STS-112

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
STS-112
Sts-112-patch.png
Informações da missão
Operadora NASA
Ônibus espacial Atlantis
Astronautas Jeffrey Ashby
Pamela Melroy
Piers Sellers
Sandra Magnus
David Wolf
Fyodor Yurchikhin
Base de lançamento Plataforma 39B, Centro
Espacial John F. Kennedy
Lançamento 7 de outubro de 2002
19h45min51s UTC
Cabo Canaveral, Flórida,
Estados Unidos
Aterrissagem 18 de outubro de 2002
15h44min35s UTC
Centro Espacial John F.
Kennedy
, Cabo Canaveral,
Flórida, Estados Unidos
Órbitas 170
Duração 10 dias, 19 horas,
58 minutos, 44 segundos
Altitude orbital 405 por 273 quilômetros
Inclinação orbital 51,6 graus
Distância percorrida 7,2 milhões de quilômetros
Imagem da tripulação
Magnus, Wolff, Melroy, Ashby, Sellers e Yurchikhin
Magnus, Wolff, Melroy, Ashby, Sellers e Yurchikhin
Navegação
STS-111
STS-113

STS-112 foi uma missão do programa do ônibus espacial para montagem da Estação Espacial Internacional, realizada a bordo da nave Atlantis, entre 7 e 18 de outubro de 2002. Após esta missão a Atlantis só voltaria ao espaço quatro anos depois.[1][2][3]

Tripulação[editar | editar código-fonte]

Posição Astronauta[1][2][3]
Comandante Jeffrey Ashby
Piloto Pamela Melroy
Especialista de missão 1 Piers Sellers
Especialista de missão 2 Sandra Magnus
Especialista de missão 3 David Wolf
Especialista de missão 4 Fyodor Yurchikhin

Missão[editar | editar código-fonte]

A STS-112 teve como principal tarefa instalar segmentos da estrutura central da ISS. Uma grande peça de código S-1, foi instalada para servir como principal suporte para os radiadores da Estação Espacial Internacional. Além disso, diversas experiências de bioprocessamento e crescimento de cristais em microgravidade também foram realizadas.[1][2][3]

Esta foi também a primeira missão que uma câmera de filmagem foi instalada do lado de fora do tanque externo da nave, permitindo aos controladores em Houston verificarem em detalhes a ascensão da Atlantis e os efeitos exteriores causados na estrutura da nave e dos tanques de combustível. [1][2][3]

Após o acidente com a Columbia, em fevereiro de 2003, esta câmera seria usada em todas as missões posteriores dos ônibus espaciais.[1][2][3]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c d e Mark Wade. «STS-112». Encyclopedia Astronautica. Consultado em 28 de julho de 2019 
  2. a b c d e Joachim Becker e Heinz Janssen (1 de janeiro de 2019). «STS-112». SPACEFACTS. Consultado em 28 de julho de 2019 
  3. a b c d e «STS-112». NASA. Consultado em 28 de julho de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre STS-112