Os Penetras

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Os Penetras
Pôster promocional do filme.
 Brasil
2012 •  cor •  88 min 
Direção Andrucha Waddington
Produção Andrucha Waddington
Pedro Buarque de Hollanda
Produção executiva Eliana Soárez
Roteiro Andrucha Waddington
Marcelo Vindicatto
Baseado em Andrucha Waddington
Elenco Marcelo Adnet
Eduardo Sterblitch
Mariana Ximenes
Stepan Nercessian
Andrea Beltrão
Luis Gustavo
Gênero comédia
Música Dudu Marote
Direção de arte Marlise Storchi
Direção de fotografia Ricardo Della Rosa
Figurino Marcelo Pires
Cinematografia Ricardo Della Rosa
Edição Sergio Mekler
Companhia(s) produtora(s) Globo Filmes[1]
Conspiração Filmes
Distribuição Warner Bros. Pictures
Lançamento 30 de novembro de 2012
Idioma Português
Orçamento US$ 3 milhões
Receita R$ 25 milhões[2]
Cronologia
Os Penetras 2 – Quem Dá Mais? (2017)
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Os Penetras é um filme de comédia brasileiro de 2012, dirigido por Andrucha Waddington, escrito por Marcelo Vindicatto e estrelado por Marcelo Adnet e Eduardo Sterblitch. Foi produzido pela Conspiração Filmes e Globo Filmes, e lançado em 30 de novembro de 2012, pela distribuidora Warner Bros.

O filme conta a história de Marco Polo, um golpista bem-humorado e manipulador que decide ajudar Beto, um sujeito tímido e inseguro que está em estado de depressão por causa da ex-namorada Laura. Os primeiros estágios de desenvolvimento de Os Penetras foram iniciados em 2005, quando o diretor chegou a citar o nome dos atores Rodrigo Santoro e Selton Mello, como possíveis estrelas de um filme que já estava com roteiro definido. Logo depois o filme passou muito tempo com a produção parada. Foi somente no final de 2011 que parte do elenco foi confirmado.

Em sua primeira semana o filme teve uma renda de 3 milhões, sendo considerado como a melhor estreia do ano. O filme teve a maior receita entre os filmes brasileiros distribuídos pela Warner Bros Pictures. Os críticos especializados deram avaliações mistas ao filme.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Às vésperas do Réveillon, o apaixonado Beto (Eduardo Sterblitch) chega ao Rio de Janeiro à procura de sua namorada, Laura. Desprezado, tenta o suicídio, mas é salvo pelo golpista Marco Polo (Marcelo Adnet), que, a fim de ganhar um dinheiro fácil, promete ajudá-lo a reconquistar a amada. O que esse malandro não poderia imaginar é que também se apaixonaria por Laura (Mariana Ximenes), uma jovem sedutora que usa artifícios para circular pelas altas rodas da sociedade carioca. Em busca de amor, dinheiro e aventura, Marco e Beto vão penetrar nas festas mais quentes da cidade, usando muita esperteza e uma boa dose de loucura.

Junto a seu comparsa Nelson (Stepan Nercessian), eles usam todos os truques possíveis para invadir as festas da alta sociedade carioca, mas nem sempre as coisas saem como o planejado.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

Em abril de 2005, o diretor Andrucha Waddington revelou em uma entrevista para o website CineRevista que o filme entraria em desenvolvimento, e citou o nome dos atores Rodrigo Santoro e Selton Mello, como possíveis estrelas do longa-metragem.[3] No entanto, por motivos desconhecidos, o filme permaneceu muito tempo com produção parada. Somente no inicio de dezembro de 2011, foi informado que a produção do filme tinha iniciado novamente, mas, agora com novos protagonista, Marcelo Adnet e Eduardo Sterblitch, como Marco Polo e Beto, respectivamente.[4]

Sendo filmado no Rio de Janeiro, o filme procurou realizar um trabalho inédito de interatividade com o internauta, dando a oportunidade das pessoas aparecerem no filme como penetras e ainda interagirem com o diretor e com o elenco.[5] Filmagens na praia do Arpoador, na zona sul do Rio de Janeiro, foram rodadas em 5 de janeiro de 2012.[6]

A direção é de Andrucha Waddington e o elenco conta ainda com participações de Andrea Beltrão, Stepan Nercessian, Mariana Ximenes, Luis Gustavo, Luiz Carlos Miele, Susana Vieira, Babu Santana, Kate Lyra e Juliana Schalch.[7]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Uma pré-estreia exclusiva para participantes de um quiz na página do filme no Facebook[8] aconteceu no dia 30 de outubro de 2012 em oito capitais: Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. Os ganhadores levaram um par de ingressos para a sessão, além de combos de pipoca e refrigerante. Outras pré-estreias com a presença do diretor e do elenco ocorreram durante o mês de novembro.[9] Nos circuitos nacionais o filme foi lançado em 30 de novembro de 2012, pela Warner Bros.[10]

Marketing[editar | editar código-fonte]

Os Penetras alcançou grande números de seguidores nas redes sociais, que divulgaram o filme. Fábio Seixas, que é o diretor executivo da Conspiração relatou: "Nós já estávamos com algumas ideias para trabalhar o cinema nacional de forma diferente nas redes sociais e, quando nos deparamos com Os Penetras, entendemos que era o momento. Nenhum outro filme nacional conseguiu criar este relacionamento com o público tão antes de seu lançamento e a participação do elenco, principalmente do Marcelo Adnet e Eduardo Sterblitch, foi fundamental para alcançarmos os resultados".[11]

O primeiro pôster do filme foi divulgado pela Warner Bros. Pictures em 12 de maio de 2012, e exibia Eduardo Sterblich abraçando Marcelo Adnet, próximo uma frase dizendo que "A vida é bela. Mas eles não foram convidados".[12] O teaser do filme foi divulgado no dia 25 de março de 2012.[13] Parcerias com a CenterPlex Cinemas foram fechadas para fazer a divulgação do lançamento do filme.[14]

Home video[editar | editar código-fonte]

O filme foi lançado em formato DVD e Blu-ray em 25 de abril de 2013.[15][16]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

Em sua primeira semana o filme levou 336.680 espectadores aos cinemas, assim teve uma renda de R$ 3.886.000,[17] e ficou no primeiro lugar entre as melhores estreias de 2012.[18] Após 12 dias em cartaz o filme atingiu a marca de 1 milhão de espectadores.[19] No total Os Penetras levou 2.515.181 espectadores para os cinemas, assim tendo uma receita total de R$ 25 milhões de reais,[2] sendo considerado como a maior renda entre os filmes distribuídos pela Warner Bros. e o segundo de maior público.[20]

Criticas[editar | editar código-fonte]

Os Penetras recebeu avaliações mistas dos críticos especializados.[21] Consuelo Lins escreveu em O Globo que o filme é uma "comédia que não opta por diálogos berrados, atuações caricatas, expressões exageradas. Em suma, um filme que não aposta no excesso como único modo de produzir gargalhadas e de se fazer entender pelo espectador".[22] Rubens Ewald Filho escreveu em seu blog no Portal R7 que "Os Penetras é um filme arriscado porque não é pornochanchada como os anteriores. Ainda assim eu gostei de ver, achei um filme agradável com gente talentosa. No atual estado de coisas, me parece muito".[23] Thiago César do website Cinema com Rapadura comparou o filme com a franquia The Hangover, mas apenas com uma diferença, que segundo ele, "o filme é menos criativo, mas que ainda provoca risos legítimos".[24] "Comédia com roteiro fraco, com história sem originalidade" relatou Bruno Porciuncula do website "A Tarde".[25]

"Ao menos, fez-se um filme de verdade e não um apanhado de esquetes televisivas. O problema está no roteiro anêmico cujas situações cômicas são de uma falta de originalidade atroz" se posicionou Roberto Guerra do website CineClick.[26] Bruno Carmelo do AdoroCinema deu 3 de 5 estrelas ao filme numa critica que intitulou de "outras formas de humor". Na critica Bruno relata que "esperava o pior do filme [...] no entanto, contra todas as expectativas, eis que esta comédia revela um lado bastante astucioso". O crítico escreveu que "usar o filme como exemplo de uma comédia excelente seria um grande exagero" e disse que "acima de tudo, ele se recusa a contorcer os seus personagens em cenas e situações extremas para forçar o riso [...] no final temos um filme que não ofende a inteligência do espectador, nem a linguagem cinematográfica, o que já é uma qualidade notável".[27]


Sequências[editar | editar código-fonte]

Um segundo filme, Os Penetras 2 – Quem Dá Mais?, estreou em 2017. Antes, o canal do filme no YouTube sediou a websérie #NaCasaDeUmPenetra, onde Eduardo Sterblitch voltava a interpretar Beto nos preparativos para a continuação.[28]

Referências

  1. «Filme - Os Penetras». Globo Filmes. Consultado em 4 de dezembro de 2012 
  2. a b Lucas (2 de fevereiro de 2013). «Os Penetras, com Marcelo Adnet, continua batendo recordes». Alagoas na Net. Consultado em 17 de maio de 2013 
  3. Adriano de Oliveira (29 de abril de 2005). «ENTREVISTA: ANDRUCHA WADDINGTON (DIRETOR) E PARTICIPAÇÃO DE FERNANDA MONTENEGRO (ATRIZ), DE "CASA DE AREIA"». CineRevista. Consultado em 17 de maio de 2013 
  4. Sergio Ferreira (12 de dezembro de 2011). «Marcelo Adnet vai estrelar filme ao lado de Eduardo Sterblitch». Contigo!. Consultado em 17 de maio de 2013 
  5. AdoroCinema. Curiosidades, bastidores, novidades, e até segredos escondidos de "Os Penetras". Página visitada em 20 de outubro de 2012.
  6. Flavia Serra (5 de janeiro de 2012). «Filmagens de Os Penetras agita a tarde od Arpoador». O Fuxico. Consultado em 17 de maio de 2013 
  7. «Filme Os Penetras (Os Penetras)». CinePop. Consultado em 20 de outubro de 2012 
  8. «Página Oficial no Facebook». Consultado em 30 de novembro de 2012 
  9. «Pré-estreias de "Os Penetras"». Consultado em 17 de maio de 2013 
  10. Francisco Russo. «Agenda de estreias - 30 novembro 2012». AdoroCinema. Consultado em 17 de maio de 2013 
  11. «OS PENETRAS TEM ESTRATÉGIA PIONEIRA NAS REDES SOCIAIS». Consultado em 17 de maio de 2013 
  12. Lucas Calixto (12 de maio de 2012). «Divulgado primeiro pôster de Os Penetras, filme com Marcelo Adnet e Eduardo Sterblich». StandupComedyBrasil. Consultado em 17 de maio de 2013 
  13. «Estrelado por Marcelo Adnet e Eduardo Sterblitch, Os Penetras ganha o primeiro teaser». Rolling Stone. 25 de março de 2012. Consultado em 29 de março de 2012 
  14. «"Os Penetras" estreia dia 30 de novembro na Centerplex». Centerplex. Consultado em 17 de maio de 2013 
  15. «Os Penetras, 2012». MSN Entretenimento. Consultado em 17 de maio de 2013 
  16. «Lançamento: 25/04/2013 - Os Penetras». CineClick. Consultado em 17 de maio de 2013 
  17. «Bilheterias: sexta-feira, 30 de novembro de 2012». AdoroCinema. Consultado em 17 de maio de 2013 
  18. «'Os Penetras' tem melhor estreia do cinema brasileiro em 2012». Folha de S. Paulo. 3 de dezembro de 2012. Consultado em 17 de maio de 2013 
  19. «Bilheterias: sexta-feira, 14 de dezembro de 2012». AdoroCinema. Consultado em 17 de maio de 2013 
  20. «Warner Bros. Pictures anuncia os Penetras como seu maior filme Nacional». JornalBrasil. 4 de fevereiro de 2013. Consultado em 17 de maio de 2013 
  21. «Criticas mais importantes sobre "Os Penetras"». AdoroCinema. Consultado em 17 de maio de 2013 
  22. «Os Penetras». O Globo. Consultado em 17 de maio de 2013 
  23. «Os Penetras - Rubens Ewald Filho». Consultado em 17 de maio de 2013 
  24. Thiago César (1 de dezembro de 2012). «Os Penetras (2012): longa consegue divertir mesmo sem história consistente». Cinema com Rapadura. Consultado em 17 de maio de 2013 
  25. «Apesar de reunir três grandes artistas, roteiro é o fraco dessa comédia que não tem graça». A Tarde. Consultado em 17 de maio de 2013 
  26. Roberto Guerra (26 de novembro de 2012). «Critica de "Os Penetras"». CineClick. Consultado em 17 de maio de 2013 
  27. Bruno Camelo. «Críticas AdoroCinema do filme Os Penetras». AdoroCinema. Consultado em 17 de maio de 2013 
  28. Comédia Os Penetras lança websérie no YouTube

Ligações externas[editar | editar código-fonte]