STS-51-I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
STS-51-I
Sts-51-i-patch.png
Informações da missão
Operadora NASA
Ônibus espacial Discovery
Astronautas Joe Engle
Richard Covey
James van Hoften
John Lounge
William Fisher
Base de lançamento Plataforma 39A, Centro
Espacial John F. Kennedy
Lançamento 27 de agosto de 1985
10h58min01s UTC
Cabo Canaveral, Flórida,
Estados Unidos
Aterrissagem 3 de setembro de 1985
13h15min43s UTC
Base Aérea de Edwards,
Califórnia, Estados Unidos
Órbitas 112
Duração 7 dias, 2 horas,
17 minutos, 42 segundos
Altitude orbital 465 quilômetros
Inclinação orbital 28,45 graus
Distância percorrida 4 698 602 quilômetros
Imagem da tripulação
Atrás: van Hoften, Lounge e Fisher Frente: Engle e Covey
Atrás: van Hoften, Lounge e Fisher
Frente: Engle e Covey
Navegação
STS-51-F
STS-51-J

STS-51-I foi uma missão do ônibus espacial Discovery, lançada em 27 de agosto de 1985, que colocou três satélites de comunicações em órbita.

Tripulação[editar | editar código-fonte]

Caminhadas no espaço[editar | editar código-fonte]

Hora de acordar[editar | editar código-fonte]

Principais fatos[editar | editar código-fonte]

O Discovery voou na vigésima missão de um ônibus espacial com seu lançamento às 6:58 a.m. EDT de 27 de Agosto de 1985. Duas tentativas de lançamento mais recentes, uma em 24 de Agosto e outra em 25 de Agosto foram canceladas devido ao mal tempo e também o computador de órbita de backup apresentou uma falha e teve que ser substituído. O lançamento bem-sucedido em 27 de Agosto ocorreu pouco antes de uma tempestade ter atingido a área de lançamento.

O grupo de cinco astronautas incluía Joe Engle como comandante; Richard Covey como piloto e os três especialistas da missão, James van Hoften, John Lounge e William Fisher. A sua missão primária era lançar três satélites de comunicação e reparar o IV-3 que havia sido lançado durante a missão STS-51-D em Abril de 1985 e entrou em mal-funcionamento. Em adição, um experimento com processamento de materiais foi realizado.

Os três satélites de comunicação incluíam o Aussat A1, um satélite de multiplo-propósito da Austrália; o ASC-1, posse e operado pela American Satellite Co. ; e o IV-4 (também conhecido por Leasat 4) alugado ao Departamento de Defesa dos Estados Unidos pelo seu construtor, a Hughes Co. Ambos Aussat A1 e ASC-1 foram lançados no dia do lançamento, 27 de Agosto. O IV-4, foi lançado dois dias depois. Todos os três atingiram suas órbitas geossíncronas próprias e se tornaram operacionais.

No quarto dia os astronautas falaram ao vivo via-radioamador para uma escola em Youngstown, no estado americano de Ohio.

No quinto dia da missão, os astronautas Fisher e van Hoften começaram os serviços de reparo do IV-3 seguindo uma manobra de acoplamento bem sucedida com o Discovery. O trabalho se tornou mais demorado devido a um problema com a junta do cotovelo do RMS. Após uma segunda EVA por Fisher e van Hoften, a alavanca foi consertada, permitindo comandos do controle em terra para ativar os sistemas da nave espacial e eventualmente envia-la para sua órbita geossíncrona correta. O EVA durou 11 horas e 27 minutos.

A aterrissagem ocorreu na Runway 23 no Edwards AFB às 6:16 a.m. PDT em 3 de Setembro. O voo durou 7 dias, 2 horas, 18 minutos e 42 segundos, completando 111 órbitas ao redor da Terra.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre STS-51-I
Precedido por
STS-51-F
Programa de Ônibus espaciais
Sucedido por
STS-51-J