Rita Ribeiro (atriz)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pela cantora brasileira Rita Ribeiro, veja Rita Benneditto.
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde novembro de 2017) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Rita Ribeiro
Nome completo Maria Rita de Basto Curado Ribeiro
Nascimento 16 de abril de 1955 (62 anos)
Lisboa,  Portugal
Nacionalidade portuguesa
Ocupação Atriz e cantora
IMDb: (inglês)

Maria Rita de Basto Curado Ribeiro (Lisboa, 16 de Abril de 1955), é uma actriz e cantora portuguesa.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Rita Ribeiro nasceu em 16 de Abril de 1955 em Lisboa, filha dos actores Curado Ribeiro e Maria José.[1][2] Era meia-irmã de António Semedo, fruto do casamento de sua mãe com o ator e realizador Artur Semedo.[3][4][5]

Estreou-se no teatro em 1975, no espectáculo Godspell.[2] Pela sua participação no espectáculo What happened to Madalena Iglesias Rita Ribeiro recebeu o Prémio Lucília Simões atribuído pela Câmara Municipal de Lisboa.[2]

Teatro, televisão, cinema e música são formas de expressão em que Rita Ribeiro brilhou nas últimas décadas.

Música[editar | editar código-fonte]

O seu último disco, Deixo-me Ir Atrás do Fado, contou contou com a colaboração do poeta Tiago Torres da Silva. Fez parte de grupos como Green Windows e Cocktail, entre outros.

  • 2004: "Concerto Fado - "Deixo-me Ir Atrás do Fado"

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Filme Ref.
1985 Saudades Para Dona Genciana [6][7]
1987 O Querido Lilás [6][7]
1998 Por Favor Mata-me a Minha Mulher [6][7]
2000 Mustang (telefilme) [6][7]

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título Ref.
1976 Godspell [2]
1977 Desculpa, ó Caetano! [2]
1978 Felizardo e Companhia, Modas e Confecções [2][8]
1979 Rei, Capitão, Soldado, Ladrão [2][9]
1983 Annie [2]
1989 What Happened to Madalena Iglésias? [2]
1991 Passa Por Mim No Rossio [2]
1993 Maldita Cocaína [2]
1995 De Afonso Henriques a Mário Soares [2]
1998 Maria Callas [2]
1999 Rosa Tatuada [2]
2001 Amar Amália [2]
2004 Aqui Há Fantasmas [2]
2005 Concerto para Dois [2]
2011 A Flor do Cacto [2]
2013 Gisberta [2]
2015 A República das Bananas [2]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Ref.
1977 A Feira [6]
1979 O Homem que matou o Diabo [6]
1979 O Espelho dos Acácios [6]
1981 Festival RTP da Canção [6][10]
1981 Sába dá bádu [6]
1986 O Pato [6]
1987 Palavras Cruzadas [6]
1988 Os Homens da Segurança [6]
1989 Ricardina e Marta [6]
1992 Grande Noite [6]
1994 Na Paz dos Anjos [6]
1994 Mas que Rita Noite [6]
1995 A Mulher do Senhor Ministro [6]
1996 Todos ao Palco [6]
1996 Festival RTP da Canção [6]
2002 Fúria de Viver [6]
2002 Big Brother Famosos 2 [6]
2004 Os Batanetes [6]
2006 Aqui não há quem Viva
2012 Doida por Ti [6]
2017 A Herdeira [6]

Referências

  1. «Maria José no Teatro do Azeite». Correio do Ribatejo (Edição n.º 6176). 30 de Outubro de 2009. p. 3. Consultado em 12 de outubro de 2017 
  2. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t «Ficha de Pessoa : "Maria Ribeiro"». Centro de Estudos de Teatro & Tiago Certal. 28 de Março de 2011. Consultado em 15 de maio de 2016 
  3. Nélson Mateus e Adelaide de Sousa (10 de abril de 2015). «Entrevista : "Os meus netos baptizaram-me de ZDA (Zona de Desastre Ambulante)"». Retratos Contados. Consultado em 12 de outubro de 2017 
  4. Nélson Mateus e Adelaide de Sousa (19 de abril de 2015). «Retratos Contados : Entrevista : "Conheça os Rebelo Pires de Carvalho"». Revista Caras (Via Lifestyle Sapo). Consultado em 12 de outubro de 2017 
  5. Daniel Oliveira (6 de maio de 2013). «Rita Ribeiro em Alta Definição». Minuto 13. SIC. Consultado em 16 de outubro de 2017 
  6. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x Rita Ribeiro (em inglês) no Internet Movie Database. Consultado em 01 de outubro de 2017
  7. a b c d «Rita Ribeiro». Indica "1985" para data de Saudades Para Dona Gencianae "1989" para data de O Querido Lilás. CinePT - Cinema Português (Universidade da Beira Interior). Consultado em 1 de outubro de 2017 
  8. Teatro Musical.
  9. Teatro de Revista.
  10. Como apresentadora.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.