Papabile

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Papabile (em português "papável") é como se denominam os cardeais favoritos para a sucessão papal, segundo a imprensa e os vaticanistas. Um ditado romano diz que quem entra num conclave como papabile, sai como cardeal.

No conclave de 2005, foi eleito um cardeal cotado para ser o novo papa, era o Cardeal de 78 anos Joseph Ratzinger e nesse conclave tinha outros cardeais papabile eram eles Dionigi Tettamanzi, Camillo Ruini, Angelo Sodano, Cláudio Hummes, Alfonso López Trujillo e Francis Arinze entre outros. No conclave de 2013 Angelo Scola, Odilo Scherer, Marc Ouellet, Peter Turkson, Gianfranco Ravasi, Leonardo Sandri, Timothy Dolan e Sean O`Connor eram os favoritos, mas foi o inesperado Jorge Mario Bergoglio o eleito.