Soyuz T-7

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Soyuz T-7
Insígnia da missão
Informações da missão
Sinal de chamada Днепр (Dnieper)
Número de tripulantes 3
Lançamento 19 de Agosto de 1982
17:11:52 UTC
Baikonur LC1
Aterrissagem 10 de Dezembro de 1982
19:02:36 UTC
118 km E de Dzhezkazgan
Órbitas ~1 825
Duração 113d 1h 50m 44s
Navegação
Soyuz T-6 mission patch.png Soyuz T-6
Soyuz T-8

Soyuz T-7 foi a segunda expedição realizada à estação espacial soviética Salyut 7, realizada entre agosto e dezembro de 1982. Levou entre seus tripulantes a cosmonauta Svetlana Savitskaya, a segunda mulher no espaço desde Valentina Tereshkova, que voou em 1963 na missão Vostok 6.[1][2]

Tripulação[editar | editar código-fonte]

[1][2]

Lançados
Aterrissaram

Parâmetros da Missão[editar | editar código-fonte]

[1][2]

Pontos altos da missão[editar | editar código-fonte]

O grupo da Soyuz T-7 (de nome Dnieper) incluía Svetlana Savitskaya, a primeira mulher a visitar o espaço em 20 anos. Lhe foi dado o módulo orbital da Soyuz T-7 para privacidade. O grupo da Soyuz T-7 entregou experimentos e correspondências da Terra para o grupo Elbrus. Em 21 de Agosto os cinco cosmonautas trocaram os bancos entres as Soyuz-Ts. Os Dniepers retornaram na Soyuz T-5, deixando a nave Soyuz T-7 para o grupo de longa duração.[1][2]

Missão[editar | editar código-fonte]

O principal objetivo da missão era estudar a reação da microgravidade no corpo de um ser humano, levando amostras de pedras para estudar no espaço, os astronautas fizeram testes de resistência em ambiente de gravidade zero. A missão também foi a primeira a levar um equipamento de soldagem espacial onde foram feitos vários reparos no lado de fora da Salyut.[1][2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c d e Mark Wade. «Soyuz T-6». Encyclopedia Astronautica. Consultado em 21 de julho de 2019 
  2. a b c d e Joachim Becker e Heinz Janssen (22 de agosto de 2018). «Soyuz T-6». SPACEFACTS. Consultado em 21 de julho de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]