Nina Hagen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nina Hagen
Predefinição:Nina Hagen
Nina Hagen em 2011
Informação geral
Nome completo Catharina Hagen
Nascimento 11 de março de 1955 (61 anos)
Origem Berlim Oriental
País  Alemanha
Gênero(s) Punk rock
Pós-punk
Rock gotico
New wave
Glam rock
Gospel
Período em atividade 1971 – atualmente
Outras ocupações Cantora , atriz , dubladora , ativista social
Gravadora(s) Columbia Records
Mercury Records
Afiliação(ões) Automobil
The Nina Hagen Band
Página oficial [http://www.nina-hagen.com/ Site oficial
Nina Hagen, 1981
Nina Hagen, em 1981
Nina Hagen já morena com sua mãe , Eva-Maria .

Nina Hagen (nascida Catharina Hagen no dia 11 de março de 1955, na cidade de Berlim, Alemanha), é uma cantora alemã de grande sucesso internacional, especialmente por suas atuações e por suas extravagâncias vocais. Também fez participações como atriz em alguns filmes.

Apesar de ser uma renomada intérprete de Rock, representante da música popular, ela recebeu anteriormente treinamento vocal formal como cantora de ópera (o que transparece, por exemplo, em sua interpretação de New York, New York).

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns

  • Nina Hagen, em 2014
    NunSexMonkRock (1982)
  • Punk Wedding EP (1987)
  • Rock aus Deutschland: Nina Hagen
  • Die Dreigroschenoper (1999)
  • Revolution Ballroom (1993)
  • Om Namah Shivay (1999)
  • Return of the Mother (2000)
  • Big Band Explosion (2003)
  • Irgendwo auf der Welt (2006)
  • Personal Jesus (2010)
Nina Hagen, em 1980.
Nina Hagen em 1980, foto de Erling Mandelmann.

CINEMA:

Ano Filme Papel Notas 1976 Liebesfallen Liane Brückner
1976 Unser stiller Mann Regina
1979 Bildnis einer Trinkerin (de) Cantora no bar dos taxistas
1979 Cha-Cha
1983 Pankow '95 A jovem Maria
1996 Lilien in der Bank Suzanne
2000 Vasilisa, German title: Wasilisa, die die Schöne[14] A Bruxa
2004 7 Dwarves – Men Alone in the Wood A Rainha Má A filha de Nina (Cosma) interpreta a Branca de Neve
2006 7 Zwerge - Der Wald ist nicht genug A Rainha Má A filha de Nina (Cosma) interpreta a Branca de Neve
2014 The 7th Dwarf Dellamorta A filha de Nina (Cosma ) interpreta a Branca de Neve

Todos estes títulos são os originais em alemão e inglês, pois não foram lançados em países lusófonos.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nina Hagen nasceu no lado leste de Berlim em 1955, filha da atriz Eva-Maria Hagen e do escritor Hans Oliva-Hagen. Seus pais se divorciaram quando ela tinha apenas dois anos de idade. Nove anos depois sua mãe se casa de novo. O padrasto de Nina era o compositor Wolf Biermann. Nina teve uma educação nos moldes socialistas da República Democrática Alemã (Antiga DDR). Inicialmente, ela queria ser atriz, mas, sem nenhum motivo aparente, sua solicitação de estudos foi negada na escola de teatro. Estudou canto lírico na Polônia. Já na adolescência,década de 1970, inspirada pelo Rock' N' Roll de Janis Jopplin, participava de pequenas turnês pela Polônia e Tchecoslováquia.

Em meados dos anos 1970, acompanhando a mãe e o padrasto, que era perseguido político, atravessou o muro de Berlim. Nina conseguiu um contrato na Alemanha Ocidental com a seção alemã da CBS em 1976 e em 1977 já se encontrava em Londres, no auge da cultura Punk, onde conheceu figuras como Johnny Rotten, The Slits, e Lene Lovich. Nina Hagen e Lene Lovich contribuíram muito uma com a carreira da outra. Após o relativo Sucesso na Europa Ocidental,ela foi apadrinhada por Frank Zappa para ir aos Estados Unidos, onde terminou de gravar o lado B do disco Unbehagen, e onde também conheceu Giorgio Moroder, produtor da gravadora CBS. Moroder produziu 3 discos de Nina no início da década de 1980. Nesta época, ao saber que estava grávida do caminhoneiro Ferdinand Karmelk, mudou-se para Los Ángeles. Sua filha, Cosma Shiva, nasceu a 31 de Maio de 1981 em Santa Monica, Califórnia. Karmelk viria a falecer num acidente de trânsito tempos depois. Seu disco Punk Wedding de 1987 não surtiu o sucesso esperado, a CBS também passava por crise e já no início da década 1990, Nina voltou à Europa. O Álbum Street, foi uma produção independente, gravada quando ela já havia se estabelecido em Paris, em parceria com seu namorado da época, Frank Chevallier. Além da temática social, e da Ufologia em destaque nas suas músicas, as músicas de Nina sempre foram bastante espiritualizadas e ela envolveu-se com o Hinduísmo, no fim do século XX. Mas em 2009 batizou-se evangélica e segue a Igreja Reformada de Schütthorf, mas suas músicas continuam fazendo críticas sociais. Como sua formação foi na cultura Punk, é claramente anti-fascista, já tendo posicionado-se contra à perseguição aos imigrantes e contra as guerras preventivas dos Estados Unidos, como a ocupação do Iraque. Recentemente tem gravado e feito parcerias com grupos musicais mais recentes da Alemanha, como Rammstein, Apolayptica e Oomph! .

Curiosidades :

Seu avô paterno era judeu e foi executado pelos nazistas no campo de Sachsenhausen.

É uma das integrantes mais famosas do PETA, Organização que luta contra os abusos à vida animal.

Foi pioneira assim como Doro Pesch a trazer elementos da música lírica ao Rock'N'Roll.

É vegetariana e propagandista do vegetarianismo.

Na Alemanha faz dublagens para a TV, a partir da décima-sétima temporada do seriado "The Simpsons", é ela quem dubla a personagem Marge Simpson para o alemão.

A música New York New York que Nina Hagen gravou, não é a mesma do Frank Sinatra. De Sinatra, Nina gravou uma versão punk e em alemão de My Way.

Em Janeiro de 1985, no auge da carreira foi ao Rio de Janeiro, à participar da primeira edição do Rock In Rio, onde chamou muito a atenção da mídia brasileira. Fez amizades dentro do meio artístico brasileiro, desde Elba Ramalho a Supla. Até hoje no Brasil é conhecida como a eterna "Garota de Berlim".

Em 1986 participou da gravação de "Garota De Berlim" da banda brasileira Tokyo, que era comandada por Supla.

Em 1987, havia casado com um rapaz punk de apenas 17 anos nos Estados Unidos. O casamento não vingou.

Esteticamente, foi ela quem inspirou inúmeras outras cantoras populares da década de 1980. Muitos recortes de músicas suas produzidas com o guitarrista Bernhard Potschka na década de 1980 foram sutilmente plagiadas em tempos mais recentes.

É tida como a "mãe do Punk". Para muitos divide este posto com Patti Smith, Nina na Europa e Patti Smith nos Estados Unidos.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]