Punho erguido

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

O punho erguido (também conhecido como o punho cerrado) é um símbolo de solidariedade e apoio.[1] Também é utilizado como uma saudação para expressar unidade, força, desafio ou resistência. A saudação remonta a antiga Assíria como um símbolo de resistência em face da violência. [2]

Um punho direito levantado foi usado como logotipo pelos Trabalhadores Industriais do Mundo em 1917 [3]. No entanto, foi popularizado durante a Guerra Civil Espanhola de 1936 a 1939, quando foi usado pela facção republicana como saudação e era conhecida como " saudação da Frente Popular " ou " saudação antifascista ". A saudação do punho direito se espalhou posteriormente entre esquerdistas (socialistas) e antifascistas em toda a Europa. [4]

É usado principalmente por ativistas de esquerda, tais como: marxistas e comunistas.

Referências

  1. Every Movement Needs a Symbol: Enter The Wisconsin Fist of Solidarity
  2. «The Samuel Gray Society». Consultado em 9 de fevereiro de 2014. Arquivado do original em 31 de janeiro de 2017 
  3. Joyce L. Kornbluh, Solidarity, 1917; Rebel Voices: An IWW Anthology, Charles H. Kerr Publishing, 1998
  4. Kelly, Jon (17 de abril de 2012). «Breivik: What's behind clenched-fist salutes?». bbc.co.uk. Consultado em 7 de julho de 2018