Miss Sergipe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde novembro de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Miss Sergipe
Tipo Concurso de beleza
Fundação 1956
Sede Sergipe Aracaju
Coordenação Luiz Plínio

Miss Sergipe é um concurso de beleza feminino de nível estadual válido para a disputa nacional de Miss Brasil, único caminho para o Miss Universo. Realizado anualmente, o certame é coordenado pelo jovem empresário Luiz Plínio, junto à marca de cosméticos BE Emotion, pertencente ao portfólio de produtos da Polishop. A melhor colocação do Estado foi obtida em 1964, com Maria Isabel de Avelar Elias, [1] a mineira radicada em Aracaju ficou em terceiro lugar e representou o País no Miss Mundo daquele ano. Sergipe é um dos estados que mais vezes conquistou títulos de Miss Simpatia na história da disputa nacional, essa premiação especial não existe mais. A atual detentora do título estadual foi a representante de Barra dos Coqueiros Ingrid Vieira Moraes

Tabela de Classificação[editar | editar código-fonte]

Abaixo a performance das sergipanas no Miss Brasil.

Posição Performance
Miss Brasil
2º. Lugar
3º. Lugar 1
4º. Lugar
5º. Lugar 1
Semifinalista 7

Premiações Especiais[editar | editar código-fonte]

  • Miss Simpatia: Ana Santana (1983), Cleide Teixeira (1994), Patrícia Borges (1996), Juliana Melo (2004) e Nayane Pacheco (2010)
  • Miss Fotogenia: Maria Isabel de Avelar Elias (1964)
  • Melhor Traje Típico: Maria Isabel de Avelar Elias (1964)

Edições[editar | editar código-fonte]

Vencedoras[editar | editar código-fonte]

     A candidata tornou-se Miss Brasil.
     A candidata parou entre as finalistas.
     A candidata parou entre as semifinalistas.
Ano Representantes Representação Colocação
2019 Ingrid Vieira Moraes Barra dos Coqueiros Semifinalista (Top 15)
2018 Grazielly Jesus Vieira de Moraes Boquim
2017 Saiury Carvalho dos Santos Aracaju 5º. Lugar
2016 Anne Carolynne Valença de Jesus Aracaju Semifinalista (Top 10)
2015 Pryscilla Felisberto de Souza Umbaúba
2014 Priscilla Karla Pinheiro Cardoso Campo do Brito
2013 Lisianny Nascimento Bispo Itabaiana Semifinalista (Top 10)
2012 Evlen Yasmim Fontes Sousa Tobias Barreto
2011 Danielle Alves Paes Santos Aruanã
2010 Nayane de Souza Pachêco Atalaia Nova Semifinalista (Top 10)
2009 Luna Clayane Meneses Silva Ribeirópolis
2008 Karina Aparecida Borges Estância
2007 Paloma Vieira de Melo Nossa Senhora do Socorro
2006 Aisley Karoline Araújo de Souza Propriá
2005 Claudianne Bomfim dos Santos Nossa Senhora do Socorro
2004 Juliana Melo Soares Silva Aracaju
2003 Fabrizia Ramos Santana Estância
2002 Ana Carla Dantas Ferreira Aracaju
2001 Karina da Costa Barreto
2000 Josiane Santos Ângelo Neópolis
1999 Fernanda Lacerda Franco
1998 Stela Maris de Holanda Marinho
1997 Karla Wivianny Andrade Mendonça
1996 Patricia Borges Carvalho de Abreu
1995 Ellen Dutra Fonsêca Rocha Semifinalista (Top 10)
1994 Cleide Jane Teixeira Ribeirópolis
1992 Raquel Dalla Bernardina
1989 Patrícia Loeser de Carvalho
1988 Ângela Maria Mendonça Costa
1987 Fernanda da Silva Costa Estância
1986 Rita de Cássia Freire do Amor
1985 Laudicéia Aparecida Gildo
1984 Rita de Cássia Lourenço da Silva
1983 Ana Paula Santana Rollemberg
1982 Marisol Lima Ramos
1981 Carmen Eliza Pansani
1980 Márcia Menezes Melo Semifinalista (Top 10)
1979 Kátia Maria Ferreira Costa
1978 Maria das Graças Santos
1977 Elizabeth de Souza Silva
1976 Maria Wilma Prata
1975 Maria Wilma Santos
1974 Helenita Santos
1973 Ivany Apóstolo de Melo
1972 Joceny Monteiro Santos
1971 Luciene Campos de Oliveira
1970 Cláudia Toscano de Brito
1969 Maria Carmen Gentil Barreto
1968 Leonísia Fonseca Mota
1967 Maria Hortênsia de Góes Clube dos Diretores Lojistas
1966 Lygia Sampaio Fiscina Ass. A. da F. de Medicina
1965 Maria Luiza Vieira da Cruz Sociedade de Cultura Artística
1964 Maria Isabel de Avelar Elias Iate Clube de Sergipe 3º. Lugar
1963 Zélia Maria Mendonça Lopes Associação Atlética Semifinalista (Top 08)
1962 Gleide Maria de Freitas
1961 Elenita Teixeira Lobo Iate Clube de Sergipe
1960 Maria Bandeira Labuto
1959 Maria Aparecida Guimarães Grêmio da ASCB
1958 Maria Nilza de Brito Vasco Esporte Clube
1957 Maria Helena Morais e Silva Cotinguiba Esporte Clube
1956 Graciema Madureira de Melo Diários Associados a

Notas[editar | editar código-fonte]

a. Não houve concurso, Graciema foi empossada pelo Governador do Estado no "Cacique Chá".

Observações[editar | editar código-fonte]

  1. Não houve disputa nacional em 1990 1993.
  2. Em 1991 o Estado de Sergipe não participou.
  3. Não são nascidas no Estado as misses:
    1. Zélia Mendonça (1963) é de Uberlândia, MG.
    2. Maria Isabel (1964) é de Alfenas, MG.
    3. Laudicéia Gildo (1985) é de Araras, SP.
    4. Patricia Loeser (1989) é de Salvador, BA.
    5. Raquel Bernardina (1992) é de Vitória, ES.
    6. Nayane Pachêco (2010) é de Caruaru, PE.

Referências

  1. SILVA, Manoel (25 de julho de 2016). «Maria Isabel de Avelar Elias, a miss Sergipe que virou mito!». Beleza Sergipana 

Links Externos[editar | editar código-fonte]