Pierre Sonnerat

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pierre Sonnerat
À sombra de uma palmeira, M. P. Sonnerat, estuda um papagaio que lhe é mostrado por uma mulher da Nova Guiné.
Nome nativo Pierre Sonnerat
Nascimento 18 de agosto de 1748
Lyon
Morte 31 de março de 1814 (65 anos)
Lyon
Cidadania França
Ocupação explorador, botânico, naturalista, desenhista, entomologista

Pierre Sonnerat (Lyon, 18 de agosto de 1748 – Lyon, 31 de março de 1814) foi um naturalista e explorador francês.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Sobrinho de Pierre Poivre, realizou diversas viagens exploratórias pelo sudeste asiático, visitando as Filipinas, Ilhas Molucas entre 1769 e 1772, ìndia e China entre 1774 e 1781. Foi o primeiro cientista a desenvolver um descrição científica da Lichia. Também foi a pessoa que por má interpretação da palavra indri falado por um guia, que quer dizer veja na língua magalche para descrever a maior espécie de um lémure. Sonnerat pensou que indri era o nome do animal que conhecemos mundialmente por indri indri.

Seus livros incluem Voyage à la Nouvelle-Guinée (1776) e Voyage aux Indes orientales et à la Chine, fait depuis 1774 jusqu'à 1781 de 1782.

Homenagens[editar | editar código-fonte]

Seu nome foi utlizado como nome científico para o gallo gris (Gallus sonneratii).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Pierre Sonnerat


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Wikipedia-pt-hist-cien-logo.pngPortal de história da ciência. Os artigos sobre história da ciência, tecnologia e medicina.