Pirajá da Silva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Selo comemorativo dos 50 anos da descoberta da esquistossomose por Pirajá da Silva

Manuel Augusto Pirajá da Silva (Camamu, 1873Salvador, 1961) foi um naturalista, médico e pesquisador brasileiro, responsável pela identificação do agente patogênico e do ciclo fisiopatológico da esquistossomose.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Pirajá da Silva formou-se em 1896 na Faculdade de Medicina da Bahia, atualmente ligada à Universidade Federal da Bahia, onde iniciou no magistério em 1902.

Suas pesquisas sobre um paciente, em 1904, levaram-no à descrição completa do Schistosoma mansoni (ou Shistosoma americanum), em 1908, o parasita causador da esquistossomose intestinal. [1] Depois disso, na Europa, ampliou suas pesquisas e formação, sobretudo em Hamburgo e em Paris.[2]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre um cientista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.