro de 2017). «Mary Poppins Returns Begins Production!» (em inglês). Comingsoon.net. Consultado em 14 de dezembro de 2018 
  24. «MARY POPPINS RETURNS». The Art of VFX. 17 de setembro de 2018. Consultado em 10 de março de 2019 
  25. Solomon, Charles (23 de dezembro de 2018). «Mary Poppins: The Peculiar Challenge of Animating Her World». Consultado em 10 de março de 2019 – via NYTimes.com 
  26. «Mary Poppins Returns - Press kit» (PDF). wdsmediafile.com. Walt Disney Studios. Consultado em 14 de dezembro de 2018 
  27. Kelly McCarthy (22 de novembro de 2018). «'Mary Poppins Returns' pays homage to first film with hand-drawn animations, including penguins» (em inglês). ABC News. Consultado em 14 de novembro de 2018 
  28. Baker, James. «Mary Poppins Returns». FALLOUT: JaMie BaKeR's BLOG. Consultado em 10 de março de 2019 
  29. Records, Walt Disney. «Mary Poppins Returns original Motion Picture Soundtrack Today». www.prnewswire.com. Consultado em 10 de março de 2019 
  30. Anthony D'Alessandro (10 de julho de 2018). «'Indiana Jones 5' Shifts To 2021, 'Mary Poppins Returns' Moves Up A Week & More Disney Release-Date Moves». Deadline (em inglês). Consultado em 14 de dezembro de 2018 
  31. Walt Disney Studios (4 de março de 2018). «Mary Poppins Returns Official Teaser Trailer». Consultado em 10 de março de 2019 – via YouTube 
  32. Rubin, Rebecca; Rubin, Rebecca (17 de setembro de 2018). «'Mary Poppins Returns': Watch Emily Blunt in the Magical New Trailer». Consultado em 10 de março de 2019 
  33. «Emily Blunt Teases New Music in Mary Poppins Returns Trailer». E! Online. 23 de outubro de 2018. Consultado em 10 de março de 2019 
  34. «New Mary Poppins Returns Video Has Lin-Manuel Miranda Singing His Heart Out». CINEMABLEND. 16 de novembro de 2018. Consultado em 10 de março de 2019 
  35. Boedeker, Hal. «'Mary Poppins Returns' gets Thanksgiving preview on ABC». OrlandoSentinel.com. Consultado em 10 de março de 2019 
  36. «"Mary Poppins Returns" tickets now on sale, soundtrack available for pre-order». 26 de novembro de 2018. Consultado em 10 de março de 2019 
  37. «Mary Poppins Returns set for March home video release». ComingSoon.net. 20 de fevereiro de 2019. Consultado em 10 de março de 2019 
  38. Mary Poppins Returns (2018) (em inglês), consultado em 10 de setembro de 2019 
  39. a b c d «Mary Poppins Returns». GoldenGlobes.com. Consultado em 3 de abril de 2021 
  40. a b c d «The 91st Academy Awards | 2019». Oscars.org. Consultado em 3 de abril de 2021 
  41. a b c «BAFTA|Film in 2019». BAFTA Awards Database. Consultado em 3 de abril de 2021 
  42. «Mary Poppins Returns sequel in early stages». www.hellomagazine.com. Consultado em 10 de março de 2019 
  43. «Disney Film Chief Alan Horn Talks Fox Merger, 'Star Wars' and Pixar Post-John Lasseter». The Hollywood Reporter. Consultado em 10 de março de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.