Miss Brasil 2009

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Miss Brasil 2009
Larissa Costa.jpg
Larissa Costa, Miss Brasil 2009
Data 9 de maio de 2009
Apresentadores Renata Fan e Nayla Micherif
Local Memorial da América Latina,
São Paulo, SP
Atrações musicais Jorge Aragão
Candidatas 27
Vencedora Larissa Costa

Miss Brasil 2009 foi a 55.ª edição do tradicional concurso que escolhe a mulher mais bonita do país. O evento foi realizado no dia 9 de maio do mesmo ano no Memorial da América Latina, em São Paulo. Larissa Costa, do Rio Grande do Norte, foi a eleita, o que lhe deu o direito de representar o Brasil no Miss Universo 2009.

A Miss Universo 2008 Dayana Mendoza ajudou a coroar a nova detentora do título nacional. Neste ano, a apresentadora Nayla Micherif contou com a ajuda de Renata Fan para comandar a competição, que ainda teve a participação do cantor Jorge Aragão animando o evento. [1] [2]

Resultados[editar | editar código-fonte]

Colocações[editar | editar código-fonte]

Memorial da América Latina, local do evento.
Posição Estado e Candidata
Miss Brasil 2009
2º. Lugar
3º. Lugar
4º. Lugar
5º. Lugar
(TOP 10)
Semifinalistas
(TOP 15)
Semifinalistas

Premiações Especiais[editar | editar código-fonte]

  • Foram distribuídas as seguintes premiações especiais este ano:
Prêmio Estado e Candidata
Miss Simpatia
Miss Voto Popular
Melhor Traje Típico

Resposta final[editar | editar código-fonte]

Questionada pela pergunta final sobre qual a lição mais importante que já aprendeu e quem a ensinou, a vencedora respondeu:

Jurados[editar | editar código-fonte]

Candidatas[editar | editar código-fonte]

Todas as candidatas que disputaram o concurso: [3]

Agenda[editar | editar código-fonte]

Antes de iniciarem a programação oficial, as 25 misses estaduais e do Distrito Federal, eleitas anteriormente, gravaram perfis exibidos nos intervalos da programação da Band, entre os dias 6 e 8 do mesmo mês. Por ter sido eleita a três semanas do Miss Brasil, a candidata paulista, Sílvia Novais, foi a última a gravar sua participação na sede da emissora, no bairro do Morumbi.

Na semana do concurso, as candidatas participam de ensaios no Memorial da América Latina. O site da organização do Miss Universo registrou o agendamento da participação de Dayana Mendoza como convidada especial, mas a direção do concurso nacional não se pronunciou a respeito. Pela programação da Miss Universe Organization, Mendoza chegou a São Paulo um dia antes do evento. Pelo terceiro ano seguido, um norte-americano foi coreógrafo do Miss Brasil. [4]

Comparação[editar | editar código-fonte]

Subiram[editar | editar código-fonte]

Os estados da Paraíba e do Mato Grosso do Sul, não classificados ano passado, entraram no Top 15 este ano. Bahia, não classificada em 2008, alcançou o Top 10 em 2009. Santa Catarina, que esteve no Top 15 de 2008, subiu para o Top 10 em 2009. O Distrito Federal, que chegou apenas ao Top 15 de 2008, ficou com a terceira colocação no concurso. O Pará, que esteve entre as dez finalistas de 2008, subiu para o quarto lugar em 2009. Quinto lugar de 2008, Minas Gerais subiu para a segunda colocação. O Rio Grande do Norte, há dois anos entre as dez finalistas, desta vez venceu o certame, elegendo a sua segunda Miss Brasil.

Caíram[editar | editar código-fonte]

O Ceará, vice-campeão ano passado, caiu para a quinta colocação em 2009. São Paulo, que obteve a quarta colocação em 2008, caiu para o Top 15. Goiás, que em 2008 ficou na terceira posição, caiu também para o Top 15, que desta vez também incluiu o Espírito Santo, estado classificado para o Top 10 no ano anterior. Maranhão, Piauí e Pernambuco, estados semi-finalistas de 2008, não se classificaram em 2009. E o Rio Grande do Sul foi o estado que relativamente apresentou a maior queda - após 3 anos de classificações entre as 5 finalistas, dos quais 2 terminaram com a vitória do estado, no ano de 2009 o gauchão ficou apenas entre as dez semifinalistas.

Estagnados[editar | editar código-fonte]

Os estados do Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Rondônia, Roraima, Sergipe e Tocantins repetiram a trajetória do ano passado e novamente não se classificaram entre as quinze semifinalistas da noite. O Paraná e o Rio de Janeiro permaneceram entre as dez semifinalistas, mas não se classificaram em 2008 e 2009 para o Top 05.

Transmissão[editar | editar código-fonte]

Etapas Estaduais[editar | editar código-fonte]

Meses antes, a emissora já transmitira os concursos estaduais do Miss Rio Grande do Sul. Após a decisão, afiliadas da Band transmitiram os certames de Pernambuco, Pará e Distrito Federal. Desses eventos só o Miss São Paulo tiveram transmissão nacional. Em relação a outras emissoras, a CNT ficou com a transmissão do Miss Rio de Janeiro pelo terceiro ano seguido. No Piauí, a etapa local foi transmitida pela afiliada local do SBT. [5]

Audiência[editar | editar código-fonte]

De acordo com os dados consolidados do Ibope, a audiência média do Miss Brasil deste ano na Grande São Paulo (referência para as decisões do mercado publicitário brasileiro) foi de 5 pontos, o que deixou a Band na terceira colocação geral atrás somente da Rede Globo e da Rede Record. Em alguns momentos, a transmissão do concurso deixou a emissora em segundo lugar, o que rendeu picos de 7 pontos. Em comparação ao ano anterior (média de 4.3), houve um crescimento discreto na média consolidada da transmissão do concurso na capital paulista: 0.7%. Não há dados sobre a audiência do concurso em outras praças. [6]

Informações sobre as misses estaduais[editar | editar código-fonte]

  • A candidata Fernanda Gomes é uma das 24 candidatas do Top Model, o Reality.
  • A candidata, Rayanne Morais, foi quarta colocada no Miss Mundo Universitária 2007, realizado em Seul.
  • A candidata de Rondônia, Lorena Garcia, foi semifinalista no Miss Brasil Globo 2006.
  • A candidata do Amapá, Enyellen Salles, partcipou de dois concursos nacionais e dois internacionais, entre eles o Miss Brasil Globo 2007.

Substituições[editar | editar código-fonte]

  • Maranhão Maranhão: Devido a uma infecção, detectada em exame de rotina antes da prova de trajes típicos, Louisse Freire perdeu o direito de representar o estado no Miss Brasil 2009. Em nota oficial, o coordenador Márcio Prado decidiu subsitituí-la por Thaís Portela, segunda colocada no Miss Maranhão 2009. Apesar da mudança, a família Freire processou a organização local do evento. De acordo com a última notícia sobre a substituição da Miss Maranhão 2009, foi estabelecido judicialmente que Louisse Freire tem todos os direitos ao título e com data retroativa. O processo ainda não foi concluído. [7]
  • Tocantins Tocantins: Priscila Nascimento, candidata anteriormente indicada pela direção estadual, foi substituída por Natália Bichuete.

Crossovers[editar | editar código-fonte]

Nacionais[editar | editar código-fonte]

Miss Brasil

. 2007 Isabela Nascimento - PE : terceira colocada no Beleza (Miss Terra) Brasil

  • 2012: Minas Gerais Minas Gerais - Rayanne Morais (Semifinalista)
    • Representando o Estado do Rio de Janeiro.
Miss Brasil Globo
Miss Brasil Tur

Internacionais[editar | editar código-fonte]

Miss Mundo Universitária
Miss Italia nel Mondo
  • 2009: São Paulo São Paulo - Sílvia Novais (Vencedora)
    • Representando o Brasil.
Rainha Mundial da Banana
  • 2007: Amapá Amapá - Enyellen Sales
    • Representando o Brasil.
Miss Civilization of the World
  • 2008: Amapá Amapá - Enyellen Sales (3º. Lugar)
    • Representando o Brasil.

Referências

  1. «Candidata do Rio Grande do Norte vence o Miss Brasil 2009». Diário do Grand ABC. Consultado em 18 de janeiro de 2014 
  2. «Candidata do Rio Grande do Norte é eleita Miss Brasil 2009». G1. Consultado em 18 de janeiro de 2014 
  3. «Saiba quem são as 27 candidatas que disputam o Miss Brasil 2009». O Tempo. Consultado em 18 de janeiro de 2014 
  4. «G1 confere maratona das candidatas ao Miss Brasil 2009». G1. Consultado em 18 de janeiro de 2014 
  5. «Band transmite o Miss Brasil 2009 neste sábado». Folha Online. Consultado em 18 de janeiro de 2014 
  6. «Miss Brasil deixa Band à frente do SBT na audiência». Folha Online. Consultado em 18 de janeiro de 2014 
  7. «Polêmica envolve o título de Miss Maranhão 2009». Portal Gterra. Consultado em 18 de janeiro de 2014 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Organização
Noticiário Especializado
Dados Históricos e Curiosidades