Miss Brasil 2004

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Miss Brasil 2004
Credicard1.jpg
Data: 15 de abril de 2004
Apresentador(es): Nayla Micherif e Gustavo Gianetti
Atrações musicais: Zezé Di Camargo & Luciano,
Paula Lima e Alexandre Pires
Local: Credicard Hall, São Paulo, SP
Candidatas: 27
Vencedora: Fabiane Niclotti
Representou: Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul

Miss Brasil 2004 foi a edição de aniversário dos 50 anos do concurso tradicional que escolhe a representante brasileira para que esta represente sua cultura e país no Miss Universo. Foi realizado no dia 15 de abril no espaço Credicard Hall em São Paulo. A Miss Brasil do ano anterior, tocantinense Gislaine Ferreira coroou sua sucesso, então Fabiane Niclotti do Rio Grande do Sul no final do evento. Esse ano a direção da competição resolveu homenagear todas as misses eleitas, porém somente uma parte delas compareceram ao evento.[1][2]

Resultados[editar | editar código-fonte]

Colocações[editar | editar código-fonte]

Posição Estado e Candidata
Miss Brasil 2004
2º. Lugar
3º. Lugar
4º. Lugar
5º. Lugar
(TOP 10)
Semifinalistas

Premiações Especiais[editar | editar código-fonte]

  • Pela primeira vez desde sua criação, a candidata eleita pelo voto popular acaba se tornando a vencedora:[3]
Prêmio Estado e Candidata
Miss Simpatia
Miss Voto Popular

Ordem dos Anúncios[editar | editar código-fonte]

Resposta Final[editar | editar código-fonte]

Questionada pela jurada Wanessa Camargo sobre a emoção de fazer Enfermagem (no caso a profissão da miss), a vencedora respondeu:

Candidatas[editar | editar código-fonte]

Jurados[editar | editar código-fonte]

Alguns dos jurados de que se tem registro estão abaixo:[4]

Registros[editar | editar código-fonte]

Sobre as Misses[editar | editar código-fonte]

  • Foi a oitava vez que o Rio Grande do Sul ganhou o título de Miss Brasil.[5]
  • A quarta colocação obtida por Catarina Guerra foi a segunda vez em que Roraima se colocou desde a década de 1990.
  • Mayra Bernava, Miss São Paulo, não se classificou entre as dez finalistas, quebrando uma seqüência de trinta e sete anos de classificação.
  • As misses representantes do Acre, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba e Rio de Janeiro estudavam Direito quando disputaram o concurso.
  • Isabela Marinho (Paraíba) e Fabiane Niclotti (Rio Grande do Sul) tinham mais de uma profissão quando competiram no concurso.
  • Suzana Schott (Rio Grande do Norte) gostaria de ser jornalista.
  • Fabiane Niclotti (Rio Grande do Sul) foi encontrada morta em sua casa na cidade de Gramado-Rio Grande do Sul , no dia 28 de junho de 2016 . A suspeitas de suicídio , pois a própria Miss havia escrito bilhetes de despedidas para familiares e também haviam encontrados medicamentos no quarto da Miss Brasil 2004. De acordo com relatos a própria sofria de depressão e já tentará o suicídio por algumas vezes. A Miss Brasil foi sepultada no dia seguinte (29) em um cemitério na cidade local. Familiares e amigos declaram forte luto pela Miss sendo homenageada nas redes sociais . Recebendo comentários de inclusive várias Misses Brasil como Débora Lyra Miss Brasil 2010 e a Miss Brasil 2015 Marthina Brandt.[6]

Resultados[editar | editar código-fonte]

  • Os estados que se classificaram entre os finalistas em 2003, mas não em 2004 foram: Goiás, Pará, Rio G. do Norte, São Paulo e Tocantins.
  • Foi a primeira vez desde 2000 que Alagoas se classificou entre os dez melhores do país.
  • Favoritas ao título, as Misses Mato Grosso, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul e Tocantins não se classificaram.

Repercussão na Mídia[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

A partir desse ano, algumas afiliadas da Rede Bandeirantes de Televisão passariam a promover as etapas estaduais do Miss Brasil, como os estados do Rio Grande do Sul, Pará e Pernambuco, para eleger as candidatas à edição seguinte. Pela primeira vez, uma edição do concurso nacional teve tapete vermelho e pós-show. Vários apresentadores da Band como Astrid Fontenelle, Viviane Romanelli, Leão Lobo e Preta Gil (recém-contratada do canal) fizeram essa tarefa. Somados ao show do concurso propriamente dito, esses eventos formaram a maior transmissão de um concurso de beleza no país: três horas e meia.[7]

Audiência[editar | editar código-fonte]

A transmissão do Miss Brasil 2004 manteve a média de 7 pontos e o pico de 12 obtidos pela Band com o concurso do ano anterior, o que colocou a emissora em segundo lugar durante alguns minutos na medição do Ibope realizada na grande São Paulo (principal centro de decisões do mercado publicitário do país). Em seus cinco minutos finais, chegou a bater o Programa do Jô, da Rede Globo e a programação exibida pelo SBT (antiga casa do certame).[8]

Crossovers[editar | editar código-fonte]

Miss Mundo
  • 2006: Goiás Goiás - Jane Borges (Finalista)
    • (Representando o Brasil)
Miss Terra
  • 2004: Amazonas Amazonas - Priscilla Meirelles (Vencedora)
    • (Representando o Brasil)
Miss Terra Brasil
Rainha Hispano Americana
  • 2004: Roraima Roraima - Catarina Guerra (4º. Lugar)
    • (Representando o Brasil)
Rainha Internacional do Café
Miss Turismo Internacional
Miss Atlântico Internacional

Referências

  1. «Gaúcha vence o Miss Brasil 2004». Estadão. Consultado em 14 de janeiro de 2014 
  2. «"Biônicas" disputam hoje o título de mais bela». Folha de S.Paulo. Consultado em 14 de janeiro de 2014 
  3. «Concurso Miss Brasil tem bolsa de apostas pela internet». Dourados News. Consultado em 14 de janeiro de 2014 
  4. «Fabiane Niclotti nunca havia participado de concursos de beleza». ISTO É. Consultado em 14 de janeiro de 2014 
  5. «Gaúcha é eleita Miss Brasil 2004». Terra. Consultado em 14 de janeiro de 2014 
  6. «Miss Brasil 2004 encontrada morta deixou bilhetes para a família». UOL. Consultado em 23 de julho de 2016 
  7. «Concurso Miss Brasil tenta resgatar brilho dos anos dourados». Unisanta. Consultado em 14 de janeiro de 2014 
  8. «Band obtém segundo lugar na audiência com Miss Brasil 2004». Folha Online. Consultado em 14 de janeiro de 2014 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]