STS-53

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
STS-53
STS-53 patch.svg
Informações da missão
Operadora NASA
Ônibus espacial Discovery
Astronautas David Walker
Robert Cabana
Guion Bluford
Michael Clifford
James Voss
Base de lançamento Plataforma 39A, Centro
Espacial John F. Kennedy
Lançamento 2 de dezembro de 1992
13h24min00s UTC
Cabo Canaveral, Flórida,
Estados Unidos
Aterrissagem 9 de dezembro de 1992
20h43min17s UTC
Base Aérea de Edwards,
Califórnia, Estados Unidos
Órbitas 116
Duração 7 dias, 7 horas,
19 minutos, 17 segundos
Altitude orbital 376 por 365 quilômetros
Inclinação orbital 57 graus
Distância percorrida 4,8 milhões de
quilômetros
Imagem da tripulação
Bluford, Walker, Cabana, Voss e Clifford
Bluford, Walker, Cabana, Voss e Clifford
Navegação
STS-52
STS-54

STS-53 foi uma missão do ônibus espacial Discovery, a serviço do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, que colocou em órbita um satélite com o nome código classificado de DoD-1.[1][2][3]

Tripulação[editar | editar código-fonte]

[1][2][3]

Hora de acordar[editar | editar código-fonte]

Somente uma música foi ouvida:[1][2][3]

Principais fatos[editar | editar código-fonte]

[1][2][3]

A missão incluía uma carga primária classificada do Departamento de Defesa dos Estados Unidos (possivelmente uma unidade do Sistema de Satélites de Dados), mais duas cargas secundárias não classificadas e nove experimentos no compartimento mediano.

As cargas secundárias contidas ou encaixadas nas embalagens Getaway Special (GAS), no compartimento de carga, incluíam as Esferas de Calibração do Radar de Escombros Orbitais (ODERACS) e os experimentos combinados Shuttle Glow Experiment/Cryogenic Heat Pipe Experiment (GCP).

Os experimentos no compartimento mediano incluíam:

  • Microcápsulas no Espaço (MIS-l)
  • Perda de Tecidos no Espaço (STL)
  • Visual Function Tester (VFT-2)
  • Monitor de Ativação e Efeitos da Radiação (CREAM)
  • Experimentos sobre a Monitoração de Radiação (RME-III)
  • Experimento do Reabastecimento e Aquisição de Fluídos (FARE)
  • Sistema de Localização de Alvos e Ambiente Amigável, Cooperativo, em Tempo Real, Orientado pela Terra e Portátil (HERCULES)
  • Battlefield Laser Acquisition Sensor Test (BLAST)
  • Cloud Logic to Optimize Use of Defense Systems (CLOUDS).

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c d Mark Wade. «STS-53». Encyclopedia Astronautica. Consultado em 26 de julho de 2019 
  2. a b c d Joachim Becker e Heinz Janssen (1 de janeiro de 2019). «STS-53». SPACEFACTS. Consultado em 26 de julho de 2019 
  3. a b c d «STS-53». NASA. Consultado em 26 de julho de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
STS-52
Programa de Ônibus espaciais
Sucedido por
STS-54