Miss Brasil 1981

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Miss Brasil 1981
Data: 27 de junho de 1981
Local: Palácio das Convenções do Anhembi, São Paulo
Candidatas: 27
Vencedora: Adriana Alves de Oliveira
Representou: Rio de Janeiro Rio de Janeiro

O Miss Brasil 1981 foi a vigéssima oitava edição do concurso, foi realizada no dia 27 de junho de 1981 no Palácio das Convenções do Anhembi em São Paulo. Miss Brasil 1980 Eveline Schroeter do Rio de Janeiro coroou Adriana Alves de Oliveira do Rio de Janeiro. A vencedora representou o Brasil no Miss Universo 1981.

O Miss Brasil 1981 foi a única edição transmitida pelas TVS do Rio de Janeiro e Nova Friburgo em conjunto com a TV Record São Paulo, sob o comando de Silvio Santos[1]. A partir do ano seguinte, essa tarefa seria exclusiva do Sistema Brasileiro de Televisão, o que aconteceria até 1989. Pela primeira vez na história, o concurso elegeu apenas a representante brasileira no Miss Universo. A direção do evento foi de Homero Salles. Vinte e sete candidatas disputaram o título de Miss Brasil 1981, entre elas, Roseli Aparecida, de São Caetano do Sul, que defendeu a faixa de Miss Silvio Santos.

Resultados[editar | editar código-fonte]

Colocação Candidata
Miss Brasil 1981
2º. Lugar
3º. Lugar
4º. Lugar
5º. Lugar
Semifinalistas
(TOP 12)

O formato[editar | editar código-fonte]

Inteiramente organizado e produzido pelo SBT a partir desta edição, o Miss Brasil tinha novos formatos:

Atrações musicais[editar | editar código-fonte]

Uma mostra dos novos tempos do Miss Brasil estava na seleção de suas atrações musicais. Como o perfil popular do SBT não poderia ser deixado de lado, um dos contratados da casa, Sérgio Mallandro cantou para as 12 semifinalistas após a prova de Simpatia.

Co-apresentadores[editar | editar código-fonte]

Adquirindo um recurso comum no Miss Universo, o Miss Brasil do SBT também teve seus "co-hosts". O jurado Décio Piccinini, o repórter Adhemar Dutra e o apresentador Gugu Liberato foram escolhidos para entrevistar o público presente ao Anhembi.

Trívia[editar | editar código-fonte]

Pela primeira e única vez uma candidata a Miss Brasil representava não um Estado ou território, mas um programa de televisão. Tal expediente é comum hoje em alguns concursos municipais ou estaduais realizados em todo o país. A Miss Alagoas 2006, Tatiane Maria Terêncio, representou uma revista de circulação local e não a cidade em que reside, a capital Maceió.

Candidatas[editar | editar código-fonte]

Miss Brasil 1981
Numeração Estado Candidata
01 Acre Acre Maria Alcineide Melo
02 Alagoas Alagoas Sandra Lobo Pauferro
03 Amapá Amapá Antônia Barbosa Pereira
04 Amazonas Amazonas Adriana Lippolis Barcellos
05 Bahia Bahia Mônica Luiza de Oliveira
06 Ceará Ceará Glória Virgínia Pereira
07 Distrito Federal (Brasil) Distrito Federal Karin Keller Lins
08 Espírito Santo (estado) Espírito Santo Maria da Penha Sanches
09 Goiás Goiás Cristiane Lisita Passos
10 Maranhão Maranhão Flávia Geórgia Ericeia
11 Mato Grosso Mato Grosso Fernanda Frandsen
12 Mato Grosso do Sul Mato Grosso do Sul Geanine Deiber
13 Minas Gerais Minas Gerais Carla Emerich Oliveira
14 Flag of None.svg Miss Silvio Santos Roseli Aparecida Gouvêia
15 Pará Pará Mara Aparecida Ferrabraz
16 Paraíba Paraíba Virgínia Helena Gomes
17 Paraná Paraná Mônica Januzzi
18 Pernambuco Pernambuco Rita de Cássia Spencer
19 Piauí Piauí Rosa Cláudia Carvalho
20 Rio de Janeiro Rio de Janeiro Adriana Alves de Oliveira
21 Rio Grande do Norte Rio Grande do Norte Elizabeth da Costa Peixoto
22 Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul Isabel Tesch Domenech
23 Rondônia Rondônia Carmen Eliane Blofert
24 Roraima Roraima Neusa Maria Paiva
25 Santa Catarina Santa Catarina Elizabeth Martini
26 São Paulo São Paulo Renata Bernstorff
27 Sergipe Sergipe Carmen Elisa Marin

Desempenho Internacional[editar | editar código-fonte]

A gaúcha Adriana Alves de Oliveira representou o Rio de Janeiro e dava o bicampeonato para o estado no Miss Brasil 1981. Venceu o concurso ganhando o direito de representar o Brasil no concurso internacional do ano. No Miss Universo 1981 Adriana era uma das favoritas a levar a coroa, entretanto ficou com o quarto lugar do certame. [2]

Referências

  1. Em 19 de agosto de 1981, pouco menos de dois meses após o certame, a TVS São Paulo iniciou suas transmissões. A partir dessa data, todo conteúdo dos Estúdios Sílvio Santos, exibido na Record (à exceção do Programa Sílvio Santos, que permaneceu no ar até 1987), migrou para a nova emissora.
  2. http://missbrasilmundo.com/mem/1981-maristela-silva-grazzia-sao-paulo/