Nas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja NAS (desambiguação).
Nas
NasirJones.png
Nas em concerto na Itália, 2007
Informação geral
Nome completo Nasir bin Olu Dara Jones
Nascimento 14 de setembro de 1973 (43 anos)
Origem Queensbridge, Nova York, NY
País  Estados Unidos
Gênero(s) Hip hop, East Coast hip hop, Gangsta Rap
Ocupação(ões) Rapper, compositor, produtor musical, ator
Instrumento(s) sampler, teclados
Período em atividade 1991 - atualmente
Gravadora(s) Columbia, Def Jam, Ill Will, The Jones Experience
Afiliação(ões) Amy Winehouse, Q-Tip, Olu Dara, The Firm, 3rd Bass, E-Money Bags, Dr. Dre, Jay-Z, Kelis, Kool G Rap, Mobb Deep, Raekwon, Damian Marley, DJ Premier, Ja Rule, The Game
Página oficial nas.defjam.com

Nas, nome artístico de Nasir bin Olu Dara Jones, (Nova York, 14 de Setembro de 1973) é um rapper e ator americano. Filho do músico de jazz Olu Dara, ele nasceu e foi criado em nos conjuntos habitacionais de Queensbridge, no Queens, New York City. Seu álbum de estréia, Illmatic, lançado em 1994 pela Columbia Records, foi criticamente aclamado e elogiado como um clássico no gênero. Nas fez parte do supergrupo de hip hop The Firm, que lançou somente um álbum.

Desde 2001 até 2005, Nas esteve envolvido em uma richa bem divulgada com o rapper Jay-Z; ambos os rappers se atacavam em suas canções. Os dois oficialmente acabaram com sua rivalidade através de duetos patrocinados por estações de rádio de hip hop da área de New York. Em 2006, ele assinou com a Def Jam Recordings, lançando seus álbuns Hip Hop Is Dead em 2006 e um álbum sem título em 2008.

Nas é considerado um dos pilares do hip-hop da "East Coast" e um melhores rappers de sempre.

História[editar | editar código-fonte]

Biografia e carreira[editar | editar código-fonte]

Filho do músico de jazz Olu Dara, Nasir bin Olu Dara Jones, ou apenas, Nas, ficou conhecido pelo álbum Illmatic de 1994, eleito pelo site about.com[1] como o melhor álbum de rap de todos os tempos. Este estabeleceu ao rapper um hip hop no estilo poético, elevado no notório Queensbridge em Nova York. Lançou pela Columbia Records o seu primeiro álbum, Illmatic. Segue-se e é lançado It Was Written em 1996, o cantor procurou uma direção mais popular que resultou em um sucesso mais largo, mas com a credibilidade artística diminuída entre os críticos e puristas de hip hop. Além disso, o sucesso comercial aumentado de Nas foi acompanhado por mudanças estilísticas que nutriram acusações de ceder ante desejos incorporados e chegar a um acordo no estilo que tinha cativado seus fãs. Em 1999 o rapper lança dois álbuns: I Am... e Nastradamus.

Em 2001 surge com Stillmatic, dele se extraíram vários singles, entre os quais se encontra o tema "Ether", um diss para Jay-Z em jeito de resposta ao diss anteriormente enderaçado por Jay-Z à Nas na canção "Takeover". O álbum Stillmatic é creditado frequentemente por restabelecer a credibilidade de Nas entre os fãs. Com o sucesso de Stillmatic, o rapper continuou mantendo um perfil alto dentro da comunidade hip hop, e procurou decididamente seu pessoal estético. No ano de 2002, é lançado God's Son, do qual se podem destacar "Made You Look" e "I Can". Em 2005 lança Street's Disciple e conta com dois singles de sucesso, "Bridging the Gap", que conta com a colaboração do seu pai Olu Dara, e "Just a Moment", que conta com a participação de Quan. Em 2006, lança mais um álbum, intitulado Hip Hop Is Dead.

Nas cantando em Ottawa

No ano de 2008, Nas lança o polêmico álbum que primeiramente recebeu o nome de Nigger, termo pejorativo usado nos Estados Unidos para se referir aos negros, mas um pouco antes de seu lançamento oficial, o álbum acabou sem título, Untitled. O tema deste possui uma grande carga sobre o racismo. Em 2010, foi lançado mais um álbum, chamado Distant Relatives, agora com parceria do cantor de reggae Damian Marley.

Conflito com Jay-Z[editar | editar código-fonte]

O conflito entre Nas e Jay -Z começou após criticas subliminares feitas em várias canções,freestyles ,mixtapes.O Conflito só ficou famoso no ano de 2001.Jay-Z lançou uma música chamada ``Takeover´´,onde criticou Nas e o chamou de falso.Nas respondeu com uma música chamada ``Ether´´,no qual ele comparou Jay-Z a personagens como JJ Evans do seriado Good Times e a companhia de Cigarros mascote Joe Camel.

Em resposta a ``Ether´´,Jay lançou uma música chamada ``Supa Ugly`` em que a estação de rádio Hot 97 estreou a música em 11 de Dezembro de 2001.Perguntaram aos fãs quem se deu bem na ``Diss´´,Nas ganhou com 58% dos votos e Jay-Z 42% dos votos.Em 2002 no meio da briga dos rappers de Nova York,O Cantor Eminem Citou Nas e Jay-Z em sua música dizendo que eles são um dos melhores Rappers da Indústria.

As brigas só acabaram quando Mark Pitts ajudou os cantores a pararem,Quando entrevistado Pitts disse que ajudou o cantor Nas a ficar mais calmo,e Jay-Z não querer brigar denovo.

Vida Pessoal[editar | editar código-fonte]

Nas é um porta-voz e mentor para P'Tones Records, uma organização sem fins lucrativos, após programa de música da escola com a missão de "criar oportunidades construtivas para a juventude urbana por meio de programas de música."

Nas já foi casado com a Cantora de R&B Kelis em Atlanta em 2005 ,depois de um relacionamento de dois anos.Em 2009 Kelis pediu divórcio.No mesmo ano o filho de Nas Nasceu.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

Compilações[editar | editar código-fonte]

  • 2002 - From Illmatic to Stillmatic: The Remixes
  • 2002 - The Lost Tapes
  • 2007 - Greatest Hits

Colaborações[editar | editar código-fonte]

  • 1997 - The Firm: The Album
  • 2000 - Nas and Ill Will Records Present QB's Finest

Singles[editar | editar código-fonte]

Ano Canção Posições nas paradas Álbum
US[2] US R&B[2] US Rap[2] UK[3]
1992 "Halftime" 126 8 trilha sonora de Zebrahead
e Illmatic
1994 "It Ain't Hard to Tell" 91 57 13 Illmatic
"The World Is Yours" 114 67 27 6
"Life's a Bitch" (feat. AZ & Olu Dara)
"One Love" (feat. Q-Tip) 106 24
1996 "If I Ruled the World (Imagine That)" (f/ Lauryn Hill) 53 17 15 12 It Was Written
"Street Dreams" 22 18 1 12
"The Message"
1999 "Nas Is Like"A 86 30 3 I Am…
"Hate Me Now" (feat. Puff Daddy) 62 18 8 14
"Nastradamus" 92 27 4 24 Nastradamus
2000 "You Owe Me" (feat. Ginuwine) 59 13
2001 "Got Ur Self A..." 87 37 2 30 Stillmatic
2002 "One Mic" 43 14 7
2003 "Made You Look" 32 12 9 27 God's Son
"I Can" 12 7 6 19
"Get Down" 76
2004 "Thief's Theme" 60 Street's Disciple
"Bridging the Gap" (feat. Olu Dara) 94 49 18
2005 "Just a Moment" (feat. Quan) 117 52 24
2006 "Hip Hop Is Dead" (feat. will.i.am) 41 48 25 36 Hip Hop Is Dead
2007 "Can't Forget about You" (feat. Chrisette Michele) 46
2008 "Hero" (feat. Keri Hilson) 97 82 70 Untitled
"Make the World Go Round" (feat. Game & Chris Brown) 122

Participações[editar | editar código-fonte]

  • 1994 - "Gimme Yours", "Mo Money, Mo Murder Homicide" (de AZ álbum Doe or Die)
  • 1995 - "Verbal Intercourse" (de Raekwon álbum Only Built 4 Cuban Linx...)
  • 1995 - "Eye For A Eye (Your Beef Is Mines)" (do Mobb Deep álbum The Infamous)
  • 1995 - "Fast Life" (de Kool G Rap álbum 4,5,6)
  • 1996 - "Give it Up Fast" (de Mobb Deep álbum Hell on Earth)
  • 1998 - "How Ya Livin'" (de AZ álbum Pieces of a Man)
  • 1998 - "Soundtrack to the Streets" (de Kid Capri álbum Soundtrack to the Streets)
  • 1999 - "I Really Want To Show You" (de The Notorious B.I.G. álbum Born Again)
  • 1999 - "Me & NaS Bring It To You The Hardest" (de Slick Rick álbum The Art of Storytelling)
  • 1999 - "Want It", "Esco Intro", "Thugs Calm Down" (de E-Moneybags álbum In E-Moneybags We Trust)
  • 2000 - "B EZ" (de Capone-N-Noreaga álbum The Reunion)
  • 2000 - "The Ultimate High (de Nature álbum For All Seasons)
  • 2000 - "Let My Niggas Live" (de Wu-Tang Clan álbum The W)
  • 2000 - "Just Tryin' Ta Live" (de Devin the Dude álbum Just Tryin' Ta Live)
  • 2001 - "Show Discipline" (de Jadakiss álbum Kiss tha Game Goodbye)
  • 2002 - "Holla Back" (de Kool G Rap álbum The Giancana Story)
  • 2002 - "The Essence" (de AZ álbum Aziatic)
  • 2002 - "Stay Chisel" (de Large Professor álbum 1st Class)
  • 2003 - "Full Stop" (de Victoria Beckham álbum Open Your Eyes)
  • 2003 - "Quick to Back Down" (de Bravehearts álbum Bravehearted)
  • 2003 - "Play Me" (de Korn álbum Take a Look in the Mirror)
  • 2005 - "Can't Fade Me" (de Cassidy álbum I'm a Hustla)
  • 2005 - "Tick Tock" (de The Alchemist álbum 1st Infantry)
  • 2006 - "Don't Get Carried Away" (de Busta Rhymes álbum The Big Bang)
  • 2006 - "Music For Life" (de Hi-Tek álbum Hi-Teknology 2: The Chip)
  • 2006 - "Choir Song", "Money Machine", "Level 7" (de Nashawn álbum Napalm)
  • 2007 - "I Want You (Remix)" (de Lloyd álbum Street Love)
  • 2007 - "The Deafest Ones" (de Kenna álbum, Make Sure They See My Face)
  • 2015 - "Veni Vidi Vici" (de Madonna álbum Rebel Heart)

Outras realizações[editar | editar código-fonte]

  • 1994 - One on One (Imagine it)
  • 1996 - Understanding" (feat. AZ & Biz Markie)
  • 1997 - Nas to Escobar (Single)
  • 2003 - God's Stepson (álbum de 9th Wonder)
  • 2004 - The Prophecy (álbum mixtape de Statik Selektah)
  • 2005 - Warrior Song (remix) (Single dDave Jonsen]] a.k.a. Harvey Dent)
  • 2005 - "I Can" (remix) (Single de Dave Jonsen)
  • 2006 - The Prophecy Vol. 2 - The Beginning of The N (álbum mixtape de Statik Selektah)

Referências

  1. «100 Best Hip-Hop Albums of All Time». Consultado em 13 de julho de 2016 
  2. a b c Artist Chart History. Billboard. Acessado em 9 de agosto de 2007.
  3. «Nas - Music Charts». acharts.us. Consultado em 3 de dezembro de 2009 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Nas