Miss Continentes Unidos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Miss Continentes Unidos
Fundação 2006
Tipo Concurso de Beleza
Sede Guayaquil, Equador
Presidente María del Carmen de Aguayo

Miss Continentes Unidos (em inglês para Miss United Continents) é um concurso de beleza feminino realizado anualmente em Guayaquil, no Ecuador. A sua primeira edição aconteceu em 2006 com o nome de Miss Continente Americano. Devido ao sucesso, a organização resolveu mudar o nome do evento para que este possa abranger outros países ao redor do globo. O concurso tem uma média de vinte países participantes por ano. A melhor classificação do Brasil nesse concurso foi em 2012 com Camila Lima Serakides que conseguiu o título para seu país, vencendo outras 20 candidatas de diversas partes da América. [1] [2]

Ganhadoras[editar | editar código-fonte]

Ano Vencedoras País Local do Evento R
2006 Mía Taveras República Dominicana República Dominicana 21 Flag of Ecuador.svg
Guaiaquil,
Guayas
[3]
2007 Marianne Cruz República Dominicana República Dominicana 22 [4]
2008 Lupita González México México 20 [5]
2009 Lina Mosquera Colômbia Colômbia 20 [6]
2010 Giuliana Zevallos Peru Peru 20 [7]
2011 Cláudia Schiëss Equador Equador 21 [8]
2012 Camila Serakides Brasil Brasil 21 [9]
2013 Carolina Aguirre Equador Equador 27 [10]
2014 Geisha Montes República Dominicana República Dominicana 31 [11]
2015 Nathália Lago Brasil Brasil 28 [12]

Conquistas por País[editar | editar código-fonte]

Títulos Países Vitórias
3 República Dominicana República Dominicana 2006, 2007, 2014
2 Brasil Brasil 2012, 2015
2 Equador Equador 2011, 2013
1 Peru Peru 2010
Colômbia Colômbia 2009
México México 2008

História[editar | editar código-fonte]

Primórdios[editar | editar código-fonte]

O Palácio de Cristal del Retiro, um dos principais palcos para o concurso, localizado em Guayaquil.

Criado em 2006 pela empresária equatoriana María del Carmen de Aguayo, o Miss Continente Americano tinha como objetivo unir todas as nações latino americanas em busca de um título que representasse a figura máxima e magnânima da melhor e mais capacitada candidata do continente. O concurso desde seu início despertou olhares internacionais por sua assiduidade e compromisso social, uma vez que anualmente era realizado com um incrível número de 20 países participantes.

Abrangência[editar | editar código-fonte]

Assim como todo concurso de beleza secundário, o foco da organização era aumentar a gama de candidatas em seu roll de participantes. Para isso, o concurso passou a se chamar em 2013 de Miss United Continents ou Miss Continentes Unidos, unificando de uma só vez, todos os cinco continentes do Mundo: Ásia, África, Américas, Oceania e Europa. Aberto ao mundo inteiro, o concurso já registrou o recorde de 31 candidatas na sua última versão, em 2014. Agora, o certame busca abrangência e respeito entre os principais concursos de beleza do planeta, somando-se assim aos principais concursos atuais.

Participações[editar | editar código-fonte]

Desde sua criação a competição já recebeu inúmeros países, tais como:

Ver Também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Miss Continente Americano vira Miss United Continent!». UOL. Consultado em 07-09-2013. 
  2. «Miss Continente Americano becomes Miss United Continent!». Global Beauties. Consultado em 07-09-2013. 
  3. «História do Miss Continente Americano: de 2006 a 2009!». La Esquina del Soplón. Consultado em 07-09-2013. 
  4. «Marianne Cruz entrega corona de Miss Continente Americano». Panorama Diário. Consultado em 07-09-2013. 
  5. «Lupita González é a nova Miss Continente Americano». Revista em Cartaz. Consultado em 07-09-2013. 
  6. «Brasileira fica em segundo lugar no Miss Continente Americano 2009». UOL. Consultado em 07-09-2013. 
  7. «Miss Peru vence o Miss Continente Americano 2010 e Marylia Bernard fica em 3º. Lugar!». Panorama Garanhuns. Consultado em 07-09-2013. 
  8. «Claudia Schiess of Ecuador is Miss Continente Americano 2011». Universal Queen. Consultado em 07-09-2013. 
  9. «Brasileira vence concurso internacional e é a Miss Continente Americano!». UOL. Consultado em 07-09-2013. 
  10. «Ecuador wins Miss United Continents 2013». Global Beauties. Consultado em 29-12-2013. 
  11. «Dominican Republic wins Miss United Continents 2014!». Global Beauties. Consultado em 14-09-2014. 
  12. «Nathália Lago from Brazil crowned Miss United Continents 2015!». The Times of India. Consultado em 13-09-2015. 

Links Externos[editar | editar código-fonte]