Reginópolis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Reginópolis
Bandeira de Reginópolis
Brasão de Reginópolis
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 3 de abril
Fundação 1949 (68 anos)
Gentílico reginopolense
Prefeito(a) Carolina Araújo De Sousa Veríssimo (PMDB)
(2017–2020)
Localização
Localização de Reginópolis
Localização de Reginópolis em São Paulo
Reginópolis está localizado em: Brasil
Reginópolis
Localização de Reginópolis no Brasil
21° 53' 16" S 49° 13' 30" O21° 53' 16" S 49° 13' 30" O
Unidade federativa  São Paulo
Mesorregião Bauru IBGE/2008[1]
Microrregião Bauru IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Iacanga, Balbinos, Uru, Pirajuí e Bauru
Distância até a capital 325 km
Características geográficas
Área 409,914 km² [2]
População 8,432 hab. Censo IBGE/2014[3]
Densidade 0,02 hab./km²
Altitude 391 m
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,763 alto PNUD/2000[4]
PIB R$ 56 840,042 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 7 232,48 IBGE/2008[5]
Página oficial

Reginópolis é um município brasileiro do estado de São Paulo. Localiza-se a 21º53'17" de latitude sul e 49º13'31" de longitude oeste, a uma altitude de 391 metros. Sua população estimada em 2014 era de 8.432 habitantes.[3]

História[editar | editar código-fonte]

O Município de Reginópolis nasceu de um pequeno núcleo fundado à margem direita do rio Batalha e tem como fundador Padre Geremias José Nogueira, oriundo das proximidades de Descalva-SP. Tudo indica que Padre Geremias foi o primeiro homem a instalar-se em caráter definitivo na agreste região do rio Batalha.

Padre Geremias auxiliado pelo seu sobrinho José de Pinho Nogueira e numerosa leva de índios catequizados embrenhou-se pelos sertões afora e nos lugares por onde passava surgiam desbravamentos e culturas, fixando pouso no rio Batalha para a formação do Patrimônio Rainha dos Anjos do Batalha.

Pela Lei Estadual nº 1890, de 13 de dezembro de 1922 foi criada a Vila do Batalha e de acordo com a Lei Estadual nº 233, de 24 de dezembro de 1948 foi criado o Município de Reginópolis, com terras desmembradas do Município de Pirajuí e concedido à Sede Municipal, foros da cidade.

A instalação do novo município ocorreu a 03 de abril. A  cidade de Reginópolis teve como primeiro prefeito o Senhor Hilário Spuri Jorge, eleito a 03 de abril de 1949.

Pela Lei Municipal nº 506, de 03 de julho de 1967 foram estabelecidos como feriados municipais o dia 03 de abril, dia da Emancipação Político Administrativa do Município e o dia 15 de agosto, dia da Padroeira Nossa Senhora Rainha dos Anjos.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo - 2009

População total: 8.172

  • Urbana: 3.784
  • Rural: 958
  • Homens: 2.400
  • Mulheres: 2.459

Densidade demográfica (hab./km²): 11,57

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 19,57

Expectativa de vida (anos): 69,36

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 2,64

Taxa de alfabetização: 88,97%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,763

  • IDH-M Renda: 0,704
  • IDH-M Longevidade: 0,739
  • IDH-M Educação: 0,845

(Fonte: IPEADATA)

Administração[editar | editar código-fonte]

  • Prefeito: Carolina Araújo De Sousa Veríssimo (2017/2020)
  • Vice-prefeito: João Paulo Araújo De Sousa Veríssimo
  • Presidente da câmara:Irineu Aparecido De Oliveira Amarins (Presidente da Câmara) Vereadores: Aparecido Lira, Fernando Inácio, Gislaine Luna, Dito Da Zefa , Roberto Kassim Júnior , Maria de Lurdes Camargo Ribeiro, Ronaldo da Silva Correa, Cássio Ferro (2017/2020)

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. a b «Censo Populacional 2014». Censo Populacional 2014. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2014. Consultado em 31 janeiro de 2015 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de São Paulo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.