Milheirós de Poiares

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Milheirós.
 Portugal Milheirós de Poiares  
—  Freguesia  —
Brasão de armas de Milheirós de Poiares
Brasão de armas
Localização no concelho de Santa Maria da Feira
Localização no concelho de Santa Maria da Feira
Milheirós de Poiares está localizado em: Portugal Continental
Milheirós de Poiares
Localização de Milheirós de Poiares em Portugal
Coordenadas 40° 55' 10" N 8° 28' 38" O
País  Portugal
Concelho VFR1.png Santa Maria da Feira
Administração
 - Tipo Junta de freguesia
 - Presidente Augusto Santos
Área
 - Total 8,93 km²
População (2011)
 - Total 3 791
    • Densidade 424,5/km2 
Gentílico: Milheiroense
Código postal 3700 Milheirós de Poiares
Orago São Miguel

Milheirós de Poiares é uma freguesia portuguesa do concelho de Santa Maria da Feira com 8,93 km² de área e 3791 habitantes (2011)[1]. A sua densidade populacional é de 424,5 hab/km².

Em 16 de setembro de 2012 1773 eleitores dos 3283 registados em Milheirós de Poiares puderam expressar em referendo a opção de passar a integrar ou não o concelho vizinho de São João da Madeira. O referendo, de caráter consultivo, resultou favorável à mudança de concelho, com 79,92% dos votos favoráveis e 18,55% a preferir a manutenção no concelho de Santa Maria da Feira. 46% dos eleitores de Milheirós de Poiares absteve-se de votar no referendo, que não tem valor vinculativo. [2].

História[editar | editar código-fonte]

O povoamento do território desta freguesia poderá remontar a épocas muito anciãs, como parece indicar o topónimo Mamoa, um lugar situado na extremidade setentrional, que nos conduz a um monumento celta que aqui terá existido. Milheirós de Poiares é uma freguesia com um passado documentado, desde os tempos de D. Afonso Henriques, pois são vários os documentos que lhe fazem referência.

Um documento datado de 19 de janeiro de 1142, refere uma permuta de bens entre o nosso primeiro Rei (D. Afonso Henriques) e o Mosteiro de Grijó, na pessoa do Prior Trutesindo. Este possuía uma herdade em Milheirós e a do monarca situava-se na vila rústica de Dentazes (agora um lugar da freguesia, outrora Vila), abaixo do Monte Codal, junto ao Rio Ul. Um outro documento de outubro de 1160, menciona a doação que Paio Aires e sua mulher Godinha Vermuiz fizeram ao Mosteiro de Grijó; o casal doou a sua parte na igreja da freguesia e outros bens anexos, sem qualquer condição. Noutros tempos, esta freguesia foi habitada por famílias nobres, como foi o caso dos Perestrelos, que tiveram aqui a sua residência. Eram fidalgos provenientes da Lombardia, na Itália, começando a gozar dos privilégios da nobreza e a ostentar brasão de armas durante o século XV. Esta família notabilizou-se principalmente num dos seus membros (embora a sua ligação a Milheirós de Poiares não seja totalmente certa), Bartolomeu Perestrelo, um dos descobridores da Madeira. Milheirós de Poiares, eclesiasticamente, foi um cuarto apresentado pelos cónegos regrantes de Santo Agostinho do Convento da Serra do Pilar, passando posteriormente a Reitoria.

Referências Históricas[editar | editar código-fonte]

  • 1020 - Primeira referência documentada ao lugar de Gaiate
  • 1160 - Primeira referência documentada ao lugar da Igreja
  • 1251 - Freiguesia de Milleiroos com origem na carta de foral concedida pelo rei D. Afonso III
  • 1514 - Mylheiroos de Poyares com origem na carta de foral concedida pelo rei D. Manuel I

População[editar | editar código-fonte]

Número de habitantes residentes [3]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
661 626 701 791 1 022 1 095 1 192 1 306 1 599 1 916 2 474 2 828 2 823 3 859 3 791
Distribuição da População por Grupos etários [4]
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 768 595 2100 396 19,9% 15,4% 54,4% 10,3%
2011 597 483 2177 534 15,7% 12,7% 57,4% 14,1%

Património/ Equipamentos[editar | editar código-fonte]

  • Sede da Junta de Freguesia
  • Biblioteca (Pólo da Biblioteca Municipal)
  • Posto dos CTT
  • Cineteatro S. Miguel (Atual CCMP - Centro Cultural de Milheirós de Poiares)
  • Palacete do Dr. Crispim T. Borges de Castro
  • Fonte dos Gémeos
  • Fonte da Piolha
  • Fonte do Rato
  • Campo de Jogos Floriano Borges
  • Ringue Desportivo do Seixal
  • Ringue Desportivo do Outeiro
  • Jardim de Infância do Pereiro
  • Escola E.B. 1 da Igreja
  • Escola E.B. 2,3 de Milheirós de Poiares
  • Igreja Paroquial e Salão Paroquial
  • Capela de S. Geraldo (Igreja)
  • Capela de Nossa Senhora das Dores (Gaiate)
  • Capela de Santo António (Dentazes)
  • Parque de Lazer do Outeiro
  • Praia Fluvial da Mamoa
  • Quinta do Seixal
  • Campo de Tiro

Órgãos Autárquicos da Freguesia[editar | editar código-fonte]

Junta de Freguesia

  • Presidente: Augusto Pinho Santos (PS)
  • Secretário: Pedro António Soares da Costa (PS)
  • Tesoureiro:Maria Isabel Pereira Bastos Valente (PS)

Assembleia de Freguesia

  • Presidente: Adriano Serafim Resende Martins (PS)
  • 1º Secretário:Lídia Maria Moreira Costa (PS)
  • 2º Secretário: Fábio Daniel da Silva Fernandes (PS)
  • Membro: Raul de Pinho Bastos (PS)
  • Membro: Maria Fernanda da Silva Pereira (PS)
  • Membro: Tiago Lima de Bastos (PS)
  • Membro: Jorge Melo Correia (PSD)
  • Membro: Fernando Manuel Bastos de Pinho (PSD)
  • Membro: Andreia dos Santos Barbosa (PSD)

Referências

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.