Operation Dumbo Drop

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Operation Dumbo Drop
Operação Elefante (PRT)
Operação Dumbo (BRA)
Pôster promocional
 Estados Unidos
1995 •  cor •  108 min 
Direção Simon Wincer
Produção Diane Nabatoff
David Madden
Roteiro Jim Morris (história)
Gene Quintano
Jim Kouf
Elenco Danny Glover
Ray Liotta
Denis Leary
Doug E. Doug
Corin Nemec
Gênero comédia
Música David Newman
Cinematografia Russell Boyd
Edição O. Nicholas Brown
Companhia(s) produtora(s) Walt Disney Pictures
Interscope Communications
PolyGram Filmed Entertainment
Distribuição Buena Vista Pictures
Lançamento Estados Unidos 28 de julho de 1995
Portugal 3 de novembro de 1995
Idioma inglês
vietnamita
Receita US$24,670,346[1]

Operation Dumbo Drop (no Brasil: Operação Dumbo; em Portugal: Operação Elefante) é um filme de comédia estadunidense de 1995 dirigido por Simon Wincer que explora a guerra, política e bem-estar animal. O enredo foi concebido a partir de um roteiro escrito por Gene Quintano e Jim Kouf baseado em uma história real pelo major Jim Morris do Exército dos Estados Unidos. Estrelado por Danny Glover e Ray Liotta como Boinas Verdes durante a Guerra do Vietnã, em 1968, que tentam transportar um elefante através de terreno da selva a uma aldeia sul-vietnamita local, que por sua vez ajuda as forças americanas a monitorar a atividade da Frente Nacional para a Libertação do Vietname. Atores Denis Leary, Doug E. Doug e Corin Nemec também estrelam nos papéis principais. Um esforço coletivo conjunto para comprometer-se com a produção do filme foi feita pela Interscope Communications e PolyGram Filmed Entertainment. Tendo como pano de fundo o Vietnã, a gravação primária e filmagem aconteceu na Tailândia.

Foi comercialmente distribuído pela Walt Disney Pictures nos cinemas, e pela Buena Vista Home Entertainment para home vídeo.

Operação Dumbo Drop estreou nos cinemas em todo o país nos Estados Unidos em 28 de julho de 1995 e arrecadou $24,670,346 em recibos de bilhetes domésticos. O filme foi um sucesso financeiro moderado após a sua corrida teatral, mas foi geralmente recebido com críticas negativas e não conseguiu obter quaisquer indicações a prêmios de organizações de cinema convencionais.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Em 1967, uma aldeia onde as forças especiais norte-americanas, estão usando para espionar Ho Chi Minh Trail tem o seu elefante sagrado morto pelo Exército do Povo do Vietnam e as forças especiais têm o risco de perder a área. Então o capitão das forças especiais Sam Cahill (Danny Glover) e o capitão das forças especiais TC Doyle (Ray Liotta), com mais um grupo de boinas verdes: David Poole (Denis Leary) Lawrence Farley (Corin Nemec) e Harvey Ashford (Doug E. Doug), tem de levar outro elefante para a aldeia e restabelecem a área para continuar a espionar o Ho Chi Minh Trail. Mas acabam tendo problemas quando compram um elefante que vem com um "brinde" de um garoto. E para acabar com a confusão o Exército do Povo do Vietnam quer frustrar seus planos.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Danny Glover  ... Capitão Sam Cahill
Ray Liotta  ... Capitão T.C. Doyle
Denis Leary  ... Chefe Oficial de Autorização 3 David Poole
Doug E. Doug  ... Especialista 4 Harvey Ashford
Corin Nemec  ... Especialista 5 Lawrence Farley
Dinh Thien Le  ... Linh
James Hong  ... Y B'ham
Tchéky Karyo  ... Goddard
Hoang Ly  ... Brigadeiro Nguyen
Vo Trung Anh  ... Capitão Quang
Marshall Bell  ... Major Pederson
Tim Kelleher  ... Major Morris
Raymond Cruz  ... Sargento da Equipe Adams
Tai  ... Bo Tat

Produção[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Ator Danny Glover que interpretou Cpt. Sam Cahill

A premissa de Operação Dumbo Drop é baseado na história real relacionada com a cooperação dos moradores sul-vietnamitas e do Exército dos EUA durante a Guerra do Vietnã nos anos 1960.[2] O Exército dos EUA visualizou muitas aldeias como tendo um valor estratégico devido à sua proximidade com rotas de abastecimento de armas inimigas, como a Trilha Ho Chi Minh.[2] Elefantes encontrados nas aldeias eram tipicamente a principal fonte de trabalho agrícola. Para apaziguar os aldeões hostis, os EUA ofereceram elefantes como um gesto de agradecimento. De acordo com o ator Glover, uma tal operação ocorreu especificamente em 4 de abril de 1968; mas recebeu muito pouca cobertura devido à morte no mesmo dia de um líder militar vietnamita e também, o assassinato de Martin Luther King Jr., em Memphis[2] O filme é baseado em uma história descrita pelo aposentado major Jim Morris do Exército dos Estados Unidos; que relatou suas experiências em torno dos elefantes durante a guerra em curso.

O elefante asiático Tai foi usado para a parte de Bo Tat. O elefante fêmea foi escolhido para o papel por causa de seu comportamento calmo e disposição amigável, o que lhe permitiu ser plácido e relaxado durante as cenas com gravações de simulações de tiroteios.[3] Muitas representações no filme, como o elefante que está sendo sedado e deitado ou seguinte àquele, movendo as pernas e pé foram realmente realizado com um treinador de animais.[3]

Cenografia e filmagem[editar | editar código-fonte]

Filmagem principal ocorreu principalmente em locações na Tailândia.[4] Outras locações incluíram estúdios de cinema em Los Angeles, Califórnia e Miami, Flórida.[4]

Um Elefante asiático semelhante foi usado durante as filmagens

Certas cenas onde o elefante foi mostrado a bordo de um barco marítimo realmente tinha vigas W sob a plataforma para apoiar o animal. Além disso, o lastro foi adicionado ao barco para mantê-lo à tona.[3] Uma das cenas mais tarde, onde o elefante estava a bordo da aeronave com tiros e mísseis sendo disparados para ele; foi filmado em cortes com ambos os elefantes falsos e um elefante mecânico sendo usado no salto. O elefante de verdade foi usado apenas para filmagens de perto.[3]

Durante cena do carrinho de comida na aldeia, um treinador como um extra, correu ao lado do elefante dizendo-lhe para se manter em movimento. Havia também um outro treinador na frente dela incentivando seu movimento constante e garantindo que nada tivesse em seu caminho. Fios foram anexados as caixas e mesas que foram puxados quando o elefante correu, fazendo parecer como se estivesse batendo tudo de lado.[3] Em uma cena de flashback, o personagem Linh vê um elefante tomando um tiro, como ele conta como seus pais foram mortos. A equipe de filmagem conseguiu este feito, instruindo o treinador para ensinar o elefante a deitar-se, ao mesmo tempo, então filmar a cena em câmera lenta.[3] Para garantir a saúde do elefante, sua comida e água, incluindo águas para os banhos, foi enviado dos EUA para a Tailândia durante toda a produção. Além disso, ela estava banhada em água purificada a cada dia. Homens tailandeses nativos jovens foram contratados para segurar guarda-chuvas sobre o elefante quando as câmeras não estavam realizando gravações. E durante toda a filmagem, quase tudo que o elefante pisado foi reforçada com madeira e aço.[3] Outros animais usados ​​como pano de fundo eram de gado locais, galinhas e cabras. Doze elefantes também foram usados ​​como figurantes nas cenas da selva da montanha.[3]

Segundo Denis Leary, a produção do filme era terrível, alegando que o filme levou um longo tempo para gravação. Leary disse que, junto com colegas de elenco Ray Liotta e Danny Glover fez o filme por dinheiro para comprar o imóvel que todos queriam.[5] Denis Leary também tem (brincando) afirmado que não foi ele que interpretou Poole no filme em tudo, e na verdade foi Willem Dafoe fingindo ser ele. Willem Dafoe nega.

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

A trilha sonora original para filme Operação Dumbo Drop, foi lançado pela Hollywood Records em 28 de julho de 1995. Possui canções gravadas por músicos veteranos Marvin Gaye, Aretha Franklin e Jackie Wilson, entre outros.[6] A música para o filme foi composta por David Newman; enquanto está a ser editado por Tom Villano.[4] Os efeitos sonoros do filme foram supervisionados por William Jacobs. A mistura dos elementos sonoros foi orquestrada por Doc Kane.[4] "When I See an Elephant Fly" é retirado do filme de animação da Disney, Dumbo, com a música composta por Oliver Wallace.

Recepção[editar | editar código-fonte]

Resposta da crítica[editar | editar código-fonte]

Operation Dumbo Drop tem recepção geralmente desfavorável por parte da crítica especializada. Possui Tomatometer de 31% em base de 26 críticas no Rotten Tomatoes. Por parte da audiência do site tem 29% de aprovação.[7]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

O filme estreou nos cinemas em 28 de julho de 1995, em grande lançamento em todo os EUA. Durante sua semana de estreia, o filme estreou em um distante sexto lugar arrecadando $6,392,155 no mundo dos negócios em 2,980 localidades.[1] O filme Waterworld bater tranquilamente sua concorrência durante esse fim de semana de abertura em primeiro lugar com $21,171,780.[8] A receita do filme caiu de 33,2% em sua segunda semana de lançamento, ganhando $4,271,252. Para esse fim de semana especial, o filme caiu para nono lugar triagem em 2,158 cinemas, mas ainda segurando em uma posição top ten. Waterworld, manteve-se em primeiro lugar da bilheteria com $13,452,035 em receitas de bilheteira.[9] O filme passou a cobrir para fora no mercado interno em $24,670,346 em vendas de ingressos totais através de uma corrida de 21 semanas no cinema.[10] Para 1995 como um todo, o filme teria cumulativamente classificar em uma posição de desempenho de bilheteria de 67.[11]

Home media[editar | editar código-fonte]

O filme foi lançado inicialmente em formato de vídeo VHS em 19 de marco de 1996.[12] A edição widescreen de Código de Região 1 do filme foi lançado em DVD nos Estados Unidos em 6 de maio de 2003, e inclui um recurso Closed Caption; Dolby Digital 5.1 surround sound; uma faixa de língua francesa; Legendas em espanhol; e uma opção de tela cheia (1.33:1)..[13] Não há data não confirmada por qualquer futuro lançamento de Blu-ray Disc.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Operation Dumbo Drop». Box Office Mojo. Consultado em 18 de agosto de 2010 
  2. a b c «Operation Dumbo Drop: Two Tons of Weak Humor». The Harvard Crimson. Consultado em 18 de agosto de 2010 
  3. a b c d e f g h «Operation Dumbo Drop». American Humane. Consultado em 18 de agosto de 2010 [ligação inativa] 
  4. a b c d «Operation Dumbo Drop (1995)». Yahoo! Movies. Consultado em 18 de agosto de 2010 
  5. «Stupid Questions with Denis Leary». 17 de junho de 2005 
  6. «Operation Dumbo Drop (Soundtrack)». Amazon.com. Consultado em 18 de agosto de 2010 
  7. «Operation Dumbo Drop» (em inglês). Rotten Tomatoes. Consultado em 17 de janeiro de 2014 
  8. «July 28–30, 1995 Weekend». Box Office Mojo. Consultado em 18 de agosto de 2010 
  9. «August 4–6, 1995 Weekend». Box Office Mojo. Consultado em 18 de agosto de 2010 
  10. «Operation Dumbo Drop». The Numbers. Consultado em 19 de setembro de 2010 
  11. «1995 Domestic Grosses». Box Office Mojo. Consultado em 18 de agosto de 2010 
  12. Operation Dumbo Drop VHS Format. Amazon.com Retrieved 2010-08-18.
  13. Operation Dumbo Drop. Barnes & Noble. Retrieved 2010-08-18.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]