STS-52

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
STS-52
Sts-52-patch.png
Informações da missão
Operadora NASA
Ônibus espacial Columbia
Astronautas James Wetherbee
Michael Baker
Charles Veach
William Shepherd
Tamara Jernigan
Steve MacLean
Base de lançamento Plataforma 39B, Centro
Espacial John F. Kennedy
Lançamento 22 de outubro de 1992
17h09min39s UTC
Cabo Canaveral, Flórida,
Estados Unidos
Aterrissagem 1 de novembro de 1992
14h05min52s UTC
Centro Espacial John F.
Kennedy
, Cabo Canaveral,
Flórida, Estados Unidos
Órbitas 159
Duração 9 dias, 20 horas,
56 minutos, 13 segundos
Altitude orbital 307 por 304 quilômetros
Inclinação orbital 28,45 graus
Distância percorrida 6 645 026 quilômetros
Imagem da tripulação
Atrás: Baker, Wetherbee e MacLean Frente: Veach, Jernigan e Shepherd
Atrás: Baker, Wetherbee e MacLean
Frente: Veach, Jernigan e Shepherd
Navegação
STS-47
STS-53

STS-52 foi uma missão do ônibus espacial Columbia, lançada em outubro de 1992, para colocar satélites em órbita.[1][2][3]

Tripulação[editar | editar código-fonte]

[1][2][3]

Hora de acordar[editar | editar código-fonte]

[1][2][3]

Principais fatos[editar | editar código-fonte]

[1][2][3]

Os objetivos primários da missão eram o lançamento do Satélite Laser Geodynamic II (LAGEOS-II) e a operação da Carga de Microgravidade dos Estados Unidos-1 (USMP-1). O LAGEOS-II, construido através de uma parceria entre a NASA e a Agência Espacial Italiana (ASI), foi lançado no segundo dia de voo e propelido a sua órbita elíptica inicial pelo Italian Research Interim Stage da ASI (IRIS). O motor de disparo no apogeu posteriormente circulou a órbita do LAGEOS em sua altitude operacional de 3666 milhas. O USMP-1, ativado no primeiro dia de voo, incluiu três experimentos montados em duas Estruturas de Suporte de Equipamentos Peculiares da Missão (MPESS) acondicionadas no compartimento de carga. Os experimentos da USMP-1 foram: Lambda Point Experiment; Materiel Pour L'Etude Des Phenomenes Interessant La Solidification Sur Et En Orbite (MEPHISTO), suportado pelo Centre National d'Etudes Spatiales da França; e o Sistema de Medição da Aceleração no Espaço(SAMS).

As cargas secundárias incluíam os experimentos canadenses CANEX-2, localizados no compartimento de carga do orbitador e no compartimento mediano, consistindo do:

  • Sistema de Visão Espacial (SVS);
  • Exposição de Materiais em Baixa Órbita Terrestre (MELEO);
  • Experimento da Queen's University sobre a Difusão de Metal Líquido (QUELD);
  • Particionamento em Fase de Líquidos (PARLIQ);
  • Sun Photospectrometre Earth Atmosphere Measurement-2 (SPEAM-2);
  • Orbiter Glow-2 (OGLOW-2);
  • Observações e Testes da Adaptação ao Espaço (SATO).

Um satélite pequeno e com uma marcação especial, o Canadian Target Assembly, foi lançado no nono dia de voo, para oferecer suporte aos experimentos do SVS. Outra carga secundária incluía o ASP, que possuía três sensores independentes montados em uma placa no compartimento da carga, o Modular Star Sensor, o Yaw Earth Sensor e o Low Altitude Conical Earth Sensor, todos suportados pela Agência Espacial Européia.

As outras cargas do compartimento mediano incluíam os experimentos:

  • Commercial Materials Dispersion Apparatus Instrument Technology Associates Experiments;
  • Crescimento Comercial de Cristais de Proteína;
  • Experimento sobre o Transporte de Vapores Químicos;
  • Heat Pipe Performance Experiment;
  • Experimentos dos Sistemas Fisiológicos (envolvendo 12 ratos);
  • Shuttle Plume Impingement Experiment.

O orbitador também foi utilizado como ponto de referência para a calibração de um Ultraviolet Plume Instrument em um satélite da Iniciativa de Organização de uma Defesa Estratégica.

O Experimento de Controle de Pressão nos Tanques/Fenômemo Térmico (TPCE/TP) foi armazenado em uma embalagem (GAS) no compartimento de carga do veículo.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c d Mark Wade. «STS-52». Encyclopedia Astronautica. Consultado em 26 de julho de 2019 
  2. a b c d Joachim Becker e Heinz Janssen (1 de janeiro de 2019). «STS-52». SPACEFACTS. Consultado em 26 de julho de 2019 
  3. a b c d «STS-52». NASA. Consultado em 26 de julho de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre STS-52
Precedido por
STS-47
Programa de Ônibus espaciais
Sucedido por
STS-53