Rainha Mundial da Banana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rainha Mundial da Banana
Fundação 1985
Tipo Concurso de Beleza
Sede Machala, Equador
Proprietário Juan José Jaramillo

Rainha Mundial da Banana (em espanhol "Reina Mundial Del Banano") é um tradicional concurso de beleza feminino de nível internacional, com pequena abrangência, que começou a ser realizado em 1985. [1] O evento tem o intuito de eleger dentre os respectivos países participantes e produtores/exportadores de banana, a soberana da tradicional "Feria Mundial Del Banano" que até hoje é realizado em Machala, no Equador, devido a sua notoriedade por ser uma cidade rica em plantação e exportação de bananas. Mais de vinte países aspirantes ao título participam do certame todos os anos, cuja atual detentora do título é a colombiana Yenny Carrillo Zapata. [2]

Vencedoras[editar | editar código-fonte]

Todas as vencedoras da competição internacional:

Ano Vencedora País Local do Evento
1985 Rosibel Chacón Costa Rica Costa Rica 12 Equador
Machala,
El Oro
1986 Betzabeth Coelles Venezuela Venezuela 12
1987 Carla Trombotti Uruguai Uruguai 13
1988 Ximena Jarre Equador Equador 13
1989 Cristiane Corrales Brasil Brasil 09
1990 Luz Angélica Ruiz México México 14
1991 Mónica Rodríguez Colômbia Colômbia 14
1992 Amelia González Panamá Panamá 15
1993 Yesenia Ríos México México 14
1994 Liliana González Paraguai Paraguai 16
1995 Gabriela Chavarría Costa Rica Costa Rica 17
1996 Paula Denise Simon Brasil Brasil 16
1997 Adriana Zúñiga Costa Rica Costa Rica 18
1998 Jessica Gándara Guatemala Guatemala 18
1999 Amaloha Méndez Venezuela Venezuela 16
2000 Melania Canino Porto Rico Porto Rico 12
2001 Claudia Palacios Colômbia Colômbia 12
2002 Isabel Estrada Cano Colômbia Colômbia 17
2003 Liliana Judith Ávila Colômbia Colômbia 13
2004 Anna María Ezechiels Canadá Canadá 14
2005 Tatiana María Bastidas Colômbia Colômbia 14
2006 Verónica María González Costa Rica Costa Rica 14
2007 Jennifer Johanna Schell Venezuela Venezuela 15
2008 Amanda Renee Delgado Estados Unidos Estados Unidos 15
2009 Josephine Karam León Venezuela Venezuela 15
2010 Hilda Alessa Gamez Honduras Honduras 16
2011 Carolina González Colômbia Colômbia 16
2012 Jennifer Valle Morel Honduras Honduras 17
2013 Manou Vivien Volkmer Alemanha Alemanha 18
2014 Susan Romanishin Estados Unidos Estados Unidos 18
2015 Carolina Rodríguez Costa Rica Costa Rica 18
2016 Ivana Yturbe Peru Peru 15
2017 Yenny Zapata Colômbia Colômbia 13

Títulos por País[editar | editar código-fonte]

País Títulos Vitórias
Colômbia Colômbia 7 1991, 2001, 2002, 2003, 2005, 2011, 2017
Costa Rica Costa Rica 5 1985, 1995, 1997, 2006, 2015
Venezuela Venezuela 4 1986, 1999, 2007, 2009
Estados Unidos Estados Unidos 2 2008, 2014
Honduras Honduras 2 2010, 2012
Brasil Brasil 2 1989, 1996
México México 2 1990, 1993
Peru Peru 1 2016
Alemanha Alemanha 2013
Canadá Canadá 2004
Porto Rico Porto Rico 2000
Guatemala Guatemala 1998
Paraguai Paraguai 1994
Panamá Panamá 1992
Equador Equador 1988
Uruguai Uruguai 1987

Histórico[editar | editar código-fonte]

  • O Equador Equador, maior exportador de Banana do mundo, só tem 1 título na competição.
    • Sua primeira e até então única vitória veio em 1988 com Ximena Jarre.
  • A primeira latino-americana a obter o título internacional foi a representante da Costa Rica Costa Rica, Rosibel Chacón em 1985.
  • Cristiane Corrales do Brasil Brasil foi a primeira miss não-falante de Espanhol a vencer o concurso, em 1989.
  • A primeira miss européia a participar da competição foi a candidata da Espanha Espanha Maria Emilia Paterna, em 1991.
  • Apesar de fazer parte oficialmente dos Estados Unidos, o Havaí Havaí entrou no concurso em 1993 com Eunid Dicent.
  • A primeira sul-americana a vencer o certame foi a vitoriosa da Venezuela Venezuela Betzabeth Emilia Coelles, em 1986.
  • Manou Vivien Volkmer, da Alemanha Alemanha, fez história ao se tornar a única europeia a vencer o concurso, em 2013.
  • A representante de República da China Taiwan, Cai Yu-Han, em 2013 foi a primeira asiática a disputar o concurso.
    • Na ocasião ela ficou com o título de Miss Simpatia e não se classificou.
  • O maior recorde de candidatas disputando o certame foi nas edições de 1997, 1998, 2013 e 2014, onde 18 misses participaram.
  • A Colômbia Colômbia é, até então, o único país a ter 3 vitórias consecutivas. Isso ocorreu em 2001, 2002 e 2003.
  • A primeira miss norte-americana a vencer a disputa foi a representante do México México em 1990, Luz Angélica Ruiz.
  • A região do Caribe, por sua vez, só alcançou o posto máximo em 2000, com a vitoriosa de Porto Rico Porto Rico, Melania Canino.
  • O Equador Equador é o país que mais tem misses em 2º. Lugar, um total de 6. O Brasil Brasil e a Venezuela Venezuela vem depois com 4 cada um.

Desempenho Brasileiro[editar | editar código-fonte]

Brasil Rainha Brasileira da Banana[editar | editar código-fonte]

Ano Representante Estado Colocação
1985 Cristiane Lisita Passos Goiás Goiás 2º. Lugar
1986 Anamaria Marques Starck São Paulo São Paulo 5º. Lugar
1987 Kátia Viana da Costa Minas Gerais Minas Gerais
1988 Joseane Duarte Godoy Espírito Santo (estado) Espírito Santo
1989 Cristiane Corrales Goiás Goiás RAINHA DA BANANA 1989
1990 Mayra Brassi São Paulo São Paulo
1992 Iglaê Gunther Rondônia Rondônia 3º. Lugar
1993 Farley Ferreira Mato Grosso Mato Grosso 4º. Lugar
1994 Vanessa Gurgel Rio Grande do Norte Rio Grande do Norte
1995 Fabiana Fontanella Santa Catarina Santa Catarina 2º. Lugar
1996 Paula Denise Simon Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul RAINHA DA BANANA 1996
1997 Roselane Ribeiro Silva Rio de Janeiro Rio de Janeiro
1998 Sueli Rodrigues Batista Rio Grande do Norte Rio Grande do Norte
1999 Karyni Telli Montemezzo Santa Catarina Santa Catarina
2000 Kátia Peterli Camargos Espírito Santo (estado) Espírito Santo 3º. Lugar
2001 Marcela Cavalcanti Paraná Paraná
2002 Vanessa Rumor Paraná Paraná
2003 Alanna Arruda Silva Bahia Bahia 5º. Lugar
2004 Francisca Monteiro Piauí Piauí
2005 Jéssica Torejani Paraná Paraná 2º. Lugar
2006 Flávia Parastchuk Paraná Paraná
2007 Enyellen Campos Sales Amapá Amapá
2008 Franslaine Közan Silva Paraná Paraná
2009 Thays Calmon Neves Rio de Janeiro Rio de Janeiro
2010 Érika Cristine Krütsh Paraná Paraná
2011 Thais Garcia Paraná Paraná
2012 Vanessa Crippa Paraná Paraná
2013 Kennya Araújo da Silva Paraíba Paraíba 4º. Lugar
2014 Alessandra Freitas Minas Gerais Minas Gerais 2º. Lugar
2015 Franciele Olivato São Paulo São Paulo 6º. Lugar
2016 Dayane Colombo Paraná Paraná
2017 Beatriz de Almeida Paraná Paraná
  1. Não há registro de participação brasileira no ano de 1991.

Prêmios Especiais[editar | editar código-fonte]

  • 1 Miss Simpatia: Alessandra Freitas (2014)
  • 1 Miss Elegância: Anamaria Starck (1986)
  • 1 Melhor Traje Típico: Vaness Rumor (2002) e Flávia Parastchuk (2006)
  • 1 Miss Fotogenia: Vanessa Gurgel (1994), Paula Simon (1996) e Kátia Peterli (2000)

Referências

  1. MOREIRA, Génesis (23 de setembro de 2016). «Al Reina Mundial del Banano llegaron participantes que ahora son famosas!». Extra 
  2. BEAUTIES, Global (24 de setembro de 2017). «Yenny Carrillo Zapata, Reina; Karen Robles Virreina Mundial del Banano 2017!». Diario Opinión 

Links Externos[editar | editar código-fonte]