STS-38

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde julho de 2019). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
STS-38
STS-38 patch.svg
Informações da missão
Operadora NASA
Ônibus espacial Atlantis
Astronautas Richard Covey
Frank Culbertson
Carl Meade
Robert Springer
Charles Gemar
Base de lançamento Plataforma 39A, Centro
Espacial John F. Kennedy
Lançamento 15 de novembro de 1990
23h48min13s UTC
Cabo Canaveral, Flórida,
Estados Unidos
Aterrissagem 20 de novembro de 1990
21h42min42s UTC
Centro Espacial John F.
Kennedy
, Cabo Canaveral,
Flórida, Estados Unidos
Órbitas 79
Duração 4 dias, 21 horas,
54 minutos, 31 segundos
Altitude orbital 260 por 269 quilômetros
Inclinação orbital 28,4 graus
Distância percorrida 3 291 199 quilômetors
Imagem da tripulação
Gemar, Culbertson, Springer, Covey e Meade
Gemar, Culbertson, Springer, Covey e Meade
Navegação
STS-41
STS-35

A STS-38 foi uma missão com um ônibus espacial pela NASA utilizando o Atlantis. Ela foi a trigésima-sétima missão a utilizar um ônibus espacial, e carregava uma carga para o Departamento de Defesa do Estados Unidos. Devido a isto, as informações sobre as atividades que foram realizadas durante a missão são classificadas como secretas. Este foi o sétimo voo do Atlantis.

Tripulação[editar | editar código-fonte]

Principais fatos[editar | editar código-fonte]

O lançamento da STS-38.

De acordo com a Aviation Week, a STS 38 lançou o satélite secreto Magnum ELINT (ELectronic INTtelligence) de obtenção de dados em uma órbita geossíncrona. Um modelo idêntico também havia sido lançado pela STS-51-C e STS-33. Ele foi lançado para monitorar os eventos durante a Guerra do Golfo em 1990. Também de acordo com a Aviation Week, o veículo entrou inicialmente em uma órbita de 204 km x 519 km com uma inclinação de 28,45° com relação ao equador. Então ele executou três queimas do OMS (sistema de manobra orbital), a última da órbita #4. A primeira queima foi para circularizar sua órbita em 519 km.

O satélite foi lançado na sétima órbita e então disparou seu foguete IUS no nó ascendente da oitava órbita, para colocá-lo em uma órbita geossíncrona de transferência. A carga classificada foi lançado com sucesso e levada até sua órbita operacional através do foguete do Estágio Superior Inercial (IUS) de acordo com um anúncio da Força Aérea.

O lançamento havia sido originalmente agendado para Julho de 1990. Entretanto, uma rachadura no tanque de hidrogênio líquido encontrada no Columbia durante a contagem regressiva da STS-35 levou a três testes de precaução com o Atlantis no local em 29 de Junho, 13 de Julho e 25 de Julho. Os testes confirmaram uma falha no lado externo do tanque no desconector umbilical de 17 polegadas (432 mm). Não foi possível repará-lo na base de lançamento e então o Atlantis foi levado de volta ao Edifício de Montagem de Veículos em 9 de Agosto, separado e transferido para o OPF. Durante a rolagem, o veículo ficou estacionado fora do Edifício de Montagem de Veículos por cerca de um dia enquanto o conjunto do COLUMBIA/STS-35 era transferido para a base para seu lançamento. No lado externo, o Atlantis sofreu pequenos danos nas suas placas devido ao granizo de uma tempestade.

Após os reparos feitos no in OPF, o Atlantis foi transferido para o Edifício de Montagem de Veículos para seu acoplamento em 2 de Outubro. Durante as operações de içamento, um componente da plataforma que deveria ter sido removido do compartimento posterior caiu e causou pequenos danos que foram reparados. O veículo foi levado ao Plataforma 39A em 12 de Outubro. O quarto teste de tanque foi realizado em 24 de Outubro, sem nenhuma entrada de oxigênio ou hidrogênio excessiva. Uma revisão de preparo para o voo adiou o lançamento que seria agora em 9 de Novembro para 15 de Novembro devido a problemas com a carga. O lançamento ocorreu durante um período classificado entre as 6:30 e 10:30 p.m. EST, em 15 de Novembro de 1990. O peso no lançamento foi classificado.

Após a entrada na orbita da Terra o tanque de combustível foi lançado a poucas milhas da atmosfera, sendo a primeira missão espacial a lançar o tanque em baixa gravidade.

A aterrissagem ocorreu em 20 de Novembro de 1990, às 4:42:42 p.m. EST, na Runway 33 do Kennedy Space Center, FL. A distância de rolagem foi de 9,032 pés (2753 m). O tempo de rolagem foi de 57 segundos. A missão foi estendida em um dia devido a condições não aceitáveis de ventos cruzados no local de aterrissagem planejado o Base Aérea de Edwards. As condições adversas do tempo contínuas fizeram com que o local de aterrissagem fosse mudado para o Centro Espacial Kennedy. Esta foi a primeira aterrissagem do Atlantis no Centro Espacial Kennedy, e a primeira aterrissagem no final da missão no KSC desde Abril de 1985. O peso na aterrissagem foi de 191 091 lb (86 667 Kg).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
STS-41
Programa de Ônibus espaciais
Sucedido por
STS-35