Olga Bisera

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Olga Bisera
Nascimento 26 de maio de 1944 (75 anos)
Mostar, Iugoslávia
Hoje:Bósnia e Herzegovina
Nacionalidade Italiana
Ocupação atriz
Principais trabalhos 007 O Espião Que Me Amava

Olga Bisera (nome de batismo:Bisera Vukotić; Mostar, 26 de maio de 1944) é uma atriz, produtora de cinema, jornalista e escritora italiana nascida na antiga Iugoslávia.

Depois de cursar a Academia de Artes Dramáticas em Belgrado,[1] ela estreou no cinema de Hollywood no filme Castle Keep do diretor norte-americano Sydney Pollack e conseguiu um contrato com a Columbia Pictures, mudando-se para Nova York e cursando o Lee Strasberg Theatre and Film Institute, notável por ter entre seus ex-alunos atores como Christopher Walken, Robert DeNiro e Angelina Jolie.[2]

No início dos anos 70, ela mudou-se dos Estados Unidos para a Itália naturalizando-se italiana e onde fundou uma produtora cinematográfica, "Cinemondial", tornando-se uma starlet do cinema italiano, chegando a posar nua para revistas masculinas europeias. Em 1977, fez uma ponta como a bond girl Felicca no filme 007 O Espião Que Me Amava,[3] que se tornou sua aparição internacionalmente conhecida. Abandonou o cinema nos anos 80 e se tornou escritora e jornalista, escrevendo entre outras uma biografia do ex-líder líbio Muammar Gaddafi. Em Roma, fundou o jornal "Emigranti", onde publica entrevistas com personalidades nacionais e internacionais.[1]

Referências

  1. a b «Bešlić primio je u gradskoj upravi Biseru Vukotić». hercegovina.info. Consultado em 8 de fevereiro de 2016 
  2. "Il sogno nobile: Olga Bisera". Nocturno Dossier: Le sorelle di Venere 2. junho 2007
  3. «Felicca (Olga Bisera)». jamesbond multimedia. Consultado em 8 de fevereiro de 2016 
Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.