Robert Springer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Robert Springer
Astronauta da NASA
Nacionalidade Estados Unidos norte-americano
Nascimento 21 de maio de 1942 (76 anos)
Saint Louis, Estados Unidos
Tempo no espaço 9d 21h 32min
Missões STS-29, STS-38
Insígnia da missão Sts-29-patch.pngSts-38-patch.png

Robert Clyde Springer (Saint Louis, 21 de maio de 1942) é um ex-astronauta, piloto de testes e aviador naval norte americano, veterano de duas missões espaciais.

Marinha[editar | editar código-fonte]

Formado pela Academia Naval dos Estados Unidos em Anápolis em 1964, serviu como piloto no US Marine Corps após treinamento básico no quartel-general, em Quantico, Virgínia. Designado para o Vietnã, realizou mais de 300 missões de combate pilotando jatos F-4 Phantom II durante a guerra. Em 1968 atuou como conselheiro dos fuzileiros navais sul-coreanos no Vietnã, voando em mais de 250 missões de combate em helicópteros "Huey". Nos anos 70, além de continuar pilotando "Hueys" baseado na Califórnia e na ilha de Okinawa, no Japão, e F-4s na Carolina do Sul, integrou a Navy Fighter Weapons School, conhecida popularmente como TOPGUN. Em 1975 formou-se como piloto de testes na prestigiosa Escola de Piloto de Teste Naval dos Estados Unidos, em Patuxent River, Maryland; nesta função voou em mais de 20 aeronaves diferentes, de aviões a helicópteros, e fez os primeiros testes em voo do Bell AH-1 SuperCobra. No fim dos anos 70 serviu como planejador operacional dos Marines na OTAN e no Oriente Médio.[1]

NASA[editar | editar código-fonte]

Springer tornou-se astronauta da NASA em 1981, primeiramente assumindo funções em terra, como reserva da tripulação da missão STS-3 Columbia em 1982 e participando de vários aspectos do desenvolvimento final do Canadarm, o braço robótico do compartimento de carga do ônibus espacial. Entre 1984 e 1985 participou de sete missões do ônibus espacial atuando como Capcom no Centro Espacial Lyndon Johnson em Houston.[1]

Em 13 de março de 1989 fez seu primeiro voo ao espaço como especialista de missão na STS-29 Discovery, uma missão de cinco dias que colocou em órbita o satélite de comunicações Tracking and Data Relay Satellite e realizou outras demais experiências científicas.[2] Um ano e meio depois voltou ao espaço na STS-38 Atlantis, uma missão com o transporte à órbita de carga secreta para o Departamento de Defesa dos Estados Unidos.[3] Em suas duas missões acumulou um total de 237 horas no espaço.[4]

Springer retirou-se da NASA e da Marinha em dezembro de 1990 e atualmente trabalha como diretor de sistemas de qualidade na Boeing.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c «NASA Bio». NASA. Consultado em 8 de abril de 2015 
  2. «STS-29». Spacefacts. Consultado em 8 de abril de 2015 
  3. «STS-38». Spacefacts. Consultado em 8 de abril de 2015 
  4. «Robert Springer». Spacefacts. Consultado em 8 de abril de 2015