Miss Brasil 2010

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Miss Brasil 2010
Miss Brazil 2010 on Miss Universe 2010.jpg
A Miss Brasil 2010 Débora Lyra durante o Miss Universo.
Data 8 de maio de 2010
Apresentadores Nayla Micherif e Otávio Mesquita
Local Memorial da América Latina, São Paulo, SP
Atrações musicais Latino e Marina Elali
Candidatas 27
Vencedora Débora Lyra

Miss Brasil 2010 foi a 56.ª edição do concurso tradicional que escolhe a representante brasileira para que esta represente sua cultura e país no Miss Universo. O evento foi realizado no dia 8 de maio ao vivo com transmissão da Band para todo o país direto do Memorial da América Latina, em São Paulo. A potiguar e vencedora do concurso ano passado, Larissa Costa, coroou sua sucessora, de Minas Gerais, então Débora Lyra, no final da competição. Participaram do certame vinte e sete candidatas sob a apresentação de Otávio Mesquita e Nayla Micherif. [1]

Resultados[editar | editar código-fonte]

Colocações[editar | editar código-fonte]

Posição Estado e Candidata
Miss Brasil 2010
2º. Lugar
3º. Lugar
4º. Lugar
5º. Lugar
(TOP 10)
Semifinalistas
(TOP 15)
Semifinalistas

Premiações Especiais[editar | editar código-fonte]

  • A Miss eleita pelo Voto Popular tem o direito de estar entre as semifinalistas.
Prêmio Estado e Candidata
Miss Simpatia
Miss Voto Popular
Melhor Traje Típico

Resposta Final[editar | editar código-fonte]

Questionada pela pergunta final sobre o que ela mudaria se pudesse voltar no tempo, a vencedora respondeu:

Jurados[editar | editar código-fonte]

Este ano, o concurso apresentou um total de nove jurados: [2]

  1. Edmundo, ex-jogador de futebol;
  2. Marco Antonio de Biaggi, hair-sytalist;
  3. Ivo Meirelles, músico;
  4. Walério Araújo, estilista;
  5. Ricardo Almeida, estilista;
  6. Robert Rey, cirurgião plástico;
  7. Stefanía Fernández, a Miss Universo 2009;
  8. Renata Bessa Soares, Miss Brasil 1995;
  9. Alexandre Iódice, empresário.

Candidatas[editar | editar código-fonte]

  • Todas as vinte e sete candidatas que disputaram o concurso e seus respectivos estados: [3]
Estado Candidata Idade Cidade
Acre Acre Andréia D'Ávilla Carvalho 23 Rio Branco
Alagoas Alagoas Juliana Guimarães 21 Maceió
Amapá Amapá Andréia Silva 21 Mazagão
Amazonas Amazonas Lílian Lopes 18 Manaus
Bahia Bahia Rafaela Laoz 20 Paulo Afonso
Ceará Ceará Eugênia Justino 23 Crato
Distrito Federal (Brasil) Distrito Federal Lidiane Matos 20 Cruzeiro
Espírito Santo (estado) Espírito Santo Francienne Pavesi 19 Vitória
Goiás Goiás Dieniffer Costa 18 Pirenópolis
Maranhão Maranhão Camila Ribeiro 20 São Luís
Mato Grosso Mato Grosso Juliete de Pieri 18 Primavera do Leste
Mato Grosso do Sul Mato Grosso do Sul Kátia Talon 24 Naviraí
Minas Gerais Minas Gerais Débora Lyra 20 Divinópolis
Pará Pará Salcy Lima 22 São Caetano de Odivelas
Paraíba Paraíba Natália Taveira 22 João Pessoa
Paraná Paraná Marylia Bernardt 21 São Miguel do Iguaçu
Pernambuco Pernambuco Luzielle Vasconcelos 20 Bezerros
Piauí Piauí Lanna Lopes 18 Ipiranga do Piauí
Rio de Janeiro Rio de Janeiro Thamíris Flazake 18 Duque de Caxias
Rio Grande do Norte Rio Grande do Norte Joyce Oliveira 19 Serrinha dos Pintos
Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul Bruna Jarosceski 20 Canoas
Rondônia Rondônia Jeane Aguiar 18 Ji-Paraná
Roraima Roraima Moara Albuquerque 21 Boa Vista
Santa Catarina Santa Catarina Aline Zermiani 23 Itajaí
São Paulo São Paulo Karla Mandro 19 Piracicaba
Sergipe Sergipe Nayane Pachêco 23 Atalaia Nova
Tocantins Tocantins Suymara Barreto 24 Palmeirópolis

Comparação[editar | editar código-fonte]

Subiram[editar | editar código-fonte]

O estado do Amazonas, que desde 2007 não se classificava, apresentou uma performance admiravelmente melhor com Lílian Lopes, alcançando a segunda colocação este ano. Mato Grosso, que no ano anterior também não se classificara entre as quinze finalistas, subiu ao Top 10 em 2010. A Paraíba, que compôs o Top 15 de 2009, subiu para o 5º. Lugar. O Paraná, que por dois anos consecutivos ficou apenas como semifinalista, subiu para o 3º. Lugar. A candidata de Sergipe, Nayane Pacheco, quebrou o amargo jejum de 14 anos do estado, classificado pela última vez em 1995, finalizando no Top 10, além de ganhar o prêmio de Miss Simpatia. Tocantins também subiu, da não-classificação da candidata de 2009 para um Top 10 em 2010. E o estado de Minas Gerais, depois da polêmica perda do título de 2009, quando terminou em segundo lugar, chegou às finais do ano de 2010 e venceu.

Caíram[editar | editar código-fonte]

O ano de 2010 foi marcado pela queda de posições de todos os estados que compuseram o pódio de 2009, à exceção de Minas Gerais. Os primeiros e quinto lugares de 2009, respectivamente Rio Grande do Norte e Ceará, caíram para a não-classificação sequer entre as quinze semifinalistas de 2010. O 4º. Lugar de 2009 - o estado do Pará -, caiu do Top 05 para o Top 15. O 3º. Lugar de 2009, Distrito Federal, caiu apenas da 3ª para a 4ª colocação, obtendo bons desempenhos nos dois anos. Além desses estados, outros também desceram na classificação no certame. A Bahia, classificada entre as dez de 2009, chegou apenas ao Top 15 de 2010. Goiás desceu do Top 15 para a não classificação. Santa Catarina, pela primeira vez desde 1998, não se classificou entre as quinze semifinalistas.

Estagnados[editar | editar código-fonte]

Contrariando o tradicional favoritismo, o Rio Grande do Sul seguiu competindo apenas até ao Top 10 nos últimos dois anos. O Rio de Janeiro ocupa a mesma colocação há 3 anos. Em 2009 e 2010, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul e São Paulo chegaram somente até o Top 15. Os estados do Acre, Alagoas, Amapá, Maranhão, Pernambuco, Piauí, Rondônia e Roraima seguem não se classificando sequer entre as quinze semifinalistas da competição nacional.

Mudanças[editar | editar código-fonte]

  • Alagoas Alagoas: Após seis anos, Paulo Magalhães não é mais o coordenador do Miss Alagoas válido pelo Miss Brasil-Miss Universo. No entanto, o concurso sob a sua coordenação teve a data mantida: 6 de novembro. A vencedora vai participar do Miss Brasil Globo. Já a direção do Miss Brasil Oficial publicou anúncios em jornais de Maceió para procurar novos coordenadores do concurso nacional para o estado.
  • Paraíba Paraíba: Rogério Freire não é mais o coordenador do Miss Paraíba válido pelo Miss Brasil-Miss Universo. Por não ter atendido à obrigação contratual de realizar um concurso estadual, Freire perdeu a franquia para o colunista virtual Pedro Neto. Em sua página, o novo coordenador do Miss PB anunciou ter "encaminhado os preparativos para a etapa estadual do Miss Brasil 2011".
  • Sergipe Sergipe: Emmanuel Santana é o novo coordenador do Miss Sergipe Universo. Em 2009, a coordenação do concurso era de Jorge Bispo, o qual não realizou concurso e aclamou Luna Meneses como Miss Sergipe desse ano. Em 2008, a coordenação estava nas mãos da Miss Sergipe 2007 Paloma Melo, indicada pela direção nacional para substituir o coordenador que a preparou para o Miss Brasil 2007. Com a chegada de Emmanuel, atual coordenador do concurso Miss Mundo Bahia, é a quarta troca de coordenador que o Miss Sergipe sofre em menos de cinco anos.

Transmissões[editar | editar código-fonte]

Concursos Estaduais[editar | editar código-fonte]

Das 27 etapas estaduais do concurso nacional, doze foram televisionadas (ao vivo ou em forma de pré-gravados ou ao vivo):

Audiência[editar | editar código-fonte]

O Miss Brasil 2010 foi transmitido das 21:57 às 00:15 e teve segundo dados consolidados do Ibope, 3.4 pontos de audiência, a pior desde a retomada da transmissão do evento em 2002, ainda na Rede TV!. Esse índice, apesar de ter deixado a Band no quarto lugar geral, também foi o mais baixo desde que a emissora assumiu os direitos do certame em 2003. A audiência, relativa à medição realizada na grande São Paulo (principal praça para as decisões do mercado publicitário), teve uma perda consolidada de 1.6 ponto em relação ao ano anterior (quando obteve 5 pontos). No entanto, nos dados minuto a minuto, os melhores índices foram registrados no Rio de Janeiro, região metropolitana e Baixada Fluminense: às 22h24, a transmissão do Miss Brasil 2010 pela Band Rio rendeu à emissora a melhor audiência do evento fora de São Paulo: 4.2 pontos e o mesmo quarto lugar. Já em Belo Horizonte, capital do Estado da nova Miss Brasil, os índices foram mais pífios no mesmo horário: 2.3 pontos ante 28.7 da TV Globo Minas e 5.5 da TV Record Minas e 2.8 da TV Alterosa, afiliada do SBT. [7]

Concurso Nacional[editar | editar código-fonte]

O processo de gravação das vinhetas individuais ("stock-shots") das candidatas estaduais começou no dia 14 de Abril, nos estúdios da Band e em externas realizadas pela emissora em uma fazenda de Mairiporã e prosseguiu até a semana anterior ao início da agenda oficial (veja texto abaixo). A exibição do material editado começou a ser feita na semana imediatamente seguinte à realização do concurso Miss São Paulo 2010.

Apresentadores[editar | editar código-fonte]

Devido à escalação de Renata Fan para as transmissões da Copa do Mundo FIFA 2010 na África do Sul, Otávio Mesquita foi chamado pela direção da Band para substituir a ex-miss Brasil no comando do certame. Pelo sétimo ano seguido, Nayla Micherif acumula a função de diretora e co-apresentadora do evento.

Agenda[editar | editar código-fonte]

Após retornarem da semana de finalização dos preparativos nos estados (exceção feita às candidatas do Piauí, Rio de Janeiro e do estado-sede), as candidatas chegaram a São Paulo no dia 25 de abril, onde permaneceram até 9 de maio. A programação oficial de atividades para o certame incluiu city-tours, ensaios, assinatura de contratos, entrega de documentação exigida para o Miss Universo e outros certames internacionais, palestras, orientações, medições, provas de vestuário e de trajes de banho, testes de maquiagem, coquetéis, visitas a autoridades, instituições de caridade, a órgãos de imprensa entre outras atividades pré-selecionadas pela coordenação do evento.

Notas[editar | editar código-fonte]

  • Francienne Pavesi do Espírito Santo participou do Miss Espírito Santo 2009, ficando em 2º. Lugar;
  • Bruna Jaroceski do Rio Grande do Sul representou Santa Maria no Miss Rio Grande do Sul 2009, ficando em 4º. Lugar;
  • Débora Lyra de Minas Gerais participou do Beleza Brasil 2009 representando o Espírito Santo e venceu o Top Model of the World 2008.
  • Jeane Aguiar de Rondônia participou do Miss Rondônia 2008, venceu o concurso Miss Continental del Mundo 2009 no Equador.
  • Suymara Barreto do Tocantins competiu no Miss Goiás 2010, ficando em 2º. Lugar.
  • Aline Zermiani de Santa Catarina namora o lutador de vale-tudo, Ricardo Alexandre.
  • Salcy Lima foi convidada para representar o Brasil no Miss Mundo Universitária, onde obteve o segundo lugar do certame internacional.
  • Lílian Lopes do Amazonas lançou um livro chamado Diário de uma Miss, 15 dias antes de embarcar pra São Paulo.

Crossovers[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Representante de Minas Gerais é eleita Miss Brasil 2010». G1. Consultado em 19 de janeiro de 2014 
  2. «Dr. Rey será jurado no Miss Brasil 2010». Beleza Sergipana. Consultado em 19 de janeiro de 2014 
  3. «Conheça as candidatas ao título de Miss Brasil 2010». G1. Consultado em 19 de janeiro de 2014 
  4. «Hoje tem Miss Mato Grosso ao vivo!». Diário de Cuiabá. Consultado em 27 de fevereiro de 2010 
  5. «Ela é o tal!». Tribuna do Norte. Consultado em 18 de março de 2010 
  6. «Etapas de Pernambuco e do DF também serão televisionadas, dizem organizadores». TV em Análise Críticas. Consultado em 25 de março de 2010 
  7. «Audiência do Miss Brasil 2010 foi a pior de todas as edições desde 2002!». TV em Análise Críticas. Consultado em 9 de maio de 2010 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Organização
Dados históricos e curiosidades