Soyuz MS-21

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Soyuz MS-21
Insígnia da missão
Informações da missão
Operadora Roscosmos
Foguete Soyuz 2.1a
Espaçonave Soyuz MS Nº 750
Korolev[1][2]
Número de tripulantes 3
Base de lançamento Baikonur 31/6
Lançamento 18 de março de 2022[3]
Baikonur, Casaquistão
Navegação
Soyuz-MS-20-Mission-Patch.png Soyuz MS-20
Soyuz MS-22

Soyuz MS-21 (também conhecida como "Bauman Start"[4]) é uma missão da Soyuz para a Estação Espacial Internacional com lançamento planejado para 18 de março de 2022. O lançamento já havia sido marcado para 30 de março, mas no manifesto de voo provisório a missão havia sido adiantada para o dia 18.[5]

Tripulação[editar | editar código-fonte]

A tripulação russa foi nomeada em maio de 2021.[6] Apesar da NASA não ter decidido se iriam ou não comprar outro assento, a astronauta Loral O'Hara estava se preparando para caso isto venha a acontecer.[7] Posteriormente, a NASA decidiu não comprar um assento na Soyuz MS-21, passando o sistema de troca de assentos para a missão seguinte.[8] Será a primeira missão da Soyuz para a ISS somente composta por tripulantes da Roscosmos.[4]

Posição Tripulante
Comandante Rússia Oleg Artemyev
Engenheiro de voo 1 Rússia Denis Matveev
Engenheiro de voo 2 Rússia Sergei Korsakov
Suplentes
Posição Tripulante
Comandante Rússia Sergey Prokopyev
Engenheira de voo 1 Rússia Anna Kikina
Engenheiro de voo 2 Rússia Dmitriy Petelin

Referências

  1. @roscosmos (25 de janeiro de 2022). «Roscosmos no Twitter» (Tweet). Consultado em 26 de janeiro de 2022 – via Twitter 
  2. «Space exploration in 2022». Consultado em 26 de janeiro de 2022 
  3. «Spaceflight mission report: Soyuz MS-21». 6 de outubro de 2021. Consultado em 15 de outubro de 2021 
  4. a b «Roscosmos to launch crewed spacecraft named after Korolev in March». 25 de janeiro de 2022. Consultado em 27 de janeiro de 2022 
  5. Zak, Anatoly (1 de dezembro de 2020). «Planned Russian space missions in 2022». RussianSpaceWeb.com. Consultado em 27 de dezembro de 2020 
  6. «Источник: Кикина будет единственной женщиной в отряде космонавтов». 4 de maio de 2021 
  7. @katlinegrey (19 de junho de 2021). «Katlingrey on Twitter» (Tweet) – via Twitter 
  8. «Rogozin says Crew Dragon safe for Russian cosmonauts». SpaceNews. 26 de outubro de 2021. Consultado em 29 de outubro de 2021 

Precedido por
Soyuz MS-20
Voos tripulados
Sucedido por
Ax-1