Pilatus PC-21

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
PC-21
Picto infobox aircraft.png
2 PC-21 em formação
Descrição
Tipo / Missão Treinador avançado
País de origem Suíça
Fabricante Pilatus Aircraft
Período de produção 2002-presente
Quantidade produzida +131 unidade(s)
Primeiro voo em 1 de julho de 2002 (13 anos)
Introduzido em abril de 2008
Tripulação 2, instrutor e estudante
Especificações
Dimensões
Comprimento 11,233 m (36,9 ft)
Envergadura 9,108 m (29,9 ft)
Altura 3,749 m (12,3 ft)
Área das asas 15,221  (164 ft²)
Alongamento 5.5
Peso(s)
Peso vazio 2 270 kg (5 000 lb)
Peso máx. de decolagem 4 250 kg (9 370 lb)
Propulsão
Motor(es) 1 x turboélice Pratt & Whitney Canada PT6A-68B
Potência (por motor) 1 600 hp (1 190 kW)
Performance
Velocidade máxima 685 km/h (370 kn)
Alcance (MTOW) 1 333 km (828 mi)
Teto máximo 11 580 m (38 000 ft)
Razão de subida 0,02 m/s
Notas
Outros Armamentos: 5 x pontos duros para até 1 150 kg (2 540 lb) de armamentos e equipamentos.
Dados de: Pilatus Aircraft[1] [2]

O Pilatus PC-21 é um monomotor turboélice, de treinamento avançado produzido pela Pilatus Aircraft da Suíça.

Características[editar | editar código-fonte]

O PC-21 possui um cockpit ultra-moderno. As características padrão são 3 grandes telas de cristal líquido (LCD), um display no capacete (HUD) e o sistema de controles ao alcance da mão (HOTAS).

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

O desenvolvimento do PC-21 começou oficialmente em novembro de 1997, quando voou um primeiro Pilatus modificado (Pilatus PC-7) com a finalidade de testar varias alterações para a nova geração de turboélices de treinamento. O resultado desses testes foram concluídos com sucesso e o desenvolvimento do protótipo em escala começou em janeiro de 1999.

O primeiro protótipo do PC-21 ficou pronto em 30 de abril de 2002, com o primeiro vôo ocorrendo em 1 de julho do mesmo ano em Stans na Suíça.

O segundo protótipo do PC-21 voou pela primeira vez em 7 de junho de 2004.

Um acidente com um dos protótipos em 13 de janeiro de 2005 em Buochs, na Suíça, matou o piloto e feriu uma pessoa durante uma acrobacia de treinamento.

O PC-21 é o concorrente direto do EMB-314 Super Tucano fabricado pela empresa brasileira Embraer.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um avião, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.