Mountza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Moutza
Moutza dupla
Pessoas dando moutzas ao parlamento grego durante o Movimento dos Cidadãos Indignados.

Mountza ou moutza (em grego: μούντζα ou μούτζα ˈmud͡za) também chamado faskeloma (em grego: φασκέλωμα faˈsceloma) é o gesto de insulto mais tradicional entre os gregos. Consiste em estender e espalhar todos os dedos da mão e apresentar a palma em direção ao rosto da pessoa a ser insultada com um movimento para frente.

Muitas vezes é acompanhado com να (na, "aqui"), ορίστε (oríste, "aí está você"), ou παρ'τα (par'ta, "toma essa") e xingamentos. Quanto mais próximo o gesto estiver do rosto da outra pessoa, mais ameaçador será considerado.

Uma versão ainda mais ofensiva é conseguida usando as duas mãos para dobrar o gesto, batendo a palma de uma mão nas costas da outra na direção do destinatário pretendido.[1]

Quando os gregos sinalizam com a mão o número 5 para alguém, eles tomam cuidado para não estender demais os dedos ou colocar a palma da mão na direção da pessoa, para que não seja confundido com um mountza.

Origem[editar | editar código-fonte]

A origem do gesto remonta aos tempos antigos, quando era usado como maldição. Diz-se que durante os mistérios de Elêusis, complementava as maldições contra as forças do mal.[2] Foi então chamado φασκέλωμα (faskéloma) que sobrevive até hoje, junto com sua variante φάσκελo (fáskelo), ainda sobrevivem como sinônimos de mountza.[2]

Nos anos posteriores, o nome mudou para mountza. No código penal do Império Bizantino, uma punição envolvia criminosos desfilando pela cidade sentados de costas em burros e com os rostos manchados de cinzas (μούντζος , moútzos) para aumentar a ridicularização.[3][4]

Como a cinza era limpa no rosto da pessoa primeiro coletando-a na palma da mão e depois abrindo os dedos, o gesto tornou-se insultante.[3][4] A palavra grega moderna mountzoura (μουντζούρα) ou moutzoura (μουτζούρα) para um rabisco ou mancha escura tem a mesma origem.[5]

Referências

  1. This can be seen at 0:26 in an advertisement for Aegean Airlines.
  2. a b Carr, Effie (1 de setembro de 2018). Stamatia X (em inglês). [S.l.]: Primer Fiction. ISBN 978-1-925283-71-6 
  3. a b «Throwing the Na! ⋆ Cosmos Philly». Cosmos Philly (em inglês). 13 de janeiro de 2013. Consultado em 23 de julho de 2021 
  4. a b I., KOUKOULES, Phaidon (1948–1955). Βυζαντινων βιος και πολιτισμος. (Vie et civilisation byzantines.) [With plates.] Gr. [S.l.: s.n.] OCLC 560571773 
  5. «μούντζα - Βικιλεξικό». el.wiktionary.org (em grego). Consultado em 23 de julho de 2021 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Phaedon Koukoules, "Life and culture of the Byzantines", adendo 5, 1986

Ligações externas[editar | editar código-fonte]